Mix Music: A Trilha Sonora de Girlboss

Imagem: SpoilerTV
Imagem: SpoilerTV

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

Sophia Marlowe é a representação mais realista das jovens de hoje em dia, que buscam achar algo de importante no início da vida adulta. Ela pode não ter pudor na língua, falar o que pensa sem se importar com a opinião alheia e ser uma bitch da alta categoria, mas ela sabe repaginar aquela velha roupa que fica no fundo do armário de alguma moda passada. Sophia é uma verdadeira fera no quesito empresária e não foi atoa que a comédia de humor negro da Netflix conquistou alguns fãs.

Continua após a publicidade

Baseado na história da grande empresária Sophia Amoruso e na sua biografia, Girlboss mistura o drama com o humor de uma maneira única, além de apresentar altas referências aos anos 80 e 90 e conseguir uma trilha sonora daquelas que não saem das nossas cabeças. Com mesclas do pop e de bandas indies, o seriado da Netflix consegue envolver qualquer um na busca do auto conhecimento de Sophia, além de ter um excelente elenco coadjuvante.

Continua após publicidade

Passando-se em 2006 em São Francisco, Girlboss consegue trazer o melhor e o pior da vida adulta ao mostrar como Sophia e sua loja online se relacionam, além do envolvimento da protagonista com seus amigos, pai e seu “ficante”. O seriado consegue resgatar o melhor e o pior de Sophia, equilibrando com um visual vintage e uma trilha sonora bastante eclética. O público pode ter ficado receoso com a história da Sophia e sua jornada como CEO da Nasty Gal, porém a trilha sonora não deixa nada a desejar. Com músicas conhecidas e bandas novas, Girlboss consegue agradar aos fãs de uma boa música e se supera no quesito diversidade.

Em sua primeira temporada, escutamos um pouco de tudo: desde um clássico na voz da talentosa Betty Davis à um punk rock provindo da banda formada por Shane. E era lógico que o Mix de Séries não deixaria de elencar o melhor da trilha sonora de Girlboss, já torcendo para mais aventuras de Sophie e Annie em São Francisco.

Continua após publicidade

Então, apertem o play e curtam o melhor da trilha sonora de Girlboss antes que seus sonhos acabem quando a vida adulta bater em sua porta.

Top 7 – Girlboss

[spacer height=”20px”]

1) “The Wild One” (Single Version) – Suzi Quatro (1×01)

O que dizer daquele momento em que começamos um novo seriado e escutamos essa deliciosa música da Suzi Quatro, mostrando quanto Sophia é tão parecida com nós. Ao som de “The Wild One” somos presenteados e convidados a conhecer um pouco sobre a vida de Sophia Marlowe enquanto tenta empurrar seu carro em plena cidade de São Francisco, mostrando o quão fracassada é sua vida.

https://www.youtube.com/watch?v=GdQlBBAqWyk

[spacer height=”20px”]

2) “Get It Poppin’ ” [Radio Version] – Fat Joe feat. Nelly (1×02)

Nada melhor do que comemorar a sua primeira venda e seu sucesso na Ebay do que ao som de um hip hop dançante, certo? Seria perfeito se Sophia não descobrisse uma coisa estranha próxima a sua virilha a deixando com dores. E foi assim que “Get It Poppin'” conquistou não só a alegria da Sophia como a nossa também e agora toda vez que eu for comemorar algo, lembrarei daquela cena em que Sophia dançava incontrolável em seu pequeno apartamento vibrando por ter se encontrado em alguma profissão.

https://www.youtube.com/watch?v=aacqQRRtf-8

[spacer height=”20px”]

3) “Teenage Dirtbag” – Wheatus (1×03)

Girlboss pode dividir opiniões da crítica quanto a sua história, porém é inegável a forma como o seriado brinca com os fãs e consegue se reinventar com suas pequenas referências. A famosa canção de Wheatus foi um sucesso para os fãs de outro seriado teenDawson’s Creek. Isso mesmo, a música “Teenage Dirtbag” já esteve presente na vida de Dawson e seus amigos e agora conseguimos escutá-la novamente em Girlboss quando Sophia enfim achou o nome perfeito para a sua loja e pequena empresa. E ao som desta gostosinha baladinha, vimos a Nasty Gal Vintage surgir para os efeitos legais.

[spacer height=”20px”]

4) “Hallelujah” – Jeff Buckley (1×05)

De todas as músicas que tocaram na primeira temporada de Girlboss, esta com certa é a mais famosa e a mais ouvida. “Hallelujah” é a canção mais batida do que prato de microondas e mesmo assim é impossível não se emocionar ao escutá-la. Ainda mais quando Girlboss faz uma homenagem linda aos fãs de The O.C. Isso mesmo, vocês não leram errado! Sophia é uma mega e viciada em The O.C., assim como sua melhor amiga Annie. E as duas escutam esta música ao passo que viram Marisa Cooper morrendo nos braças de Ryan naquele episódio polêmico de The O.C. Se não bastasse tudo isso, os roteiristas nos entregam uma cena linda com Sophia agindo como Ryan ao tentar salvar a vida de sua empresária, tentando entregar o vestido de noiva para um cliente, e recriando a cena ícone do famoso seriado adolescente. É ou não é para se desidratar de tanto chorar?

[spacer height=”20px”]

5) “Alright” – Supergrass (1×09) 

Girlboss tem este poder em saber escolher a música certa para determinada cena. Logo no primeiro episódio, descobrimos o quão complicada é o relacionamento de Sophia com seu pai e ver a sua ansiedade em esperar que ele aceite ser o fiador do terreno que irá alugar para ampliar a sua empresa só mostrou o quanto ela deseja ser reconhecida por seu pai e vê-lo orgulhoso da mulher que ela se tornou. Uma pena que ainda não vimos o pai de Sophia dizer o quanto ele se sente orgulhoso da mais nova empresária de São Francisco. Porém, é inegável que a música da banda Supergrass conseguiu deixar-nos esperançosos por um reconhecimento entre Sophia e seu pai.

https://www.youtube.com/watch?v=_uv1tcQePmw

[spacer height=”20px”]

6) “I’ll Come Crashing” – A Giant Dog (1×12/1×13)

Além de trazer velhas e famosas músicas para o seriado, Girlboss conseguiu apresentar uma nova banda e uma música que marcará para sempre a vida de Sophia e de Shane, seu “ficante” quase namorado. A canção de “I’ll Come Crashing” era para ser o novo sucesso de Shane e sua banda, mas acabou sendo a música em que Sophia sempre lembrará de sua traição. Uma mancada que Shane deu e daquelas que foi impossível de perdoar. Como assim Shane foi trair a sua garota com a vocalista da banda enquanto Sophia ralava para lançar seu site no ar? Impossível de entender isso e lembrar da traição de Ross em Friends. Calma, não houve nenhuma referência a isso no seriado, mas mesmo assim foi impossível não sentir uma comparação.

https://www.youtube.com/watch?v=Ypb0qgZJy4w

[spacer height=”20px”]

7) “Dreams” – Passion Pit (1×13)

Ao som de “Dreams”, vimos Sophia feliz e realizada em saber que sua nova loja virtual é um sucesso. De todas as músicas que tocaram na primeira temporada de Girlboss, esta de Passion Pit é a que mais me marcou; não sei se foi pelo fato de ser uma deliciosa música indie eletrônica ou se foi por conta da letra, que mostra a evolução de Sophia durante a temporada. Eu só sei que essa música parece que foi escrita para a protagonista e representa bem o que o seriado quis propor: um delicioso passatempo que brinca com a vida real e nos ensina que a vida adulta não é tão fácil quanto aparenta ser. Sophia Marlowe, você é minha heroína!

https://www.youtube.com/watch?v=N8iV_sWXz8w

[spacer height=”20px”]

Menção Honrosa: “Nasty Gal” – Betty Davis (1×03)

É claro que não poderia ficar de fora a música na belíssima voz de Betty Davis deste Mix Music, afinal se não fosse por ela, Sophia jamais escolheria o nome certo para sua empresa, empresa esta que daria muitos sucessos para a rebelde adulta. Nasty Gal é a cara da Sophia e da loja virtual mais Vintage de São Francisco!

https://www.youtube.com/watch?v=sQIRyjRSTNg

“A vida adulta é onde os sonhos vão para morrer”. (Sophia Malwore – Girlboss)

 

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.