Mix Music #35 – 15/11 a 21/11

Mais uma vez unindo clássicos de todas as décadas com algumas das melhores novidades da música, chegamos à trigésima quinta edição dessa longínqua coluna. Então aproveitem que é uma das últimas edições do ano e aperte todos os plays que vocês virem na frente.

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] PLAYLIST DA SEMANA

 

Continua após a publicidade

1) Foreigner – I Want to Know What Love Is (New Girl, #4×08 “Teachers”)

Para os jovens que nos leem e achavam que essa música era da Mariah Carey, sinto informar que não, não é, assim como metade dos hits dela. Esse se trata apenas de um dos maiores dos infindáveis clássicos piegas que tivemos entre 80-90, de uma das bandas que melhor representou essa vertente no período em questão. E nada melhor que “I want to know what love is, I want you to show me”, para o momento em que, depois de Nick dizer que não sabia amar, Schimidt se dispõe a ensina-lo, junto com Winston, num “forte” criado para esse fim, enquanto cantam aos berros os sentimentais versos dessa apropriadíssima música.

 

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=raNGeq3_DtM [/youtube]

 

2) Diana Ross & Lionel Richie – Endless Love (Scandal, #4×09 “Where the Sun Don’t Shine”)

Por falar em clássico piegas, eis o maior exemplo bem aqui, do qual Mariah Carey (e meio mundo) também já se apossou. “Endless Love” já esteve em tudo que é série, sendo seu provável melhor momento no dueto improvisado entre Chandler e Phoebe, em Friends. Mas dessa vez quem teve a honra de usufruir de todo o romantismo de Lionel Richie e Diana Ross foi Scandal, que já comprovou ter um ótimo faro para a coisa. A música tocou quando Abby disse a David, como álibi, que ela estava com Leo, e ele saiu da entrevista.

 

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=Ewf0TnM4eKo [/youtube]

 

3) Matt Corby – Winter (Parenthood, #6×09 “Lean In”)

“Wiiiiinter is comiiing…” Não, nenhuma relação com Game of Thrones. Se trata apenas da música que serviu como trilha sonora para o momento mais aguardado dessa temporada final de Parenthood: a reconciliação de Julia e Joel. E, ainda com essa música, se encerrou o último episódio da série nesse ano. Se me permitem um trocadilho com a letra da música:hiatus is coming way too soon”.

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=K6M44Vpabac [/youtube]

 

4) Ella Eyre – Deeper (Grey’s Anatomy, #11×08 “Risk”)

Faz tempo que não mencionamos artistas promissores nessa lista, já que as séries resolveram debandar para o lado dos clássicos, então eis aqui a britânica Ella Eyre, que com vinte aninhos e um vozeirão, vem se destacando no cenário R&B/pop, que é algo como uma Amy Winehouse com uma sonoridade mais jovial. É a segunda vez consecutiva que ela aparece em Grey’s e, nesse episódio, foi nas cenas em que Stephanie pede desculpas à April, Maggie confronta Richard sobre ficar do lado de Derek, Callie e Owen ajudam Rick com a nova perna…

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=iZZYY6uCPZc [/youtube]

 

5) Alison Mosshart & Eric Arjes – Bad Blood (The Walking Dead, #5×06 “Consumed”)

A vocalista da banda indie The Kills, que já participou de tudo que é banda e projeto, fez uma parceria com Eric Arjes e o resultado foi a música “Bad Bloods”, que tocou no episódio mais recente de The Walking Dead, durante os flashbacks de momentos que sucederam o banimento de Carol do grupo.

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=XWQMXgMjgh4 [/youtube]

 

6) Ryan Adams – Let Go (Scorpion, #1×09 “Rogue Element”)

Mais uma a ser adicionada ao número considerável de boas músicas que Scorpion está apresentando em sua temporada de estreia, “Let Go”, do mais recente álbum do ótimo Ryan Adams, tratou de encerrar o episódio em questão de forma mais do que digna. Aguardem mais da série por aqui, porque, convenhamos, ela está se esforçando.

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=IYZNgZ8l6ZU [/youtube]

 

7) London Grammar – Devil Inside (The Originals, #2×07 “Chasing the Devil’s Tail”)

Em um passado não tão distante do Mix Music, London Grammar reinou em uma edição, com a excelente “Strong”, que conseguiu o raro feito de tocar em duas séries diferentes, na mesma semana. E nessa edição, o trio britânico nos traz um não menos excelente cover da banda INXS, com a música “Devil Inside”, que esteve na musicalíssima The Originals, servindo como trilha para o momento em que Klaus diz a Ellijah que ele matou Ansel.

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=FFRhfmFhBUA [/youtube]

 

8) Counting Crows – Mr. Jones (The Vampire Diaries, #6×08 “Fade Into You”)

Cumprindo a cota de clássico dos anos 90 que toda edição da coluna que se preze precisa ter, temos nada menos que “Mr. Jones”, da Counting Crows, que sim, você conhece, é só dar play pra confirmar. A música tocou durante a cena em que Kai prepara o jantar de Ação de Graças para Bonnie e tenta conversar, mas ela diz que nunca confiará nele.

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=-oqAU5VxFWs [/youtube]

 

9) Jimmie Davis – You Are My Sunshine (Sleep Hollow, #2×09 “Mama”)

Eu já citei a palavra “clássico” umas quinhentas vezes nessa única edição, mas nunca antes na história dessa coluna tivemos uma música que merecesse tanto esse título como “You Are My Sunshine”. Para os Lionel Richie e Foreigner da vida, aprendam como se faz uma música romântica, simples e efetiva. Mais popular na voz do Johnny Cash, a versão original esteve em Sleep Hollow durante os flashbacks de Lori e Jenny.

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=X0HLEJCgGws [/youtube]

 

10) Nirvana – Come as You Are (American Horror Story, #4×07 “Test of Strength”)

Mais um clássico dos anos 90 para a nossa playlsit e para a conta dos covers feitos pelo cast de American Horror Story. Dessa vez foi Evan Peters, que só tem uma cabeça e não é nenhuma Jessica Lange, mas não ficou muito atrás de suas colegas de elenco nessa interpretação de “Come As You Are”, que você pode conferir AQUI. E com essa, que é mais uma prova de que Freak Show é o grande destaque musical da temporada, nossa excelentíssima lista se encerra.

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=vabnZ9-ex7o [/youtube]

 

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] MIX VITROLA

Green Day – Good Riddance (Time of Your Life) (Seinfeld, #9×21-22 “The Clip Show”)

Esse provavelmente foi o único episódio de Seinfeld com músicas. Pelo menos é o único que eu consigo me lembrar. E nem foi exatamente um episódio, foi uma retrospectiva, com erros de gravação e cenas dos bastidores, que precedeu o fatídico episódio final da série. Então entra aqui em circunstâncias diferentes do restante dos presentes no Vitrola e nem tenho certeza que lhe cabe, mas sempre que penso em músicas que me remetem a alguma série, essa é uma das primeiras que me vêm à cabeça. Mesmo que eu tenha escutado Green Day e, consequentemente, “Good Riddance” durante toda a minha adolescência, essa de repente se tornou “a música de Seinfeld“, pelo fato de eu lembrar da série sempre que ouço a música desde o ano passado, quando concluí a maratona. Eu tive uma pequena “depressão pós-Seinfeld” (um termo exagerado para definir aquele vazio que fica quando uma série termina) que me fez assistir a esse episódio consideráveis vezes, para matar a saudade. E sempre ao final, nas cenas dos bastidores e de interação do elenco, vinha essa música e seu “is something unpredictable, but in the end it’s right, I hope you had the time of your life”, que potencializava aquele desagradável saudosismo, justamente pelo fato da música, sozinha, já produzir esse efeito. E com isso todas as referências à minha adolescência que a música trazia, foram imediatamente substituídas por lembranças da série. E por isso eu sempre tive a intenção de citá-la aqui, na parte nostálgica da coluna, porque essa relação que eu criei entre a música e a série é o que eu julgo que melhor a representa. Se bateu a saudade aí, também, seja da banda ou da série, dê um play no vídeo abaixo ou assista ao referido episódio para sofrer mais um pouco, enquanto reza para alguém trazer de volta os anos 90. E se ainda não viu a série, deixo aqui outro trecho da música para convencê-los: “for what it’s worth, it was worth all the while”.

 

[youtube] http://www.youtube.com/watch?v=CnQ8N1KacJc [/youtube]

 

E com isso a coluna se despede e eu já me desculpo antecipadamente por eventuais crises saudosistas que ela possa causar.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

3 comments

Add yours

Post a new comment