Mix Retrospectiva: os melhores momentos da TV em 2016

Retrospectiva 2016

Continua após publicidade

2016 não foi nada fácil. Nada fácil mesmo. Geral querendo apagar as coisas ruins que aconteceram neste turbilhão de reviravoltas políticas, acidentes aéreos, mortes, separações…

Continua após a publicidade

Pensando nas expectativas para 2017, é hora de pararmos para refletir o que de fato aconteceu este ano. Pelo menos no mundo das séries. Será que vimos reflexo do exterior neste nosso mundinho? Nossa retrospectiva resgata as melhores e piores coisas deste ano, porque afinal, a gente quer logo pular 7 ondinhas e se livrar da urucubaca chamada 2016!

Continua após publicidade

Ah, fique atento, pois spoilers deste ano serão inevitáveis.

 

Continua após publicidade

2016… O ano das reuniões!

Se pudéssemos definir o ano de 2016 para as séries de TV, ele se chamaria “reuniões”. Muitas séries de TV se reuniram, sejam para novos episódios, ou para um encontro a fim de agradar os fãs. Logo em janeiro tivemos o retorno de Arquivo X, seguido de Fuller House na Netflix – que não só ganhou renovação como já exibiu sua segunda temporada neste mesmo ano.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

 

Mas nem só de revivais as reuniões de 2016 viveram. Um especial para o produtor James Burrows proporcionou a tão aguardada reunião de Friends – mesmo que sem Matthew Perry. Foi lindo vê-los novamente juntos. Além disso, o elenco de Will & Grace – que também participou do especial de Burrows, se uniu para um vídeo usado a favor de Hilarie Clinton na corrida presidencial dos Estados Unidos. Épico, define. Ah, além disso, os ex-companheiros de Two and a Half Men, Jon Cryer e Ashton Kutcher se esbarraram em The Ranch da Netflix. Os fãs piram!

Reuniões ComédiaAlgumas estrelas da comédia fizeram a festa para seus eternos fãs.

 

Os dramas não ficaram para trás. Teve reunião de E.R. em Law & Order:SVU, reencontro de Firefly em Castle, membros originais de The Flash aparecendo no remake da CW, rostos familiares de Parenthood em Gilmore Girls e uma surpreendente reunião de Mad Men em Last Man on Earth.

Dramas ReuionsMad Men, Parenthood e E.R. tiveram breves suspiros nestas pequenas reuniões em 2016.

 

A carteira de trabalho para alguns atores foi bem preenchida… 

Alguns rostos deram expedientes em 2016 de forma bem exaustiva. Alguns no bom sentido, outros… nem tanto! Sarah Paulson bateu sua cota de personagens neste ano, estando em produções como The People v. O.J. Simpson AHS: Roanoke; John Stamos encheu os bolsos com Grandfathered, Scream Queens, Galavant e Fuller House; Hugh Laurie estrelou a série Chance do Hulu, mas não sem participar de Veep e The Night Manager; Abigail Spencer passeou por Rectify e Timeless, enquanto Rob Lowe esteve em The Grinder e Code Black.

#SóPraQuemPode

 

As estrelas que estiveram em saturação na TV também incluem Gilliam Anderson, Sterling K. Brown, Kristen Bell, Jeffrey Dean Morgan, Paul Sparks entre outros… Haja FGTS.

 

Dizemos adeus à alguns personagens!

Não teve jeito. Em 2016 muitos personagens se despediram da suas séries de TV. Alguns, de maneiras um tanto trágicas…

Bethany Mayfair se depedidu na primeira temporada de Blindspot com uma surpreendente morte. O mesmo pode-se dizer de Tyler em The Vampire Diaries, Leonard Snart em DC’s Legends of Tomorrow, Henry Allen em The Flash, Vanessa Ives em Penny Dreadful!

Algumas mortes, entretanto, mexeram profundamente conosco. O que dizer do começo da temporada em The Walking Dead, em que tivemos duas baixas – Abraham e Gleen, com uma morte tristíssima.

Já algumas, até comemoramos. Quem não aguentava mais o Wes de How To Get Away With Murder, pode comemorar! Ou a Laurel Lance de Arrow… Se bem que, esta última, dividiu os fãs ao deixar o show.

Não podemos deixar de mencionar também algumas mortes que impactaram os fãs de tal forma que, foram discutidas por semanas: a de Hodor em Game of Thrones (hold the doooor), a de Norma Bates em Bates Motel, Pussey em Orange is the New Black! Choramos rios durante semanas…

Mortes 2016

Assim nossos corações não aguentam!

 

Também dizemos adeus à algumas estrelas!

Alguns nomes nos disseram adeus na vida real, para nossa tristeza. Pat Harrington Jr., George Gaynes, James Noble, Doris Roberts, Christina Grimmie, Michu Meszaros, Noel Neill, Steven Hill, Gene Wilder, Alexis Arquette, Robert Vaughn, Peter Vaughan, Joseph Mascolo, Alan Thicke são algumas das personalidades que foram estrelar as séries do andar lá de cima e deixarão saudades…

 

Cenas que não queríamos ter visto…

 

 

 

 

“Not the face! Not the face!”. Choramos ao ver o que Alex acabou fazendo com DeLucca em Grey’s Anatomy.

 

 

 

Piper sendo torturada na prisão em Orange is the New Black também não está entre os momentos que gostaríamos de rever.

 

 

 

 

Jamie não poderia ter matado Randall em seu duelo sangrento, mas ele certamente deixou sua marca em Outlander

 

 

 

Definitivamente não precisávamos ver alguns momentos de Vanessa durante seu tempo na clínica de reabilitação em Penny Dreadful.

 

 

 

 

Essa imagem fala por si só em Silicon Valley!

