Mix Music #46 – 21/02 a 27/02

Mix Music #46

 

Não seriam alguns hiatos, algumas séries acabando ou alguns retornos pouco musicais que privariam essa coluna de sua qualidade habitual, já que as remanescentes continuam cumprindo seu papel de agradar aos exigentes ouvintes de nossas playlists. E nessa semana teve até música brasileira (em Better Call Saul), e o fato de eu não conseguir descobrir de jeito nenhum de qual se trata me atormentará pelo resto da vida. Só sei que começa com “um país maravilhoso” e repete isso várias vezes. Qualquer ajuda é bem vinda.

 

Continua após a publicidade

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] PLAYLIST DA SEMANA

 

1) El Pierro Del Mar – God Knows (Girls, #4×06 “Close Up”)

Girls e sua indefectível trilha sonora finalmente conseguiu a disputada posição de destaque em nossa playlist, com o que poderia ter sido a música composta pelos personagens, mas acabou sendo “God Knows”, de El Pierro Del Mar, por me parecer mais interessante. A música dessa banda sueca formada por uma única moça, tocou na sequência de cenas que precedeu os créditos finais.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=-shl5T_bkH4 [/youtube]

 

2) Hollow Wood – Seasons (Grey’s Anatomy, 11×13 “Staring at the End”)

Se Grey’s quiser ir até a vigésima temporada, o Mix Music agradece. Sempre prezando por nomes injustamente desconhecidos, no episódio em questão a série nos apresentou a Hollow Wood, com sua mais que propícia letra sobre a morte em “Seasons”, um indie folk que nos remete à trilha da já saudosa Parenthood. A música tocou ao fundo da narração de Hermann, enquanto a própria era encaminhada para a sala de cirurgia, para finalmente remover o infame tumor que tem tomado conta da temporada.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=hlhR_wWJcb8 [/youtube]

 

3) Sammy Davis Jr. – Birth of the Blues (House of Cards, #3×03 “Chapter 29”)

Provavelmente o retorno mais festejado do ano, House of Cards está de volta, como é costume entre as séries originais do Netflix, com a temporada já completa, o que permitiria que ela ocupasse mais de uma posição por aqui, caso fosse um pouco mais musical. Mas como não é o caso, ficamos apenas com “Birth of the Blues” para representa-la, já que foi cantada por ninguém menos que Frank Underwood, no referido episódio.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=lANXxHXIamI [/youtube]

 

4) The Turtles – Happy Together (The Blacklist, #2×13 “The Deer Hunter”)

Quem quer que acompanhe essa maravilhosa coluna já deve ter percebido que não dispensamos um clássico, não importa o quanto outra música tenha maior relevância no episódio, como aparentemente foi o caso de Hozier nesse aqui, mas sinto muito. Também nunca dispensamos a presença de The Blacklist em nossa “lista negra” (como eu não pensei nessa antes?), principalmente quando traz clássicos do nível de “Happy Together” que, por mais que relutemos em admitir, todos conhecemos em Sexta-Feira Muito Louca ou na versão do Simple Plan.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=mRCe5L1imxg [/youtube]

 

5) Destiny’s Child – Lose My Breath (Glee, #6×09 “Child Star”)

Sim, eu queria colocar “I Want to Break Free” e sim, eu queria colocar “Friday I’m in Love”, mas aqui estou eu com essa música da Destiny’s Child grudada na cabeça, pois aprendi que nessa vida temos que fazer algumas concessões pelo bem comum. Mas é perdoável o gosto musical duvidoso, já que se tratava apenas de uma criança. E vocês podem vê-la AQUI, performando esse hit de um dos girl groups mais saudosos dos anos 90 e início dos anos 2000, responsável por apresentar Beyoncé ao mundo.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=AqeIiF0DlTg [/youtube]

 

6) Britney Spears – Work B**ch (The Mindy Project #3×17 “Danny Castellano Is My Nutritionist”)

Como já entramos no terreno das músicas de gosto duvidoso, não seria Britney Spears que ignoraríamos. Mais uma que eu vou passar noites em claro tentando esquecer, mas são consequências das quis eu estava ciente quando resolvi entrar pra essa vida. Enfim, “Work B**ch”, com seu título devidamente censurado pois essa é uma coluna de família, tocou na sequência de cenas que mostravam as duas semanas em que Danny passou tentando parar de fumar.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=pt8VYOfr8To [/youtube]

 

7) The Soft Moon – Black (How to Get Away With Murder, #1×15 “It’s All My Fault”)

Se essa música não teria um lugar aqui por mérito próprio (não mesmo, porque não é muito agradável aos ouvidos), o tem pela significância do momento em que tocou. “Black” foi o que o mundo ouviu enquanto finalmente descobria quem é o assassino de Lila, mistério no qual focou praticamente toda a temporada de Murder até o momento.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=iigmNuZRlqU [/youtube]

 

8) Thin Lizzy – The Boys Are Back In Town (Hawaii Five-0 #5×17 “Kuka’awale (Stakeout)”)

E o que seria dessa coluna sem um pouco de rock ‘n’ roll, não é mesmo? Então temos o primeiro legítimo exemplar desse gênero que costuma monopolizar todas as edições, mas que dessa vez será apenas – e muito bem – representado por esse clássico do Thin Lizzy. “The Boys Are Back In Town” tocou ao final do episódio, em mais uma das infindáveis cenas de rock no rádio do carro.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=SGZqDzb__bw [/youtube]

 

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] MIX VITROLA

 

Mouse Rat – 5000 Candles in the Wind (Parks and Recreation)

 

Mas é óbvio que eu não deixaria passar a oportunidade de homenagear, nesse Vitrola, uma das séries mais lindas desse mundinho e que infelizmente se despediu por definitivo na última terça-feira. Claro que eu estou falando de Parks and Recreation, que além de outras infinitas qualidades, ainda contou com a melhor banda fictícia da história: Mouse Rat. A banda liderada por Andy Dwayer (Chris Pratt), com um som meio grunge, meio Dave Matthews Band, foi responsável por compor a música da campanha política de Leslie Knope e a música em homenagem ao icônico “mini horse” de Pawnee, Li’l Sebastian, sendo esse o trabalho mais notável da banda e o qual é destacado aqui. A música apareceu em outras ocasiões, mas sua versão mais memorável é sem dúvidas aquela do Unity Concert. Nessa tivemos a participação de várias bandas conhecidas, com destaque pro mito Jeff Tweedy (do Wilco), tivemos solo de sax de Duke Silver (vulgo Ron Swanson) e até holograma de Li’l Sebastian! Não dá pra ficar melhor que isso. E com isso deixamos aqui nossa despedida musical e todo o nosso amor para Parks and Recreation. Como diz a própria música: “we’ll miss you in the saddest fashion”.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=_NbBGrBxRhs [/youtube]

 

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

2 comments

Add yours
  1. Caroline Marques
    Caroline Marques 3 março, 2015 at 17:24 Responder

    Adooorei! Temos que fazer uma medalha pra série que mais aparece aqui, não sei qual é, mas Grey’s sempre me deixa apaixonada pela soundtrack!

    • Avatar
      Tainara Hijaz 4 março, 2015 at 14:16 Responder

      Sim, Caroline, Grey’s realmente seria uma forte candidata à essa medalha. The Vampire Diaries também manda muito bem, apesar de eu não assistir, dá pra perceber ao fazer a coluna. Assim como Glee, mas essa tem a vantagem de ser musical, então sempre estará um pouco à frente nesse quesito. Estou no aguardo do retorno de My Mad Fat Diary, que tem uma das (senão a) minhas trilhas preferidas. 😉

Post a new comment