Mix Music #67 – 26/07 a 01/08

Mix Music #67

Continua após publicidade

[spacer size=”20″]

Continua após a publicidade

Com uma mistura infalível de anos 80, indie, folk, clássicos e tudo que há de bom, a playlist de hoje está tão quente quanto a temperatura desse fim de semana. Pra vocês terem uma ideia de como a coisa está boa, saibam que eu não reclamei da escassez da summer season sequer uma vez nessa edição.

Continua após publicidade

[spacer size=”20″]

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] PLAYLIST DA SEMANA

Continua após publicidade

[spacer size=”20″]

1) Jefferson Starship – Jane (Wet Hot American Summer, #1×01 “Campers Arrive”)

“Jane” é o perfeito exemplo do tipo de música que estava fazendo sucesso nos Estados Unidos no início dos anos 80, período em que é ambientada a nova minissérie de comédia do Netflix. Wet Hot American Summer tem seu estilo peculiar muito bem definido e o mantém também na trilha sonora, que ajuda a transmitir o clima intencionado pela produção.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=0PwG69620WA [/youtube]

[spacer size=”20″]

2) Donnie Iris – Ah! Leah! (Wet Hot American Summer, #1×02 “Lunch”)

Mais um hit do mesmo período nessa série já tão infiltrada em nossas vidas que está até fazendo calor em pleno agosto. Então claro que esse poder se estenderia à nossa influenciável coluna. Mas apesar de música ser parte muito importante da minissérie, sendo a maioria delas invenção própria, talvez ela não apareça por aqui tanto quanto as outras produção do Netflix. “Ah! Leah!” foi uma das músicas que Arty colocou pra tocar na rádio do acampamento.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=YH5Arbm47IQ [/youtube]

[spacer size=”20″]

3) Sufjan Stevens – Seven Swans (Ray Donovan, #3×03 “Come and Knock on Our Door”)

Dessa vez Ray Donovan se superou, trazendo o tipo de preciosidade alternativa que eu só espero ouvir nas séries que escolho a dedo justamente pela possibilidade de tocar esse tipo de música. E apesar da sempre ótima trilha que a série apresenta, ela não costuma seguir exatamente essa linha. Mas que continue assim, por favor.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=99TCWaHmWKc [/youtube]

[spacer size=”20″]

4) Angus & Julia Stone – Big Jet Plane (Suits, #5×06 “Privilege”)

Se Angus & Julia Stone não fosse tão legal, já teria cansado nossa beleza de tanto que apareceu por aqui nos tempos em que Revenge ainda vivia. Mas como não é o caso, tá valendo mencionar sua surpreendentemente apropriada aparição em Suits. Folk não é o bem o tipo da série, mas ao que parece funcionou perfeitamente para o encontro romântico de Rachel e Mike.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=yFTvbcNhEgc [/youtube]

[spacer size=”20″]

5) Bob Dylan – Subterranean Homesick Blues (The Brink, #1×06 “Tweet Tweet Tweet”)

Convenhamos que não é todo dia que temos a oportunidade de inserir um clássico do mito Bob Dylan em nossa humilde playlist. Então não importa que eu tenha abandonado a comédia da HBO logo depois do piloto, ela merece todo o nosso respeito por um feito como esse.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=67u2fmYz7S4 [/youtube]

[spacer size=”20″]

6) Dionne Warwick – What the World Needs Now is Love (Masters of Sex, #3×03 “The Excitement of Release”)

E por falar em clássicos, poucos são maiores que esse aqui, composto em 1965 por Hal David e Burt Bacharach e popularizado primeiramente por Jackie DeShannon. E exatos 50 anos depois, o mundo continua precisando da mesma coisa e, como todo bom clássico, a música continua marcando presença e aumentando sua infinita lista de regravações. E o que o Mix Music precisa agora é que Masters of Sex continue mantendo esse nível.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=bH9sBgekdZo [/youtube]

[spacer size=”20″]

7) The Black Angels – Black Grease (True Detective, #2×06 “Church in Ruins”)

Mesmo sem Lera Lynn, que merece uma folga de vez em quando (mas só uma semana, ok?), a trilha sonora de True Detective continua se destacando. Dessa vez quem chamou a atenção foi o rock psicodélico da texana The Black Angels, que fará todo mundo perigosamente passar o resto do dia com esse “just kill kill kill kill” na cabeça.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=_PG9Rh-qmdg [/youtube]

[spacer size=”20″]

8) London Grammar – If You Wait (Rookie Blue, #6×11 “74 Epiphanies”)

Como sempre guardamos o melhor pro final, uma season finale com casamento e London Grammar é a única escolha possível pra assumir esse posto. O jovem trio britânico que apareceu em tudo que foi episódio no ano passado, voltou ao mundo das séries em grande estilo com “If You Wait” no casamento de Andy e Sam. A única tristeza é que, por enquanto, não usufruiremos mais da ótima trilha de Rookie Blue na coluna.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=oPid811_los [/youtube]

[spacer size=”20″]

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] MIX VITROLA

[spacer size=”20″]

Pearl Jam – Black (Cold Case, #6×23 “Into the Blue”)

[spacer size=”15″]

Acho que já é de conhecimento geral que a trilha sonora de Cold Case é sensacional e deve ter ensinado muita gente a gostar de música boa, como foi o meu caso. “Black” é uma das minhas músicas preferidas da vida, assim com Pearl Jam é uma das bandas que mais me marcou. E tudo isso unicamente por conta de Cold Case, que nesse que talvez tenha sido o mais emocionante final de temporada da série, resolveu que a trilha das duas partes da season finale se faria exclusivamente da icônica banda grunge. Não tive como resistir a tudo aquilo de voz de Eddie Vedder em sequência e junto àquelas cenas. E o catálogo musical de Cold Case é repleto de feitos como esse, então se preparem para ver muito mais da série aqui no Vitrola, até que vocês se entreguem e finalmente comecem a maratoná-la. Suas playlists agradecerão.

[spacer size=”20″]

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=AFVlJAi3Cso [/youtube]

[spacer size=”20″]