Masterchef Brasil voltou ainda mais competitivo

Masterchef Brasil retorna!

Ahh, que saudade de um Masterchef Brasil, hein, minha filha?

Continua após as recomendações

Em um mundo diferente do que estávamos acostumados, o que era comum antes precisa ser modificado, e isso afeta diretamente o universo dos realities, reconhecidos por aproximar as pessoas.

Semana passada, dia 07/07, participamos da Coletiva de Imprensa Online da nova temporada de Masterchef Brasil. Lá ficou claro que o plano original era uma temporada à moda antiga, e as seletivas já estavam acontecendo. Mas nada como uma pandemia mundial para realmente fazer tudo se reinventar, não é mesmo? Conclusão, Masterchef mudou, e traz uma “uma temporada como você nunca viu”.

Continua após a publicidade

O que mudou?

Podemos dizer que Masterchef virou um “reality procedural”, ou seja, cada episódio é único, compreende uma história completa, e possui um único vencedor. O super prêmio final com cozinha completa e curso na Le Cordon Bleu ficou para trás. Agora são prêmios menores – mas nem por isso piores, como uma graduação completa, fogão profissional e o mais importante, colaborar com uma instituição em uma época em que ajudar o próximo é essencial.

O primeiro episódio

A internet estava ansiosa para o começo dessa temporada diferente, e não nos decepcionamos, hein! Teve drama, teve humor, teve aquele ódio básico de um participante, teve Jacquin ícone e teve, claro, Paola plena.

A primeira prova eliminatória contou com a participação virtual de famosos, que apresentaram os seus pratos favoritos. Dessa forma, cada dupla pegou um prato diferente: Caruru da Ivette, Feijoada do Thiaguinho, Galinhada do Fernando & Sorocaba e EstrogoBode com Pirão do Tirulipa. No entanto, aqui, a experiência contou muito, colocando para fora as pessoas que nunca tinham provado Caruru e Galinhada.

A segunda prova foi simplesmente linda. A clássica Caixa Misteriosa trouxe uma cesta básica para os participantes, com possibilidade de complementar com 4 tipos de proteínas simples: sardinha, fígado, asinha de frango e bisteca de porco. Aqueceu o coração ver os participantes cozinhando a comida de todo o dia para os jurados, foi realmente emocionante.

Os melhores

Os melhores pratos foram um Baião de Dois e um PF com feijão, arroz, fígado acebolado e salada de repolho. Hailton, que fez o segundo prato, foi o vencedor da noite.

Eu cozinhei pelo meu filho. E mostrei pra ele que negro da periferia também pode ganhar o Masterchef.Ah, gente, foi lindo! Portanto, o programa retornou diferente, mas emocionando como sempre.

Masterchef Brasil irá ao ar toda terça-feira na Band, a partir das 22h30.

O que vocês acharam? Curtiram? Deixem nos comentários e, igualmente, continuem acompanhando as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, sigam nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, bem como Facebook).
  • Baixem também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fiquem por dentro de todas as matérias do nosso site.

Nenhum comentário

Adicione o seu