Megan Boone se envolve em polêmica com divulgação de The Blacklist

Imagem: Divulgação/NBC

Continua após as recomendações

Megan Boone se envolveu em uma polêmica, considerada como rixa com sua co-estrela de The Blacklist, a partir de uma série de tweets. Porém, a atriz só procurou uma melhor representação para a liderança feminina da série e não tentou diminuir “James Shader”, visando às promoções da NBC centradas em Red.

Continua após a publicidade

A cruzada (altamente divertida) de Boone começou na segunda-feira, quando citou um tweet do feed oficial da drama da NBC que promoveu: “Ele está de volta e mais determinado do que nunca” – e acrescentou: “Ela está de volta e mais determinada do que nunca”.

Outros tweets similares seguiram, tentando tornar as promos centradas em Red um pouco mais voltadas para Liz e sempre com a hashtag para suportar #WomenInFilm:

Em última análise (e, infelizmente, previsivelmente), Boone foi pressionada para explicar claramente (tentativa feminina?) seu esforço, dizendo que ela não estava descartando ou mesmo diminuindo a posição de Spader como líder masculino, mas simplesmente sugerindo que ela e Liz merecem ser apresentadas:

“Eu não estou “diminuindo” a brilhante estrela do meu show. Estou certa de que é hora de dar a exposição da liderança “feminina”.”

“Dar às mulheres = direitos no local de trabalho não diminui a contribuição dos homens. Sem meu trabalho incansável (3x de qualquer artista) TBL não poderia ser feito.”, completou.

Você concorda com a Boone na tentativa de equilibrar as coisas?

Fonte: TVLine

2 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    Juk 25 junho, 2017 at 08:01 Responder

    Mesmo não vendo mais The Blacklist, ela está certíssima. O Spader é ótimo e ter ele no elenco de uma série de tv aberta deve ser uma dádiva, mas isso não significa que ela não merece ser apresentada nas promos tbm.

Post a new comment