Mix Music #60 – 07/06 a 13/06

Mix Music #60

Continua após publicidade

[spacer size=”20″]

Continua após a publicidade

Não, essa edição do Mix Music não é patrocinada pelo Netflix, nós fazemos só por amor à causa, mesmo. É que nessa sexta-feira estreou a terceira temporada de Orange is the New Black, todos os treze lindos episódios, e ainda temos muito de Sense8 para explorar, então não tivemos para onde correr se não para os braços da nossa amada Netflix.

Continua após publicidade

[spacer size=”20″]

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] PLAYLIST DA SEMANA

Continua após publicidade

[spacer size=”20″]

1) Dum Dum Girls – Coming Down (Orange is the New Black, #3×03 “Empathy Is a Boner Killer”)

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Dos cinco episódios que eu assisti até o momento, certamente a cena mais triste foi a do final desse terceiro episódio, na qual Nicky é levada para a cela de segurança máxima. Ao som dessa música que soou bastante literal em relação à situação, vimos o desespero de Red e Lorna e, claro, da própria Nicky e nos identificamos, considerando que, além de ficarmos tristes pela personagem, o pior foi pensar que ela estaria ausente por um número indeterminado de episódios. A ótima “Coming Down”, do quarteto feminino Dum Dum Girls, combinou perfeitamente para o momento. Se eu já não conhecesse e gostasse da banda,  seria a descoberta da semana, então ouçam!

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=sZdbNMDH8hc [/youtube]

[spacer size=”20″]

2) Miss E. – Hummingbird (Orange is the New Black, #3×01 “Mother’s Day”)

Essa fofura em forma de música ganhou uma perspectiva mais dramática ao servir como tema de fundo para as cenas do abrupto fim do Dia das Mães que as detentas passaram com seus filhos e intensificou a tristeza de Poussey ao lembrar-se de sua mãe. A letra e a melodia couberam perfeitamente à situação, mas o mais interessante é que, aparentemente, Miss E. é Eliza Noxon, que tem apenas 12 anos e é filha da criadora de Orange, Jenji Kohan.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=VlvCo73ZadI [/youtube]

[spacer size=”20″]

3) Martha Wainwright – Bloody Mother Fucking Asshole (Orange is the New Black, #3×02 “Bedbugs and Beyond”)

Sim, mais uma de Orange is the New Black, mas é a última da semana, prometo. Apesar do título grosseiro, “Bloody Mother Fucking Asshole” soa como um pedaço do folk setentista perdido em 2005, até pela profundidade da letra e sinceridade da interpretação. Martha escreveu a música para o seu pai, o famoso músico Loudon Wainwright III, que não esteve presente na vida da filha. Ou seja, soa como se a futura filha de Bennett estivesse cantando para ele, no caso o pai que a abandonou, e isso enquanto ele deixava o berço no meio da estrada e presumidamente desistia do filho ainda não nascido. Genial.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=Cjy71RPGnkA [/youtube]

[spacer size=”20″]

4) Fatboy Slim feat. Macy Gray – Demons (Sense8, #1×06 “Demons”)

Também pode ser encontrada com o título “música que tocou em c e r t a s c e n a s.mp3”; não vou entrar em detalhes pra não acordar a família tradicional brasileira que deve estar descansando das atribuladas últimas semanas, então vou só deixar a música aqui, tenho certeza que trará vívidas lembranças.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=yGaVG-GxFu4 [/youtube]

[spacer size=”20″]

5) The Who – Baba O’Riley (Sense8, #1×07 “WWN Double-D?”)

Além de Sense8 saber escolher as músicas que participarão dos episódios, ainda sabe tirar o melhor proveito delas, as inserindo no contexto das cenas e dos personagens – e muitas vezes interpretadas por eles, ao invés de apenas serem acrescidas posteriormente. E por isso a série merece toda a nossa atenção. Esse clássico do The Who, por exemplo, foi tocada pelo pai de Riley (olha esse nome!) com um ukelele, enquanto ela desce do avião e o encontra no terminal.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=hKUBTX9kKEo [/youtube]

[spacer size=”20″]

6) Maria Doyle Kennedy – Stuck (Orphan Black, #3×09 “Insolvent Phantom of Tomorrow”)

Como assim a Mrs. S também é cantora e ninguém teve a decência de informar? Não só por ela ter cantado no episódio em questão, mas porque a atriz realmente tem uma carreira consistente na música. Com essa descoberta nem tenho mais nada a acrescentar, só fiquei um pouco ofendida que a série não explorou esses dotes antes.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=udApqAM1VB8 [/youtube]

[spacer size=”20″]

7) The Swell Season – Into the Mystic (Bones, #10×22 “The Next in the Last”)

Chocada que tia Bones, pelo menos pra nossa coluna, ainda está dando um caldo. Dessa vez ela encarnou a hipster e foi logo de “Swell Season”, da dupla de ruivos protagonista do filme Once, cantando esse ótimo cover de Van Morrison. E é por essas possibilidades que nós aceitamos que Bones dure pra sempre (sem necessariamente assisti-la).

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=rq53NkUZAT0 [/youtube]

[spacer size=”20″]

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] MIX VITROLA 

[spacer size=”20″]

Nada Surf – Inside of Love (How I Met Your Mother, #1×06 “Slutty Pumpkin”)

[spacer size=”15″]

“I wanna know what is liiiiike on the insiiide of looove” Clássica. Ou não. Já que How I Met You Mother e eu sofremos do mesmo mal de vivermos nosso mundinho indie e refletirmos nossos gostos pessoais no resto da humanidade que majoritariamente não faz ideia do que estamos falando. Mas sorte dos poucos que se identificam com o gosto musical de quem quer que tenha escolhido essas músicas e que encontraram na série provavelmente a sua trilha sonora preferida. Enfim, não queiram que eu lembre exatamente as circunstâncias do aparecimento da música, mas foi naquele episódio em que Ted organiza sua anual festa de Halloween na esperança de que a mulher vestida de abóbora que ele conheceu anos atrás reapareça. Mas ele acabou curtindo a fossa com Robin ao som dessa música tão propícia. Típico do Ted.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=6bAA4KdFClg [/youtube]

[spacer size=”20″]