Masterchef Brasil Profissionais – 1×10 – Machistas não passarão

Imagem: Band

Imagem: Band

 

Bem amigos do Mix de Séries, chegamos à semifinal do Masterchef Brasil Profissionais, que está sendo o reality show mais real dos últimos tempos, nos esfregando na cara o que realmente acontece no mercado de trabalho, na sociedade em geral, na vida. O machismo é um mal que temos enraizado na humanidade, infelizmente.

Continua após a publicidade

No episódio passado, constatamos que não só Ivo e Dario tem este péssimo defeito, mas também o doidinho do Marcelo. Mesmo ele sendo um excelente cozinheiro, fiquei decepcionadíssima com o bullying que ele resolveu fazer contra Dayse. Até achava que era por conta da competição, mas depois dos péssimos comentários percebi que não. Que pena!

Na prova da vez, os ingredientes eram todos frescos vindo do campo. Era uma coisa linda de se ver e dava muita vontade de cozinhar (olha que eu nem cozinho direito kkk). Você via que Marcelo ficou encantado e valorizou a comida agrícola, mas não se enganem com ele. Depois do programa desta semana meus olhos começaram a enxergar melhor quem de fato são as pessoas boas deste programa. E com toda a certeza, estas pessoas não incluem Marcelo.

Fico triste, pois ele de fato cozinha bem e tem demonstrado que aprendeu e cresceu durante a competição. Uma pena é ele manter esta babaquice de machismo, de comentários desnecessários e ridículos. O seu prato foi o mais feio, na minha opinião, bem gorduroso, mas os jurados – que o amam – disseram que estava gostoso. Dayse foi básica e não surpreendeu, mas Dario deixou muito a desejar. Pelo opinião dos jurados, ele errou bastante.

Imagem: Band

Imagem: Band

Impressionante notar que Marcelo e Dario choraram, fizeram um drama danado durante a apresentação do prato para convencer os jurados. Mas, Dayse se manteve de boa ali…. que coisa, não? Depois dizem que mulher que é dramática.

Portanto, Marcelo já está na final, e Dayse e Dario foram disputar a prova de eliminação, que foi basicamente uma prova de habilidade. Eles tinham que reproduzir uma receita milenar chamada “Coulibiac”, que parecia um peixe feito de massa folhada com salmão, arroz e mais algumas coisas dentro. Coisa de louco, que os competidores nunca tinham feito. Prova punk!

No entanto, desde o começo, deu para a notar que Dayse sacava mais das técnicas e Dario estava mais enrolado. Mesmo Marcelo ajudando-o, ele se enrolou no tempo, nas dobras da massa e no tamanho da “criatura”. O pior de tudo que Marcelo continuou menosprezando a Dayse, e ela, mais que certa, continuou quietinha fazendo o seu prato.

Pode parecer que eu esteja torcendo para Dayse, mas realmente estou. Nenhum profissional me agradava tanto ao ponto de torcer, mas sabia que Marcelo mandava bem, achava legal. Porém, essa torcida toda pela Dayse começou quando houve o primeiro comentário machista. Dayse é uma chef clássica, é boa no que faz, mas também tem seus defeitos. Ela mesmo já fez comentários machistas, ao dizer que seria vergonhoso para Marcelo perder para ela. Mas infelizmente é isso, a sociedade é machista, fomos criados assim e muitos pensam que é o correto, que é o que deveria acontecer. No entanto, competir com uma mulher não tem problema nenhum, não é vergonhoso, não é pior, é simplesmente normal, a mesma coisa, o sexo oposto ser seu concorrente. Porém, muitos ainda não entendem e acham comum este desprezo dos outros competidores pela única mulher sobrevivente nesta cozinha do Masterchef.

Logicamente, Dayse arrasou no prato. Teve defeitos, claro, o peixe ficou muito seco. Mas pior que isso é uma massa crua de Dario na altura do campeonato. Não deu para Dario e ele saiu. Ponto positivo para os jurados, que mandaram para casa mais um infeliz.

Marcelo calou-se. A internet aplaudiu. Eu fui à loucura em casa. As mulheres venceram!

 

 

Tão bacana a oportunidade que estamos tendo de ver um reality jogar na cara a real, não é mesmo? Mulher também é chef, mulher também pode. Marcelo pode ser o melhor cozinheiro do mundo, mas com este desprezo ele nunca será o melhor. A verdade seja dita! Uma vergonha não reconhecerem/admitirem o potencial de Dayse. E ainda para piorar, Marcelo foi totalmente babaca dizendo que já é campeão! É como se ela não existisse, não estivesse ali e o jogo já estivesse ganho.

 

Imagem: Facebook

Imagem: Facebook

 

Veremos, doidinho, veremos! A final promete ser emocionante, como vocês podem notar. Dayse e Marcelo se enfrentam terça que vem! Mal posso esperar! Até lá!

Por Paula Reis

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Luana 8 dezembro, 2016 at 15:20 Responder

    Bah…semana passada já tinha achado o Marcelo um babaca, mas esta semana ele conseguiu se superar. Idiota, machista, arrogante… Ele não queria o Dário na final por amizade. Queria ele na final porque ele sabe que o Dário tem um nível muito inferior que a Dayse. O que ele tem é medo. ele sabe que a Dayse tem um grande potencial porque teve vários destaques, como ele. Já o Dário não. E esse cara ainda saiu dizendo que a Dayse só ganhou porque era uma prova clássica. Não filho… tu não soube nem fazer massa folhada… Isso pra mim é básico de um cozinheiro. Não soube fazer o salmão direito. Misturou geléia com carne e achou que tava abafando…
    Gostava muito do Marcelo e a forma como ele surpreendia na entrega dos pratos. Hoje acho ele um babaca por essas atitudes e torço pela Dayse. Só espero que ela consiga se sair bem, que ela consiga sair da sua zona de conforto e entregar bons pratos na próxima terça.
    To só por ver a cara do Marcelo perdendo pra ela…

Post a new comment