Mix de Opiniões: o que achamos de Hunters, nova série do canal Syfy

Em se tratando de séries de ficção científica, o canal Syfy é campeão em produções – sejam elas boas ou ruins. Esta semana, mais uma estreia em sua grade chamou a atenção dos seriadores trazendo um tema que gera sempre polêmica: alienígenas.

Continua após publicidade

Hunters é uma série baseada no best-seller Alien Hunter, de Whitney Strieber (autor dos livros que viraram os filmes Fome de Viver, Lobos e Estranhos Visitantes) e foi desenvolvida por Natalie Chaidez (produtora-roteirista de 12 Monkeys e V: Visitantes). A trama acompanha um policial condecorado da Filadélfia (Nathan Phillips, de Wolf Creek – Viagem ao Inferno), que, após o rapto de sua esposa, é recrutado por uma unidade governamental secreta para caçar um grupo de terroristas de outro mundo.

Continua após a publicidade

 

Continua após publicidade

Hunters

 

Continua após publicidade

Britne Oldford (série Ravenswood) e Julian McMahon (Nip Tuck) são outros nomes conhecidos no elenco.

O Mix de Séries se juntou para assistir ao piloto e comentar esta novidade no nosso Mix de Opiniões. Que tal descobrir nossas notas?

 

tabela-mix-de-opinioes

 

 

anderson-the-night-shift[Anderson Narciso, editor chefe do Mix]: O piloto de Hunters é, em uma avaliação geral, tão confuso quanto a sua proposta. Durante os quarenta minutos de episódio, não consegui captar se era realmente intenção dos produtores deixar tudo solto e, aparentemente, sem sentido, ou se era os resquícios de um roteiro fraco, confuso e sem um objetivo central. Hunters tenta, com pouca vontade, fazer que o espectador se importe com os personagens e busque respostas para a presença de alienígenas na Terra. Porém, o resultado é meio desastroso. Ao final de tudo, ficamos perdidos em definir o que são aquelas criaturas e seus objetivos, além de que pouco nos importamos com os mistérios que envolvem a personagem vivida por Laura Gordon. Defendo que, para julgar se vale a pena seguir com uma série ou não, devemos assistir pelo menos uns três episódios para chegar a um veredito. Mas a coisa fica realmente complicada quando, ao final do piloto, não nos lembramos das histórias, dos personagens ou de qualquer propósito da série. Se eu fosse definir Hunters em uma frase, qualificaria como “uma série genérica e sem qualquer apelo”. Errou feio, errou rude Syfy.

[spacer size = “30”]

mix-opinioes-Bernardo[Bernardo Vieira, colaborador do Mix]: A Syfy é um canal bastante curioso quanto às suas produções, visto que anuncia-se em determinado momento que os executivos da emissora querem mudar seu público alvo e, consequentemente, seu conteúdo. Entretanto, o que acontece? Mesmo que mudem as histórias e por mais diferente que os personagens possam ser, por uma infelicidade, a impressão é que tudo termina no mesmo lugar, com as mesmas criaturas e a mesma perspectiva que o mundo tem que ser salvo de uma ameaça alienígena. Entretanto, diferentemente das outras séries que nos foram oferecidas ao longo dos anos, como Defiance por exemplo, Hunters me agradou em alguns aspectos de fato porque traz algumas questões relacionados ao governo americano que eu gosto bastante e atores que, aparentemente, demonstram-se interessados em serem descobertos pelo grande público.

[spacer size = “30”]

Mix-Opinioes-Estevao[Estevão Vieira, colaborador do Mix]: Sinceramente, não gostei mesmo. Não curti a trama, nem os atores; talvez seja a direção do episódio em si, mas a questão é que todos os personagens são desprovidos de qualquer carisma, deixando o espectador entediado. Os cortes entre uma cena e outra não ajudaram muito. Me pareceu uma mistura ruim de Predador com Alien com Starship Troopers e até mesmo Arquivo X. E olha que sou fã desses filmes e gosto de Trash e Gore. Tentaram criar um mistério ao redor dos tais Hunters mas ficou confuso e mal feito. Estão tentando suprir um nicho de mercado de series sobre alienígenas deixado em aberto por series como Falling Skies. Talvez melhore, não sei… mas não tenho a menor vontade de continuar assistindo.

[spacer size = “30”]

Mix-Opinioes-Matheus[Matheus Pereira, colaborador do Mix]: Podemos considerar o canal Syfy como aquele repleto de série com ótimas ideias, mas execuções duvidosas. Defiance, por exemplo, funciona na teoria, mas na prática decepciona. É claro que algumas coisas são ótimas, como Battlestar Galactica e a minissérie The Lost Room, mas geralmente rola um tropeço. E Hunters é uma das coisas mais constrangedoras que tive o desprazer de assistir nos últimos meses. Se outros programas tinham ao menos uma ideia bacana, Hunters nem isso tem. Confusa e tola, a série não se presta sequer a entregar bons efeitos visuais. Até mesmo os efeitos sonoros são ruins (os sons feitos pelas criaturas pode ser ouvido em uma porção de outros filmes e séries). E o elenco nem é tão ruim. O protagonista e sua parceira não são terríveis, mas nada pode fazer para recuperar o show do caos absoluto. No fim, não lembramos os nomes dos personagens, detalhes e não nos importamos com nada que nos foi mostrado. Às vezes assistimos algo mediano e pensamos que, no futuro, as coisas podem melhorar. Para Hunters não há futuro. Não há melhora.

[spacer size = “30”]

[skillbar title=”RESULTADO: Abaixo da Média de Qualidade” level=”46″]

[spacer size = “30”]

E então, arriscaram com o piloto? Conte para nós…

[spacer size = “30”]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=8SV2bDaVfCk[/youtube]