Midnight, Texas – 1×08 – Last Temptation of Midnight

Imagem: NBC/Divulgação

Continua após as recomendações

Com especial de duas noites, Minight, Texas entrega dois bons episódios que preparam terreno para a season finale (que espero que não seja series finale). No primeiro, Last Temptation of Midnight “Última tentação da meia-noite” mostra os desejos mais profundos e obscuros dos midnighters e segue o plot principal da série esquecendo que o último (fraco) episodio aconteceu.

Continua após a publicidade

O vilão da vez é um homem sem rosto, uma criatura que está vagando pela estrada em direção a Midnight,Texas e no caminho coleciona corpos em seu caminhão. Ele ataca as pessoas e rouba seus rostos e tem a missão de iniciar o apocalipse e trazer um demônio para nossa querida Saramandaia, quer dizer, Midnight, Texas. A maneira que ele arranca o rosto da vítima e depois absorve é interessante, a série apresenta alguns bons efeitos.

Manfred abandonou a cidade porque Creek precisa de um tempo sozinha. Para um cara que sempre enganou as pessoas, brincou com seus sentimentos e lucrou com isso deve ser estranho se ver na outra posição. Ele realmente ama Creek e se importa com ela, porém não sabe lidar com a rejeição e percebendo todo o caos que está chegando na cidade a decisão mais prática é fugir.

O véu está afetando ainda mais os midnighters. Eles começam a perder a cabeça e o controle, não só os sobrenaturais como também os humanos. O demônio que está prestes a se libertar começa a mexer com cada um deles. O reverendo Emilio e Lem, cuja fome aumenta em níveis perigosos preocupam os demais. Fiji está cansada de ser assediada pelo demônio e está decidida a descobrir seu nome e o que ele quer com ela. Olivia e Lem ainda discutem sobre seu futuro como casal e chegam a um confronto inesperado. Creek e outros moradores que estão em depressão são induzidos pelo demônio a cometer suicídio. Acontece que tudo é parte de seu plano para ganhar sacrifícios e obter mais força para se libertar.

Falando no tal demônio, pelo menos agora temos um nome, Colconnar. Fiji confrontou o homem sem rosto e conseguiu um nome, mas continua sem saber porque ela é tão importante para esse demônio. E Fiji como sempre tem um jeito fácil de ajudar seus amigos. Com todos sendo influenciados por Colconnar ela faz uma poção para bloquear os poderes do demônio. Ah essas facilidades e conveniências que só Midnight têm. Devo dizer que um acerto é que eles finalmente viram a fenda/véu do inferno que existe na cidade.

O episódio apresentou um pouco da dinâmica de Manfred e sua avó quando era viva e o momento de sua morte. Através de flashbacks, Manfred avalia sua vida e percebe seu propósito em salvar Midnight,Texas. Manny brincava com crianças mortas enquanto era zombado pelas crianças reais e sua avó teve o papel de mãe e mentora o ajudando com suas habilidades. Quando Xylda revela que seu plano em levar seu neto à Midnight,Texas, Manfred se sente enganado. Ela sempre soube qual era o destino dele e por isso o preparou desde pequeno.

Ver Xylda cheia de viva foi muito importante pra gente entender como ela chegou no estado que a conhecemos. De certa forma nos despedimos da personagem que vai deixar saudades com suas piadas e comentários ácidos. A partida do espírito de sua avó é a oportunidade perfeita para o personagem de Manfred crescer na trama, trazendo a responsabilidade pra si e se tornando mais maduro. Legal que os roteiristas não apelaram para o sentimental, mas confesso que esperava uma despedida menos corrida.

Imagem: NBC/Divulgação

Quem teve destaque também foi o casal Lem e Olivia. Desde sempre, a relação dos dois intrigou o público. Ele um predador sobrenatural, ela uma humana assassina que tem sérios problemas em confiar no próximo, ambos com passado trágico. O casal sempre se mostrou forte e sólido, e vê-los em um impasse sobre seu futuro chega ser surpreendente. Com o demônio sussurrando coisas no ouvido de cada um, Lem perde o controle e tenta atacar sua amada e Olivia não deixa barato. Eles proporcionam uma boa sequência de luta com direito a corrida na parede ao estilo Matrix. Mesmo que Manfred e Fiji tenham impedido que o pior acontecesse, as coisas provavelmente não serão mais as mesmas para o casal depois dessa briga.

Com um final que traz certa esperança para cidade apesar de Colconnar conseguir seu sacrifício, Manfred está de volta para assumir seu papel para salvar a cidade do apocalipse e deixa a porta aberta para reatar o romance com Creek. Bobo está disposto a ficar ao lado de Fiji e protegê-la de Colconnar.

Mas é aquilo, antes da tempestade sempre vem a calmaria, e dessa vez será uma tempestade de areia que irá trazer o caos para cidade. Terminar esse episódio de forma mais tranquila é válido, porque pelo visto esses dois últimos episódios serão bem agitados!

Midnighter de respeito: Xylda. Apesar da personagem não ter sido bem explorada ela conseguiu cativar, pelo menos a mim. A questão dos ciganos, suas habilidades e forma de vida não tiveram espaço na trama, uma pena. Suas cenas com Manfred sempre eram divertidas e quando ela possuiu o neto foi engraçado. Mesmo parecendo uma despedida, acho que Xylda ainda vai aparecer no episodio final.

Obs.: Olivia no meio de uma discussão encontra tempo de cortar o cabelo e ainda sair de casa a tempo de ver a fenda do inferno nas ruas da cidade. Só na TV a gente vê isso rsrs.

Yuri Alves

Yuri Alves

Bacharel em Direito, fascinado pelo universo dos heróis e um viciado por séries e filmes. Um escritor a procura do meu espaço. Amante dos livros e da boa música. Adoro realitys. A série da minha vida , The OC. No Mix, sou responsável pelos textos de algumas séries como, Blindspot , Ozark, La Casa de Papel entre outras. Quando não estou no cinema ou maratonando uma série estou me aventurando na cozinha.

No comments

Add yours