Mix Music #58 – 24/05 a 30/05

57

 

Não é porque estamos praticamente órfãos das nossas séries principais que vamos deixar o MixMusic perder o ritmo. Enquanto a grade mestre da TV tira férias, ainda conseguimos resgatar para vocês algumas músicas para embalar o começo da semana. Hoje, vamos relembrar os clássicos.

 

Continua após a publicidade

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] PLAYLIST DA SEMANA

01) Crazy Town – Butterfly (Silicon Valley, #2×07 “Adult Content”)

Uma das melhores características de Silicon Valley é sua habilidade em fazer da ironia, o cômico. Seu constrangimento genuíno é desenvolvido com um sadismo cuidadoso e sutil, o que faz com que todas as peças do episódio sejam participantes originais de sua história. Como as músicas; às vezes atuais e às vezes clássicos pop, como essa de Crazy Town. Afinal, quem nunca comprou um CD da Malhação e cantou essa música dando uma volta no bairro, por favor, se retire.

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=6FEDrU85FLE [/youtube]

 

02)  Natasha Bedingfield – Unwritten (Pretty Little Liars, #5×25 “Welcome to the Dollhouse”)

Parece coincidência, mas a noite inteira de Pretty Little Liars foi feita de músicas clássicas. Embora os segredos e surpresas fossem mais importantes que qualquer vestido de época, as músicas ainda conseguiram fechar o tom pseudo-sombrio do episódio. Apesar da lista poder receber nomes como Patsy Cline ou Billy Williams, escolhemos Natasha Bedingfield como representante da série – porque, óbvio, o brega-pop-2000 não pode morrer ainda.

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=b7k0a5hYnSI [/youtube]

 

03) Kauf – Relocate (Psychemagik Remix) (The Messengers, #1×07 “Deus Ex Machina”)

The Messengers não teve nem uma chance de se provar antes de ser cancelada; o começo de outra mitologia entre anjos e humanos foi cortado logo nos primeiros episódios, o que não impediu a série de continuar sua trajetória ambígua de qualidade. Para o episódio sete de sua primeira e última temporada, nos resta essa escolha psicodélica, de Kauf.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=MuKqJuXYSCo [/youtube]

 

04) Weather Maps – Capsize (Lizzie Borden Chronicles, #1×08 “Capsize”)

Pouco comentada por aí, Lizzie Borden Chronicles foi quem trouxe a música que mais combina com o clima de inverno dessa última semana. Algo parecido com a trilha sonora de The O.C, a música de Weather Maps é atemporal e ganhou lugar no MixMusic com sua gracinha singular.

 

 

05) Jay Ungar – Ashokan Farewell (Louie, #5e08 “The Road, Part 2”)

Agora estamos longe de todo o clima pop do começo da lista e abaixamos nossos chapéus para Jay Ungar, com bela Ashokan Farewell. A música se destacou no oitavo episódio de Louie, comédia da FX, dirigida, escrita e produzida por Louis C.K.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=MaCazf36D3k [/youtube]

 

06) Three Dog Night  – Joy to the World (iZombie, #1×11 “Astroburger”)

É sempre bom ter iZombie de volta a lista, sendo que suas músicas são uma quebra irônica na própria narrativa que o seriado criou. Para mudar o clima que Jay nos deixou, a escolha da da semana é uma descendente dos anos 70, da banda Three Dog Night.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=0n_e1oqhiMM [/youtube]

 

07) Madeleine Peyroux – Weary Blues (Grace and Frankie, #1×13 “The Vows”)

Para fechar a seleção, a música que foi trilha de um dos momentos mais delicados e bonitas de Grace and Frankie, da Netflix. A essa altura, todos já chegaram ao fim da graciosa primeira temporada da série original do canal, que já conquistou não só a segunda temporada, mais seu espaço junto de outros clássicos da casa.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=CZFToQnc8ZI [/youtube]

 

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] MIX VITROLA

OneGirlOneBoy – Dirty Town (Gotham, 1×01 “Pilot”)

Se estamos falando de clássicos, não há porque não incluir Gotham nessa lista. Apesar de ser uma figura nova na soma dos grandes seriados, conseguiu conquistar seu espaço entre variadas adaptações de quadrinhos para TV – umas boas, outras nem tanto – e concluiu sua primeira temporada em um equilíbrio entre mitologia e originalidade. As ruas de Gotham ganharam novos personagens, e todos eles contribuíram para a criação de uma diferente fase dentro do universo de um dos maiores heróis da DC. Para brindar isso, um pequeno clássico interno do episódio piloto.

 

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=iAKKxMPGdJ0 [/youtube]

 

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours