Mix Lista: As 10 Melhores séries médicas para você maratonar

Pegue o bisturi…

As séries médicas se tornaram um fenômeno. Atualmente, pode ter se tornado o gênero favorito de muitos fãs de séries de TV, por conta de um programa em específico: Grey’s Anatomy. A série acabou popularizando-se, graças a Netflix, e trouxe novamente este mundo dos dramas médicos de volta para o prestígio.

Tais programas, geralmente, abordam o dia a dia desses profissionais que lutam para salvar vidas todos os dias nos hospitais, sempre recheadas de histórias dramáticas, complexas e até mesmo divertidas. A Mix Lista de hoje abordará justamente aquelas produções que são sucesso de crítica e audiência, e que contém uma enorme e incrível legião de fãs ao redor do mundo.

Quem nunca se achou um verdadeiro médico formado e pós graduado ao assistir essas séries? Que atire a primeira pedra, pois muita gente acaba se identificando. Vamos lá?

the-night-shift

10) The Night Shift

A série se passa em um hospital do Texas, o San Antonio Medical Center, onde o foco principal se faz no turno da noite. No meio de toda a agitação presente entre os casos, nos envolvemos com a vida pessoal e profissional dos personagens. O seriado é composto por diversas temáticas como drama, comédia, romance e ação que conferem à continuidade da história. Um fator interessante é a presença de flashbacks da guerra no Afeganistão, onde alguns dos médicos estiveram presentes e como isso influenciou a vida pessoal e a carreira deles dentro da série.

saving-hope

9) Saving Hope

Saving Hope é uma série que trata a espiritualidade de uma forma não tão convencional. A trama aborda um casal de médicos que sofre um acidente, sendo que um deles acaba ficando em coma. O protagonista fica vagando pelo hospital, onde encontra espíritos de pacientes que estão entre a vida e a morte, ou que acabaram de morrer, usando destes encontros como uma forma para ajudar os que estão em sua volta. A série tem uma carga dramática muito boa, e se difere das demais justamente por tratar da espiritualidade. Eles até brincam com isso, questionando até onde pode se acreditar, uma vez que trata-se de pessoas que lidam com a ciência diariamente.

N

8) Nurse Jackie

Nurse Jackie é uma daquelas séries que conquista desde o início, tendo tido sete ótimas temporadas. A série mostrava o dia a dia de Jackie Peyton, uma enfermeira viciada que possui uma vida cheia de problemas e segredos. Porém, quando o assunto é sua profissão, sempre fez o melhor possível para seus pacientes e se dedicando ao máximo, mesmo que isso lhe trouxesse alguma consequência. A série possui um ótimo elenco e histórias que chegam a ser hilárias. Claro que tem ainda o fato de Edie Falco ser a protagonista: a atriz que tem um talento maravilhoso e brilhou durante toda a série.

7) The Good Doctor

The Good Doctor é uma série médica que aborda a medicina de uma perspectiva bem diferente das demais. Isso porque o seu protagonista é um médico autista. Logo, ele sofre preconceitos, é excluído e a todo momento precisa se provar. Entretanto, ele é brilhante no que faz e muitas vezes cala a boca de todos os que trabalham ao seu redor. Com um ar inocente, o personagem interpretado por Freddie Highmore já é um dos favoritos do público, e a trama criada pela mente por trás de House é um charme a parte. A série se tornou fenômeno de audiência e já é um dos programas mais assistidos da TV.

 6) Scrubs

O que acontece quando um sitcom decide abordar as vidas de médicos, enfermeiras e membros de um hospital? Diversão na certa. Scrubs conta a história de J.D. Dorian, um residente que chega ao hospital para tentar ser um médico brilhante. Ao lado de Chris Turk, os dois conseguem estagiar em Sacred Heart. Logo no primeiro dia, J.D. se apaixona pela sua colega de trabalho, Elliot Reid, enquanto Turk começa a namorar a enfermeira Carla Espinosa. E a partir daí vimos a medicina como instrumento na vida desses futuros médicos. A comédia foi super bem aceita pela crítica, sendo indicada várias vezes ao Emmy e Golden Globe como “Melhor Série de Comédia”. Durante suas 9 temporadas, Scrubs conquistou fãs e soube muito bem trabalhar o drama com a comédia.

