Mix Music: A Trilha Sonora de Dawson’s Creek

Imagem: IMDB/Divulgação

Continua após as recomendações

No dia 28 de janeiro de 1998 ia ao ar uma série que inovaria o conceito do gênero adolescente. Contando a história de quatro adolescentes e seus conflitos, Dawson’s Creek logo ganhou inúmeros fãs e o apoio da crítica. Com seis temporadas, podemos acompanhar a vida de Dawson, Joey, Pacey, Jen e, posteriormente, Jack em busca de suas identidade enquanto vivenciam seus dramas na cidade de Capeside. Tratando temas como homofobia, sexo, drogas e suicídio, o seriado conseguiu conquistar a todos de forma precisa com o linguajar adulto dos personagens, além de ter uma trilha sonora digna de um seriado da WB, atual CW.

Durante seis anos, acompanhamos Joey Potter dividida entre dois amores; Dawson com seus dilemas e ser um diretor tão bom quanto Steven Spilberg; Jen tentando seguir a vida depois de ser expulsa de casa e vir morar com sua avó; Jack enfrentando os preconceitos por descobrir que é homossexual e Pacey querendo provar para todos não ser um fracasso. E no meio de tudo isso, a música envolvia os dilemas dos personagens e nos deixando cada vez mais apaixonados pelo seriado. Pois bem, por mais que o seriado levasse o nome de Dawson, quem roubava a cena e era a verdadeira protagonista era a Joey Potter, marcando Dawson como o protagonista mais mala da TV.

Continua após a publicidade

“I don’t want to wait for our lives to be over, I want to know right now what will it be I don’t want to wait for our lives to be over, Will it be yes or will it be…sorry?” (Paula Cole)

A trilha sonora de Dawson’s Creek foi responsável por grandes momentos e todas tiveram um significado único no seriado. Com uma trilha repleta de clássicos e bandas e artistas novos, músicas pop e bastante chicletes, seria impossível nós do Mix de Séries não fazermos um Mix Music da trilha sonora de Dawson’s Creek. Um dado curioso é que o seriado conseguiu embalar os mais conservadores ao lançar dois álbuns (CDs) que conseguiram um bom número de vendas, numa época em que a internet não tinha tanto poder assim e, com isso, algumas músicas entraram para o Rank da Billboard e para as paradas musicas nas rádios.

Apertem o play e vamos voltar no tempo e relembrar a trilha sonora de Dawson’s Creek!

Top 10 – Dawson’s Creek

1) “I’ll Stand By You” – Pretenders (1×01)
Em seu episódio piloto, tivemos o prazer de ouvir uma música bastante conhecida de uma forma única em Dawson’s Creek. A famosa canção de Pretenders marcou um dos momentos mais descontraídos entre uma das melhores amizades da TV: Joey e Dawson. Por mais que muitos, inclusive eu, prefira Joey com Pacey, tenho que dizer que a amizade deles é muito bonita e “I’ll Stand By You” traduz exatamente o que um representa na vida do outro.

2) “Angel” – Sarah McLachlan (1×13/6×24)
A música mais linda e emotiva de Sarah McLachlan tinha que aparecer em dois momentos fortes para ninguém segurar as lágrimas. Logo na primeira temporada, a canção fez todos nós chorarmos quando vemos Jen como ela é realmente. Mas o momento que me fez soluçar de tanto chorar foi na segunda aparição da canção: na series finale. Jen, que está entre a vida e a morte, decide gravar um vídeo, com a ajuda de Dawson, para a sua filha assistir quando estiver mais velha. A cena é tão linda e forte, que não tem como não chorar e a música Angel deixa a cena mais emocionante ainda. Um baita baile de interpretação da Michelle Williams e e um dos melhores momentos do seriado.

3) “Kiss Me” – Sixpence None The Richer (2×06/2×18)
Acredito que muitos devem ter cantando por todos os cantos a famosa música “Kiss Me” nos anos 90! E um destes motivos deve ser graças à Dawson’s Creek. Essa famosa música surgiu praticamente no seriado. E a primeira vez que a ouvimos foi numa das conversas mais sem noção: Jen e Abgail falando sobre o baile da escola! Mas antes disso acontecer, fomos surpreendidos com a revolta da Jen por causa da morte de seu avô. Largando Dawson, a moça voltou a ser a bitch do pedaço e ainda se juntou a malvadinha da Abgail. Outro fato importante é que a música faz parte da trilha sonora original Vol I da série.

4) “You Get What You Give” – New Radicals (2×11)
A amizade de Joey Potter e Dawson Leery é de dar inveja a qualquer morador de Capeside. Imagina então como deve ter sido para os fofoqueiros de plantão quando viram os dois conversando como velhos amigos depois de muito dramalhão na segunda temporada, embaixo da chuva? Pois bem, não dá como não invejar o que Joey e Dawson tem como amigos, ainda mais quando a famosa canção contagiante de New Radicals embala um dos momentos mais fofos dos dois e relembrando o porquê Dawson jamais conseguirá ser mais do que um ombro amigo e irmão para Joey.

