Mix de Opiniões: o sexy piloto de Vinyl

vinyl hbo

Em plenos anos 70, a música viciava tanto quando a cocaína. Esse é o ponto inicial de Vinyl, nova série da HBO que promete intensificar não só a nossa playlist, mas também a cota de drama na TV.

Continua após as recomendações

Com produção de Martin Scorsese, Mick Jagger e Terence Winter, a série acompanha o produtor musical e mestre da música Richie Finestra na tentativa de restabelecer a sua marca, a American Century Records, durante a explosão de novos estilos da época, como o rock, o hip-hop e o disco.

No meio disso tudo, as drogas e a revolução sexual apimentam as tramas de Finestra enquanto ele busca novos talentos para a sua gravadora.

Continua após a publicidade

 

vinyl hbo

 

O Mix de Séries adora novidades e é claro que não podíamos deixar de comentar mais essa estreia. Primeira vez por aqui? A Mix de Opiniões reúne os apontamentos do nossos colaboradores e, no final, avaliamos de acordo com a seguinte escala:

 

tabela-mix-de-opinioes

 

mix-opinioes-Leo-85[Leo Sousa, editor do Mix]: Assim como a TV aberta americana, a HBO voltou no tempo com Vinyl – mas num sentido bem mais interessante. Não é simplesmente um revival, um reboot ou um adaptação. A nova atração de Martin Scorsese, que conta também com Mick Jagger e Terence Winter na produção, é uma soma de fatores bem dosados, mas, acima de tudo, é a visão para a TV do mercado que fez grupos como Rolling Stones, ABBA, Led Zeppelin e tantos outros grupos sensações nos anos 70. Tem o quê dramático de Os Bons Companheiros, filme de Scorsese, a releitura artística de Boardwalk Empire, de Winter, e a potência sonora dos Rolling Stones, de Jagger. Cabe dizer que Richie Finestra tem a ambição que deverá render à trama boas reviravoltas. Ele é capaz de tudo, assim como Lucious Lyon de Empire – e quem conhece sabe que ele não joga para perder. Só assistindo para saber onde as encrencas de Finestra vão dar, mas tudo fica bem melhor com a música e os nomes que acabaram virando lendas de forma tão realista.

 

mix-opinioes-matheus[Matheus Pereira, colaborador do Mix]: Martin Scorsese e Terence Winter já haviam unido forças para produzir uma série para a HBO. Boardwalk Empire não chegou a ser um hit, mas foi sucesso de crítica e angariou alguns Emmy, incluindo um de Melhor Direção para Scorsese. Pois espere o mesmo de Vinyl, inclusive um prêmio merecido pelo estupendo trabalho de direção. Scorsese, um dos mestres do cinema, é o que há de melhor no episódio piloto de duas horas. É praticamente um filme: o visual é de cinema e a estrutura também; o elenco, fantástico, deixa muita produção cinematográfica no chinelo. O roteiro, ácido e ágil, é brilhantemente escrito por Winter e George Mastras (um dos responsáveis por alguns dos melhores episódios de Breaking Bad) e traz o mesmo estilo que o primeiro já vinha desenvolvendo em seus trabalhos, incluindo Boardwalk Empire e The Sopranos. Tecnicamente, Vinyl é impecável. Da excelente trilha sonora, repleta de clássicos, passando pelos belos figurinos e pela edição cuidadosa que dá um excelente ritmo ao episódio, Vinyl é uma sucessão de acertos, uma das melhores promessas que a HBO poderia nos fazer. E Bob Cannavele: aguarde este nome no Emmy também.

 

mix-opinioes-bernardo[Bernardo Vieira, colaborador do Mix]: Acredito que depois do que assistimos em Boardwalk Empire e de outros grandes filmes, como O Lobo de Wall Street, tudo que venha com o nome de Martin Scorsese e Terence Winter é, sim, válido da sua atenção. Felizmente, Vinyl não é uma série que se beneficia apenas dos seus envolvidos, pois esse novo drama da HBO é tudo o que você precisa nessa midseason fraquíssima. A história é riquíssima, Bobby Canavale entrega sua melhor performance em muito tempo e tudo aqui soa como um acerto, desde a trilha sonora até o figurino de John A. Dunn. Entretanto, lembro-lhe que a proposta aqui não é apenas para fisgar aqueles jovens, hoje adultos, que viveram durante a década de 70 e puderam sentir a florescência de todo aquele espectro. Ao meu ver, o que Vinyl faz é celebrar a música, o rock n’ roll e toda aquela liberdade que os anos de 1970 trouxeram aos Estados Unidos e ao mundo inteiro.

 

 

[skillbar title=”RESULTADO: Aclamação Mundial” level=”91″]p

 

Agora é sua vez: conta para gente, nos comentários, quais foram suas impressões de Vinyl. Vale a pena continuar assistindo ou já está bom por aqui?! Sente só um gostinho do que vem pela frente.

Quer assistir ao primeiro episódio completo? Clique AQUI.

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=1iphllcTYOs[/youtube]

1 comentário

Adicione o seu
  1. Caroline Marques
    Caroline Marques 17 fevereiro, 2016 at 22:27 Responder

    3 galãs do mix falando bem <3 Eu adorei o piloto, representando uma época que muita gente julga sem ter vivido – sim ganhará muitos awards UHUL

Post a new comment