Mix de Opiniões: The Ranch, a nova sitcom da Netflix

the ranch netflix

the ranch netflix

Continua após as recomendações

 

Em um ano de muitas novidades, a Netflix expande seu terreno no campo das sitcoms. The Ranch, comédia criada por Don Reo e Jim Patterson, é mais um título para a lista de produções da rede de streaming que investe nas tradicionais atrações cômicas.

Continua após a publicidade

A série, que estreou seus dez primeiros episódios na última sexta-feira (1º), tem Ashton Kutcher como Colt Bennett, um ex-jogador de futebol americano que retorna para sua cidade natal depois de uma breve carreira na liga semi-profissional. Junto com seu irmão Jimmy, interpretado por Danny Masterson, deverá dar continuidade aos projetos da família no seu rancho.

Assistimos ao episódio piloto e aqui, no Mix de Opiniões, nossos colaboradores contam um pouco do que acharam de The Ranch. Será que vale a pena?

 

tabela-mix-de-opinioes

 

 

mix-opinioes-eduardo[Eduardo Nogueira, editor do Mix]: Uma série estrelada por Ashton Kutcher e Danny Masterson, com criação Don Reo tem tudo para dar certo, né? Bem, mais ou menos. Se você está procurando uma nostalgia de That 70’s Show pode parar por aqui, pois a dupla de protagonistas nada lembra os icônicos Kelso e Hyde, apesar de uma coisa ou outra Colt e Galo terem em comum, além de seus intérpretes. The Ranch tem tudo para ser uma série boa, com roteiro afiado, pois dos dois episódios que vi essa é a minha intuição. Porém, há um problema muito sério que não fez a série conquistar totalmente de cara: o próprio elenco. Tendo também os veteranos Sam Elliott e Debra Winger encabeçando os papéis principais, somente Masterson encontrou o tom certo de seu personagem logo de início, além da atriz que faz sua mãe. O problema apresentado é que falta sincronia em conjunto, pois individualmente todos têm destaque positivo, mas Kutcher e Elliott, por exemplo, nas cenas de pai e filho com seus conflitos chegam a ser o extremo do tédio. Tenho mais oito episódios para assistir e, assim espero, que haja progressos e que tais pontos apontados por mim tenham sido reparados de forma coerente.

 

mix-opinioes-carol[Caroline Marques, colaboradora do Mix]: Sitcom foi feita para divertir com leveza. Mas o que vemos em quantidade por aí são sitcoms forçadas demais, piadas que nem o mais bobo ri. The Ranch mostrou no piloto que não será assim. Fará piadas com o cotidiano de uma família comum nos dias atuais, separada, conflituosa e em crise econômica. O ponto forte é que a maioria no elenco é típica na comédia, e manjam do assunto. Deles, só o Ashton que tem um pé lá no drama, mas adentrou comédias românticas para enfim chegar à comédia pura. Seu personagem está fadado ao fracasso e fracasso sempre rende piadas boas. Afinal, temos que rir dos altos e baixos da vida. Cobrança do amor do pai, dificuldades, trabalho na fazenda, acho que a série tem o kit completo para fazer um ótimo trabalho, atraindo público de todas as idades. Sam Elliott como Beau e Danny Masterson como Jameson (como eu ri desse nome) passam muita verdade nas interpretações. Senti falta de um cenário um pouco mais amplo na parte da fazenda, mas sei que sitcoms não foram feitas para apreciar paisagem. Assistirei mais alguns para ver se vinga ou não na minha grade.

 

mix-opn-matheus[Matheus Ronconi, colaborador do Mix]: Depois de várias séries de bastante qualidade, já é possível encontrar séries não tão brilhantes produzidas pela Netflix. Depois de assistir o primeiro episódio, The Ranch me pareceu ser uma dessas. O episódio não foi ruim, mas passou longe de ser considerado um grande piloto. Não mostrou nada de diferente, nada que a gente já não tenha visto em outras séries do gênero, com algumas piadas forçadas e poucos momentos de verdadeiro humor. Quem esperava ver algo diferente no personagem de Kutcher se decepcionou. Assim como o Kelso de That ‘70s Show e o Walden de Two and a Half Men, o Colt de The Ranch continua sendo o rostinho bonito e bobo da série. Mas, ainda assim, o episódio teve alguns pontos positivos. Um deles foi ver Ashton Kutcher e Danny Masterson atuando juntos novamente. Nostálgico. Outro ponto positivo foi a trilha sonora muito bem escolhida. Apesar de não achar um grande episódio, fiquei com vontade de assistir os seguintes e ver se a série se acerta. Vamos aguardar.

 

Matheus-Mix-de-Opinioes[Matheus Pereira, colaborador do Mix]: É impossível falar de The Ranch sem lembrar That 70’ Show. Para começar, a nova série original da Netflix reúne dois atores da clássica sitcom: Ashton Kutcher e Danny Masterson; além disso, o diretor da primeira temporada de The Ranch é David Trainer, responsável por 199 dos 200 (!) episódios de That 70’ Show. É inevitável, portanto, que algumas abordagens, tanto visuais quanto narrativas, lembrem a série que lançou Topher Grace e Kutcher ao estrelato. Mas vamos com calma nas comparações. 70’ é uma das melhores comédias criadas nas últimas décadas, algo que já coloca Ranch em situação complicada. A novidade da Netflix acerta no elenco e em diversas piadas, mas exagera nos comentários políticos (o programa é absurdamente republicano ou só quer tirar sarro do partido?) e na simplicidade de sua trama clichê. De todo modo, tem seus momentos, e o trio central (pai e dois filhos) rendem bons risos. Vale elogiar também a locação, regada à nostalgia e sentimento interiorano e familiar. No fim, é apenas uma sitcom com direito a “sacos de risadas” e tudo. É das boas, mas não se propõe a nenhuma novidade.

 

[skillbar title=”RESULTADO: Crítica Favorável” level=”70″]

 

E ai, vai dar uma chance? Compartilhe com a gente seus comentários sobre The Ranch.

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=MZd1k6OB0AQ[/youtube]

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    lucas_santtos 6 abril, 2016 at 10:24 Responder

    Fui assistir na certeza de que não iria gostar, aliás, pensei que seria bomba, mas foi o contrário. Não vou dizer que fiquei apaixonado pela série, mas esse piloto me fez dar boas risadas. Algumas piadinhas foram um tanto forçadas, mas outras valeram a pena. Vou seguir por enquanto, na torcida para os episódios seguintes também me agradarem.

Post a new comment