5) The Resident

O que acontece quando tudo o que você sabe sobre medicina está errado? The Resident tenta mostrar o lado “não tão bonito” desta área, tendo a “negligência médica” como protagonista de suas histórias. A série pode ser considerada uma afronta pela categoria médica, já tendo sido criticada por muitas autoridades. Certamente, ela não deve estar muito longe da realidade: médicos que só pensam em dinheiro, cometem diagnósticos errados, aplicam dosagem alteradas de medicação para super-faturamento… Estes são apenas alguns exemplos dos casos polêmicos abordados em The Resident. A série é viciante e faz você querer devorar todos os episódios rapidamente…

4) Chicago Med

Série derivada da Franquia Chicago, se passa no mesmo universo de Chicago Fire e Chicago P.D.. Destes da lista, talvez seja a que mais se aproxima de E.R. – Plantão Médico no quesito qualidade. Ela é avaliada por médicos como fiel a área, em se tratando de abordagens, diagnósticos e procedimentos. Chicago Med também foca mais no atendimento do Pronto Socorro de um hospital de Chicago, logo ela não dá tanto espaço para cirurgias. Entretanto, casos psiquiátricos, ou que demandam atenção de mais médicos são destaques na trama.

house-md

 3) House

Inspirada em Sherlock Holmes (House/Holmes), a série conseguiu um ótimo mix de bons personagens, casos médicos da semana feitos sob muita pesquisa por parte dos roteiristas e com diálogos memoráveis com frases que são lembradas até hoje – a maioria delas ditas por House. Mas o melhor da série mesmo era seu protagonista, um dos melhores personagens que a TV americana já criou: mal humorado, sarcástico, não tinha medo de falar o que pensava; realista acima de tudo e também um personagem quebrado que “vivia” na base de um medicamento para controlar as constantes dores. Com suas oito temporadas, a série recebeu 112 indicações a prêmios, ganhando 51 deles incluindo dois Globo de Ouro de “Melhor Ator em Drama” para Hugh Laurie.

Grey-s-Anatomy-greys-anatomy-10397326-2560-1638

 2) Grey’s Anatomy

Não tem como falar de séries médicas e não citar Grey’s Anatomy, é claro! No ar desde 2005, a atração conta a história de Meredith Grey, a interna que se apaixona pelo seu chefe atendente Derek Shepherd, se unindo aos amigos Cristina Yang, George O’Malley, Izzie Stevens e Alex Karev na luta por tentar ser uma grande cirurgiã do Seattle Grace Hospital. Destaque por ter textos incríveis, trilha-sonora impecável e personagens cativantes, Grey’s caiu no gosto do público. Além de muitos pacientes e histórias interessantes, a série também é a responsável por uma quantidade enorme de tragédias, causando muito choro e sofrimento aos seus fieis e incansáveis fãs.

Além disso, completo. Entretanto, palavras. Além disso, brancoas

ER

1) ER

Não existe listar séries médicas sem falarmos da maior (e porque não a melhor) série médica de todos os tempos. Sim, se você é da geração Grey’s Anatomy não vai entender, mas antes mesmo de você pensar em ser um seriador, E.R. já fazia escola nas noites de quinta da NBC em 1994. Bombas, tiroteios, helicópteros caindo, acidentes de ônibus, carros, e por aí vai. A série criada por Michael Chricton simplesmente foi uma febre, criando um jeito único de tratar a medicina sob as lentes da câmera. E que jeito… As vezes, uma cena demorava minutos para sofrer um corte. A intenção era transmitir, em plano sequência, toda a ação de um pronto socorro em Chicago. A série explodiu na audiência, lançou astros de Hollywood como George Clooney, e fez história ao transmitir um episódio ao vivo – e duas vezes em seguida, por conta do fuso horário americano.

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, branco. Além disso, verde. Entretanto, completo.

private-practice

Menção Honrosa: Private Practice

A Dra. Addison chegou arrasadora em Grey’s Anatomy, destruindo corações e sambando em Seattle. O problema é que não sobrava muita história para a ruiva poderosa e ex-mulher do McDreammy. Cheia de personalidade, Addison merecia uma série própria, um universo próprio, e foi aí que Shondanás criou Private Practice. Em um ambiente totalmente diferente, com mais sol e mais chroma key, a série se passava em uma clínica particular, onde uma turma muito louca vivia altas aventuras. Sério, gente, em nenhuma clínica aconteceu tanta coisa quanto naquela. Sequestros, mortes, cirurgias malucas, pacientes malucos, tudo era possível. Outra coisa bem comum era o troca-troca de casais, e Addison passou o rodo em todo mundo.

Gostou da lista? Na sua opinião, qual é a melhor série médica que existe?

Imagens: Divulgação/Cortesia

Leia mais: 5 séries para você “maratonar em um dia” na NETFLIX

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

4 comments

Add yours
  1. Avatar
    Ana Beatriz 20 agosto, 2016 at 20:16 Responder

    Na minha opinião, Grey’s anatomy é a melhor série, aprendi muito sobre medicina assistindo essa série, além de ser um entretenimento, ensina algumas coisas, e foi bom para mim, afinal faço medicina

Post a new comment