Mix de Opiniões: o piloto de Empire

Surpresas são assim, chegam como quem não quer nada, e acaba sendo percebida – para o bem ou para o mal. Empire, a nova série musical da FOX, trouxe para a emissora uma audiência expressiva, coisa que não se ouve falar há algum tempo.

Criada por Lee Daniels e seu parceiro de The Butler, Danny Strong, Empire usa da trama da peça de Shakespeare The King Lear e do filme The Lion of Winter para contar a história da família Lyon. O chefe da casa, o magnata Lucious, descobre que está com uma doença terminal, e decide escolher um sucessor para o comando da sua empresa, a Empire Entertainment. O que ele não contava era com a saída de Cookie, sua ex-esposa, da prisão depois de 17 anos. Ela retorna para casa querendo a parte que lhe cabe da empresa. No meio disso tudo, os três filhos do casal – Andre, Jamal e Hakeem – usarão das armas que possuem para conquistar o trono da Empire.

 

Empire

 

A parte musical fica sob responsabilidade do rapper Timbaland, e o elenco também é integrado por Malik Yoba (Alphas), Gabourey Sidibe (American Horror Story), e participações de Cuba Gooding Jr e Courtney Love.

Os colaboradores do Mix se uniram para discutir a premiere da série e deixaram aqui suas impressões. Tivemos opiniões bem distintas.

Lembrando para quem não conhece… No Mix de Opiniões, cada colaborador, além de fazer sua mini crítica, escolhe uma nota, entre 0 e 100, para qualificar o objeto de debate, de acordo com o quadro a seguir:

 

tabela-mix-de-opinioes

 

 

mix-opinioes-leo[Leo Sousa, editor de colunas do Mix]: Empire chegou de fininho e já é uma das surpresas da midseason deste ano. O peso da série se dá, principalmente, por conta de Lee Daniels e Danny Strong, criadores do drama. Mas o pilot mostrou que o elenco tem grande parcela do estouro que a série pode ser. Taraji Henson e Terrence Howard mostraram a química perfeita – tanto nas cena de conflito, quanto no carinho que Lucious ainda tem por Cookie. O trio Lyon – filhos do magnata e herdeiros do trono da Empire – conseguem transmitir o que cada um é na série. E fiquem de olho em Andre, tem tudo para ser o vilão desta temporada. O interessante de Empire é que a música não é apenas um personagem, como vemos em outras séries musicais, ela também é pano de fundo para as relações entre os personagens. É ela que determina a distância de Lucious com Jamal, e a aproximação dele com Hakeem. No entanto, o serie première também já determinou quem será totalmente dispensável na série, como Anika e Michael. Além disso, o fato da música ser um cenário não quer dizer que ela tem que ser deixada de lado. Timbaland tem que trabalhar mais as canções da série, se quiser um renovação.

 

 

mix-opinioesmari[Mari Grizotto, colaboradora do Mix]: Lendo a sinopse, a serie me pareceu bem simples mas depois de assistir, o resultado é um pouco mais complexo do que imaginei. O personagem principal, divinamente interpretado pelo Terrence Howard, é complexo, eu achei que ele seria apenas um produtor musical, mas tem toda uma vida antes disso, que certamente me deixou curiosa para saber mais. De seus três filhos, Jamal sem dúvida é a única pessoa com caráter e um incrível talento para música. Eu compraria um CD dele amanhã se tivesse chance. Rodeado de pessoas egoístas e ambiciosas, ele só quer fazer sua música.  Já seu irmão mais novo, Hakeem, é completamente deslumbrado, é típico little gangster, tem mulheres, bebidas, dinheiro a vontade, e por isso tem a preferência do pai, mas imagino que isso só aconteça por causa da orientação sexual de Jamal.  Aliás essa questão é algo muito interessante, são pequenas questões durante o episódio que fazem a maior diferença. “Como filho de um rapper é gay?”, “Ser gay é uma escolha” “Não ser aceito pelo próprio pai”. A cena que me deixou pouco chocada é a que Lucious, vendo ele vestido de menina, joga o filho no lixo. Não sei qual é a ideia dos produtores a esse respeito, mas espero não me decepcionar, e desejo que o personagem não seja estereotipado e que ajude na luta contra a intolerância na comunidade do Hip Hop nos EUA. Eu vou dispensar falar do personagem clichê, que é Andre, o filho mais velho de Lucious que desejo que morra mais rápido possível.  Empire teve um piloto que prometeu muitas reviravoltas durante seus 13 episódios. Eu acho que vale a pena dar uma conferida no piloto.

 

 

mix-opinioes-matheus2[Matheus Pereira, colaborador do Mix]: Terrence Howard é um grande ator. Taraji P. Henson é uma grande atriz. Lee Daniels é um péssimo diretor/roteirista. Não há filme ou série que resista a um criador/diretor ruim, mesmo tendo um bom elenco. É o que acontece com Empire. A única coisa boa que Daniels fez foi Preciosa, filme de 2009 vencedor de dois Oscar. Tudo que veio antes e depois não presta. Talvez eu esteja sendo rigoroso demais com o sujeito, mas o fato é que Daniels não tem controle do que pretende realizar. Exagerado, Daniels tem um estilo carregado e uma vontade incontrolável de sempre se jogar ao dramalhão barato e inconseqüente. Empire, portanto, é uma sucessão de erros. Depois de uma primeira cena bacana, o piloto despenca com sequências vergonhosas, incluindo momentos que parecem videoclipes e outros dignos das piores novelas mexicanas. Menos uma série na minha grade para 2015.

 

 

 

mix-opinioesrubens[Rubens Rodrigues, colaborador do Mix]: A nova aposta da FOX pode parecer uma tentativa de substituir a cota musical de Glee, que está em sua temporada final, entretanto é algo mais parecido com o que o canal ABC faz com Nashville. Aqui, o gênero musical é apenas o plano de fundo que ajuda a contar a história. A escolha de focar no enredo ao invés da musicalidade é mais inteligente do que usar as performances para segurar o show, o problema é que Empire não apresenta nenhuma novidade e abusa do clichés. O maior atrativo da série, portanto, é Cookie, a ex-esposa do protagonista que sai da prisão após 17 anos. Taraji P. Henson (Person of Interest) dá a sua personagem o carisma e vigor necessário para fisgar o público, que pode não se sentir tão atraído pelo restante do elenco. Apesar de tudo, a série é promissora e tem muito a ser desenvolvido se os roteiristas não se prenderem a fórmula apresentada neste primeiro episódio.

 

[skillbar title=”RESULTADO: Crítica Favorável” level=”70″]

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=dBzu_jKLJek[/youtube]

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours

!!taboola footer2