Mix Music: A trilha de Grey’s Anatomy

mixmusicgreysanatomy

Continua após publicidade

[spacer size = “20”]

Continua após a publicidade

Com o novo ano televisivo começando, a Mix Music, uma das colunas tradicionais do Mix de Séries, dá o primeiro passo em uma nova temporada. A ideia é reformular e, por isso, transformamos a coluna quase que inteiramente. Até então, a Mix Music trazia um apanhado semanal do que de melhor aconteceu em termos musicais nas séries de TV. Com uma lista bem objetiva, a coluna elencava as melhores canções que tocavam nos dias que antecederam a publicação. Agora a ideia é pegar uma série por semana e discorrer sobre a trilha sonora e as canções desta série. Buscamos assim trazer mais conteúdo, mas novidades e curiosidades sobre o mundo das série, sempre tendo em vista, claro, as canções, originais ou não, que embalam os programas.

Continua após publicidade

Para começar este novo formato trazemos Grey’s Anatomy, uma das séries que mais e melhor usam músicas na TV. Não é à toa, então, que os nomes dos episódios sejam nomes de canções. Se você é fã, já deve ter reparado nisso, se você ainda não sabia, dê uma olhada na lista de episódios se divirta achando músicas mais ou menos conhecidas que acabaram nomeando os capítulos da série de Shonda Rhimes. Temos clássicos como Yesterday, Let it Be, Forever Young, All By Myself, e muitas, mas muitas outras. O grande barato é que os títulos têm tudo a ver com o que acontece no episódios. Isso não indica, contudo, que a música toque na série. Não é porque o capítulo se chama I Will Survive, por exemplo, que a música homônima poderá ser ouvida.

Outras séries seguiram a ideia. True Blood, outro show que sempre teve uma trilha incrível, também identificava seus episódios com nomes de canções. Poucas, contudo, tiveram a habilidade para trabalhar com o título, a trama do episódios e a própria letra da música como Grey’s Anatomy. Alguns títulos são bem claros, óbvios na primeira análise. Outros têm relações mais íntimas e escondidas. A graça é relacionar uma coisa com a outra e tirar o máximo de proveito dessa intermídia. Pense na sala de roteiristas da série e o trabalho que deve dar para achar um título que melhor represente a trama e mais, uma canção cuja letra não destoe completamente do que está sendo mostrado na história. É um trabalho delicado que poucos percebem ou dão valor, mas ainda assim a produção se dá ao trabalho de fazer.

Continua após publicidade

Grey-s-Anatomy-greys-anatomy-10397326-2560-1638Não podemos fazer um post como esse sem falar do episódio musical da série, o décimo oitavo da sétima temporada. Curiosamente intitulado Song Beneath the Song, o capítulo veio justamente com a ideia de levar a música, tão presente, importante e amada na série, a níveis inesperados. Quase todos os personagens soltam a voz e o resultado é “diferente”. Estranho, mas não ruim. Algo que poucas séries poderiam e podem fazer. Grey’s Anatomy é um programa ciente de suas capacidades, que pode arriscar aqui e ali.

A abordagem dividiu opiniões. No IMDb, site que agrega, entre tantas outras coisas, notas de usuários, o episódio musical é o segundo com mais notas (são 1812 notas até agora) e o segundo com pior nota (6.7, em uma escala de 0 a 10). O único capítulo com nota inferior é How to Save a Life, 21º da 11ª temporada e que conta com a morte de um importante episódio. Este é o que tem mais notas e cravou apenas 5 na escala. O “The Music Event”, como foi chamado, trouxe números envolvendo canções que já haviam aparecido, de uma forma ou outra, no programa, como Chasing Cars, da Snow Patrol, por exemplo. Você pode ver e ouvir os números musicais aqui.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

A Snow Patrol, aliás, parece ser uma das bandas favoritas de Shonda ou de sua equipe. A banda apareceu algumas vezes na série com músicas diferentes. Nenhuma, talvez, tenha o mesmo impacto que Chasing Cars, que tocou mais de uma vez no show. Mas o grupo não chega à ponta do iceberg que é a quantidade de canções, cantores e bandas que apareceram na série. Vários foram os artistas que se beneficiaram com a participação em Grey’s Anatomy. Muitos conheceram certas músicas e artistas através da série. O caminho inverso também acontece: muitos fãs das bandas e cantores deram uma chance ao programa depois de descobrirem que seus ídolos tiveram um espacinho em algum episódio.

A Mix Music agora traz uma pequena lista com as canções que mais se destacaram na série. Já avisamos logo de início: sabemos que deixamos várias músicas de fora, e sabemos que muitos vão sentir falta e reclamar da ausência de uma e outra, mas são tantas músicas boas e em tantos momentos marcantes que é impossível abordar todas. Levamos em conta a qualidade da música e o contexto no qual ela foi inserida. Aliar som e emoção, aliás, sempre foi uma das qualidades de Grey’s Anatomy. Confira, então, o nosso TOP 5.

[spacer size = “20”]

[v_icon color=”#444444″ size=”18px” target=”_blank” name=”moon-headphones”] TOP 5 – GREY’S ANATOMY

[spacer size = “20”]

1) Chasing Cars – Snow Patrol (2×27, Losing my Religion)

Aquele em que Izzy chora a morte de alguém e diz que irá desistir de ser uma cirurgiã, perdendo, assim, sua “religião”. Chasing Cars talvez seja a música que melhor represente a belíssima trilha sonora da série.

[spacer size = “20”]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=GemKqzILV4w[/youtube]

[spacer size = “20”]

2) Off I Go – Greg Laswell (5X24, Now or Never)

Aquele em que todos perdemos alguém que não esperávamos e nem queríamos. É um momento que sempre lembrará a música e vice-versa.

[spacer size = “20”]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=n6eOl1UIkXQ[/youtube]

[spacer size = “20”]

3) Breathe (2am) – Anna Nalick (2X17, As We Know It)

Aquele em que, como nós sabemos, Meredith tira uma bomba de dentro de uma pessoa. Um dos episódios mais memoráveis merecia uma canção à altura.

[spacer size = “20”]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=xdRHSuPxgXo[/youtube]

[spacer size = “20”]

4) Blindsided – Bon Iver (5X12, Sympathy for the Devil)

Aquele em que Izzy reencontra alguém e faz uma importante descoberta. Não é um dos momentos ou músicas mais lembrados, mas o fato é que Blindsided é uma ótima canção e merece a lembrança.

[spacer size = “20”]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=qaFXrOZDMBA[/youtube]

[spacer size = “20”]

5) Somewhere Only We Know – Keane (1X02, The First Cut is the Deepest)

Aquele em que uma porção de coisas acontece enquanto a música toca. Mas é mais conhecido como o momento que a série e música se fundem pela primeira vez e onde muitos fãs acabaram se apaixonando pela história e personagens.

[spacer size = “20”]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=Oextk-If8HQ[/youtube]

[spacer size = “20”]