5) “Feels Like Home” – Chantal Kreviazuk (2×18)

Esta deliciosa música também integra a trilha original da série e aparece num dos momentos mais bombásticos da segunda temporada, marcando não só uma das danças mais fofas de Dawson e Joey, no casamento em que eles trabalharam para ajudar o pai dela, que fora recentemente liberado da prisão, como também um beijo entre os dois e a morte de Abby, chocando os fãs e desestruturando a vida de Jen depois desta morte da aluna mais odiada de Capeside.

6) “Comfort” – Deb Talan (3×17)
Foi exatamente no episódio dezessete da terceira temporada que meu casal favorito começou a brilhar no seriado. E o primeiro beijo que tornava selaria esse momento único e inesquecível entre Pacey e Joey tinha que ter uma música digna de nos deixar com as borboletas no estômago. “Comfor” se encaixou tão bem no beijo roubado de Pacey na Joey que não tem como negar a química entre os dois e shippar até não poder mais. Tudo bem que demorou uma eternidade para vê-los juntos e felizes, mas nada que deixasse esse beijo tão importante para o Team Pacey.

https://www.youtube.com/watch?v=efzCAJFb9pM

7) “Daydream Believer” – Mary Beth Maziarz (3×19/4×23) 
Os encontros e desencontros de Joey e Pacey foram tantos, que nem mesmo ouvindo a belíssima declaração de amor de Pacey, Joey percebeu que tinha sentimentos pelo bad boy. Até que o 19º episódio da terceira temporada foi ao ar e… bem, vocês sabem o que acontece: Joey finalmente beija Pacey, após o garoto dizer que iria contar até 10 e beijá-la, evitando que ela fosse “pega” de surpresa novamente. Uma cena clássica que marcaria a vida deles para sempre ao som de “Daydream Believer”. A música também apareceu na season finale da quarta temporada, deixando os fãs de Pacey e Joey chateados e a torcida por Dawson e Joey animados, pois essa mesma música marcou um beijo entre os dois e uma nova era para Dawson’s Creek. Ah, a canção entrou para o Álbum de Dawson’s Creek, Vol II.

8) “I Will Love You” – Fisher (4×14)
A quarta temporada veio nos deixando em êxtase para saber como Joey, Dawason, Pacey e cia lidariam com as suas escolhas e partiriam rumo à faculdade. E foi justamente entre medos e dúvidas que Joey e Pacey acabaram discutindo e muito sobre o fato dela ainda continuar virgem. Na dúvida de quando, como e com quem perderia a virgindade, nossa heroína escolheu o seu atual namorado para ser o responsável por sua decisão. A música de Fisher marcou a primeira vez de Joey com Pacey e mostrou o quanto esse casal é o todo poderoso do seriado. Uma cena linda e inesquecível para todos os fãs.

 

9) “I’ll Be” – Edwin McCain (6×23)

Durante seis anos nós nos apaixonamos por Dawson’s Creek e a trilha sonora só foi um plus para o seriado. Mas nada nos deixou tão marcados como a despedida. Numa series finale dupla, vimos finalmente Joey decidindo se escolhia Dawson ou Pacey e a angustia dos fãs foi tremenda, afinal, só pudemos saber com quem ela ficou (e escolheu) no finalzinho do episódio. Até esse momento acontecer, tivemos que chorar e muito com a morte de Jen e as reviravoltas dos ex adolescentes de Capeside. A música de Edwin McCain marcou um dos melhores momentos do penúltimo episódio da série, em que vimos Dawson e Joey conversando no quarto antigo do protagonista como nos velhos tempos, antes de dormirem, deixando aquele ar de nostalgia.

10) “Hand In My Pocket” – Alanis Morissette (6×24)

Numa das cenas mais fofas de Dawson’s Creek, vimos uma linda homenagem a Jen antes de morrer. Assim, nada mais justo do que ter a excelente canção de Alanis Morissette mostrando a abertura do seriado num vídeo feito por Dawson enquanto que a sua amiga e ex vizinha estava internada. Um dado curioso é que os produtores queriam que essa música fosse o tema de abertura da série, mas, na época, não conseguiram uma autorização. Então, para encerrar bonito a série, decidiram usá-la numa espécie de homenagem que, aliás, ficou muito bonito. E foi assim que “Hand In My Pocket” conseguiu entrar para nossos corações de forma mágica e poética, como também encerrar o seriado de forma única. Foram seis anos perfeitos e que marcaram a vida de muitos fãs, mas como nada que é bom dura para sempre, Dawson’s Creek conseguiu encerrar a sua jornada da melhor maneira possível ainda que tenhamos chorado horrores com a morte do pai do protagonista e com a morte inesperada de Jen.

Menção Honrosa: “I Don’t Want to Wait” – Paula Cole
A cada episódio, eu ficava ansiando para a abertura aparecer para poder cantar junto com Paula Cole e curtir os momentos que viriam nos episódios. Então, nada mais justo do que escutarmos novamente o hino que fez Dawson’s Creek sobreviver a maldição dos seriados adolescentes e conquistar cada vez mais nossos corações. “I Don’t Want to Wait” marcou a geração de muitos fãs e dos protagonistas de uma das melhores séries adolescentes dos últimos tempos.

https://youtu.be/dDWp-zek4Ic

 

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours