Mix de Opiniões: a segunda temporada de Demolidor

Marvel’s Daredevil, uma das produções mais comentadas da Netflix no ano passado, retornou para sua segunda temporada – que nem estava nos planos originalmente – colocando milhares de fãs para passarem o final de semana em casa maratonando a série.

Continua após as recomendações

Nesta segunda temporada continuamos a acompanhar Matt Murdock em sua saga para recuperar Hell’s Kitchen das mãos de criminosos, mas desta vez acompanhado.

 

Continua após a publicidade

daredevilseason2

 

Com grande destaque, o Justiceiro e a Elektra entraram na trama e deixaram sua marca por onde passaram. Literalmente. Como o Mix de Séries não tem vida social, passamos o final de semana inteiro assistindo a série e, contamos para vocês, as nossas impressões da segunda temporada COMPLETA. Portanto, se você ainda não terminou, tenha cuidado com os SPOILERS.

Lembrando para quem não conhece… No Mix de Opiniões, cada colaborador, além de fazer sua mini crítica, escolhe uma nota, entre 0 e 100, para qualificar o objeto de debate, de acordo com o quadro a seguir:

 

tabela-mix-de-opinioes

 

narcisoo[Anderson Narciso, editor chefe do Mix]: Esta segunda temporada é a definição clara de que “em time que está ganhando, não se mexe”. Se você achava que o primeiro ano havia atingido patamares antes nunca alcançados por uma produção da Marvel, me vem esta segunda temporada e alcança mais. Incrível ver a versão que eles fizeram para o Justiceiro, uma versão ansiada pelos fãs há anos. Violento ao extremo, a série não poupou em mostrar carnificina de forma explícita para mostrar a fúria do personagem. Encantado com Elektra, outra personagem que merecia ser bem adaptada e foi. Sua dinâmica com o Matt Murdock trouxe brilho e vida para o Demolidor, que continua o vigilante de boa índole que pensa duas vezes antes de fazer algo. E como as penitências de Matt, nós espectadores tivemos algumas como Karen Page, que continua a flutuar na história como “assistente de plots”. Dá até pena da personagem em alguns momentos mas, não me convence. O contrário posso dizer de Foggy Nelson, que esteve fantástico, e mais do que nunca, necessário a trama. Os sete primeiros episódios são eletrizantes, com destaque para a cena em plano sequência, a invasão da festa de Matt e Elektra, e claro o despertar da “Mão”, que deu bastante trabalho para o Demolidor este ano. Agora, uma pena a história do Justiceiro ter sido tão afastada da do Demolidor. Isso prova que, o personagem merece logo uma série só dele. A finale foi enriquecedora e confesso que fiquei triste com o destino de Elektra. Mas nada que uma cena final avassaladora para trazer felicidade ao coração de fã. Estou com suspeitas de que “A Queda de Murdock”, clássica HQ do personagem, poderá ser adaptada em breve. Se for, será mais “pauleira” que este ano 2. Onde que aperta para assistir a terceira?

 

mix-opinioes-Edu-95[Eduardo Nogueira, colaborador do Mix]: Depois de uma primeira temporada brilhante, Daredevil não decepcionou em seu segundo ano. Mesmo que na minha opinião a história tenha começado a engrenar pra valer a partir do terceiro episódio, quando aconteceu não parou mais. Enquanto o enredo tinha uma abordagem mais obscura, desde até a iluminação das cenas, foi notável um tom mais suave na trama desenvolvida. Na primeira temporada o foco de tudo era única e exclusivamente sobre a ascensão de Matt para o Demolidor, assim como Wilson Fisk para Rei do Crime. Dessa vez, novos personagens como Punisher e Elektra, tiveram grande importância na história, assim como os já existentes na série como Foggy e até a própria Karen, que foi a minha grande e positiva surpresa desse ano. Ela teve uma evolução incrível e surpreendente, tanto que quase nem me importei com Elektra no começo. Falando nela, vou ser sincero que a detestei e muito, mas nos três últimos episódios a personagem foi me conquistando de uma maneira incrível, mas mesmo assim – sei que serei apedrejado – ainda prefiro a versão interpretada por Jennifer Garner naquele desastroso filme de 2003. O seu desfecho serviu como um grande cliffhanger para o terceiro ano da série. Fiquei com receio da rápida aparição de Fisk, de ser novamente o principal inimigo da vez. Até o sexto episódio eu havia reclamado da falta de um grande vilão, mas aos poucos as tramas de todos os personagens foram se ligando, tendo um desfecho incrível. Já quero uma série própria do Punisher, e necessito logo também da atração dos Defensores. Netflix agiliza aí logo com Luke Cage e Iron Fist, e sejam cautelosos com o ano 2 de Jessica Jones. Ah sim, não sei vocês, mas achei o protagonista em si meio apagado nessa temporada.

 

mix-opinioes-caroline[Caroline Marques, colaboradora do Mix]: Se vocês notarem bem, essa temporada não teve nem tempo de dizer ‘ai que episódio vazio, sem ação’, foi adrenalina do começo ao fim, isso porque 3 plots foram lançados. Só não dou 100 porque se vocês notarem também, nenhum dos plots se fechou, e isso é ótimo para próximas temporadas, mas me deixa um pouco ansiosa. Elektra vai voltar, Punisher tá melhor consigo mesmo, porém está soltinho também e Fisk comandando a corja toda em Brasília, aliás, na prisão! Então nada que começou terminou. Matheus nas reviews comentou sobre a melhoria da luz nas cenas, confesso que senti falta das escuridões, pois agora eles tentaram pintar Hell’s Kitchen um pouco melhor do que na primeira temporada, perceberam que o bairro não parece mais aquele canto de esgoto esquecido pelo mundo? Matt ficou o tempo todo dividido entre os amigos e a profissão contra sua vontade de lutar por sua cidade. Mas verdade seja dita, onde ele se sente útil é mascarado e queremos que continue assim. Quando pensamos que seria uma temporada leve, Matt feliz, tudo desandou com a chegada da Elektra linda, que tem uma química explosiva com Murdock. Sobre Karen, ela está ótima lá no jornal, e o casal ficou bem macarrão sem molho até agora. Quem sabe depois desse final as coisas melhorem. E para finalizar e resumir, se você assistiu tudo e não gosta, não é Team Punisher, só digo: volte e assista de novo!

 

[skillbar title=”RESULTADO: Aclamação Mundial” level=”95″]

 

E vocês? O que acharam do segundo ano de Daredevil? Conte para nós…

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=-KGftw5LZqM[/youtube]

Nenhum comentário

Adicione o seu