 

 

 

No instante em que ela foi pega pelo Demogorgon, nós nos perguntamos o que aconteceu com Barb – até que finalmente vimos o que aconteceu com ela no Upside-Down. Stranger Things nos marcou!

 

As cenas mais sexys de 2016…

Claro que 2016 teve seus bons momentos. E algumas cenas na TV marcaram o ápice da sensualidade de suas produções. Algumas leves, outras extravagantes… Teve cena intensa entre Cole e Cassie em 12 Monkeys,  Philip e Elizabeth Jennings nos presenteando com uma pegação ao som de Under Pressure, Meredith e Riggs fazendo algumas “bobeirinhas” no banco de trás do carro, no estacionamento (#quemnunca?) do hospital de Grey’s Anatomy… E o que dizer da primeira cena de Michonne e Rick, que foi bem intensa em The Walking Dead? E não precisava ter tido sexo para se qualificar como sensual. A cena entre Marcia e Darden foi maravilhosa de se assistir em American Crime Story…

 

Uma pergunta esfarrapada em Luke Cage, apenas para conseguir finalizar a noite: “Você quer tomar um café?”, “Eu não gosto de café.”, “Nem eu”. #Bingo.

 

Insecure, Outlander, You’re The Worst não ficaram para trás, e tiveram também cenas que marcaram o ano. Está sentindo um calorzinho?

 

2016 definitivamente não foi nada fácil…

…a prova disso foi o que alguns personagens das séries passaram!

Tyler de American Crime, por exemplo, foi estuprado pelo time de basquete e ainda não conseguiu convencer os diretores da escola de que o crime aconteceu. Já o Diggle de Arrow viu seu irmão dado como morto ressurgir e traí-lo pela H.I.V.E., causando a morte de Laurel. Pesado…

E o John de Bloodline, que passou 10 episódios tentando encobrir o assassinato de seu irmão, que poderia destruir toda a sua carreira como policial? Terminou a temporada como um quase fugitivo.

Mas se você acha que o ano deles não se compara ao seu, o que dizer do ano de Alex em Casual? O rapaz descobriu que sua ex-namorada ficou noiva de seu chefe, a conquistou de volta, e depois descobre que ela se mudou sem aviso prévio. Além disso precisou praticar eutanásia seu próprio pai. Esse sim tem motivos para lançar a hashtag #acabalogo2016!

E você aí achando o seu ano ruim…

 

No lado do #TGIT, a coisa ficou feia! O Alex de Grey’s Anatomy também não teve um 2016 nada legal. Foi acusado de agressão, perdeu o emprego no Grey + Sloan, foi realocado na Clínica Denny Duquette, descobriu que Jo tinha um marido abusivo e terminou o ano dizendo que ia aceitar um acordo para a prisão. Poxa Alex… E em How To Get Away With Murder? O ano da Annalise só não foi mais ferrado que o do Frank, que foi forçado a fugir após atirar no pai biológico do Wes, foi rejeitado por Boonie após eles dormirem juntos e ainda tentou se matar na frente de Anne – que o encorajou.

2016 ShondaEsse 2016 foi a cara da Shonda!

 

Gente e o ano do Barry em The Flash? Esse sim coitado, foi complicado! O rapaz viu a namorada Patty ser baleada, teve o pai de volta à Central City – apenas para ser morto por Zoom, criou o Flashpoint para salvar sua mãe, viu sua mãe ser morta novamente e, quando voltou para a realidade normal, viu uma série de mudanças acontecerem. Wow. Ah, quer mais? Sua namorada Iris foi assassinada no Natal. É, já podemos pular pro próximo tópico.

Alô? Dá pra apagar 2016?

 

Mas também tivemos sorrisos!

funniest-moments-splitNem só de tragédias e tristezas 2016 foi feito. Tivemos na volta de Gilmore Girls ótimas cenas, como o “ooober” de Kirk e a cena maravilhosa de Paris no Banheiro. Em The Walking Dead, a cena de Carol sendo introduzida ao Rei Ezekiel foi engraçadíssima.

A caxumba em Brooklyn 99 ou o momento em que Jimmy tenta descrever um ato sexual chamado “Sapateiro” em Better Call Saul, também estão dentre os momentos icônicos do humor.

 

Segura esses Plot Twists #OMG…

2016 foi turbulento também para as histórias das séries de TV. Foi uma reviravolta atrás da outra, fazendo qualquer fã com problemas de coração ter mini-infartos a cada momento #OMG!

Se em The Americans Martha foi enviada para a Rússia – e não foi morta, Laurel acabou “voltando” dos mortos na finale de Arrow. Espera, mas será que é ela?

Os momentos finais da temporada de Bates Motel foram eletrizantes, mas ninguém esperava que a morte de Norma fosse acontecer no ano 04 – e ainda no penúltimo episódio. Nem com a season finale processamos tudo isso.

Retrospectiva
Suas expressões me representa!

Em The Flash, Savitar matou Iris, em Game of Thrones a Melisandre apareceu velha, e em Grey’s Anatomy a Jo revelou ser casada! Wow, um tiro doeria menos.

E o que dizer do tiroteio em House of Cards, que acabou matando Meechum? Foi eletrizante e surpreendente. Os momentos finais da Fall Finale de How To Get Away With Murder também deixou o público apavorado. Afinal, descobrir que era Wes por baixo do lençol não foi nada fácil. Em NCIS, DiNozzo descobriu ser pai da filha de Ziva e em Supernatural a “mama” Winchester voltou.

Ah, e em This is Us? Vai me dizer que a revelação das múltiplas linhas do tempo não foi chocante? Não tanto quanto o mesmo plot twist em Westworld ou a revelação de que Bernard é um anfitrião. E sim, tem as quatro palavras finais de Gilmore Girls que destruiu todo um fandom e dividiu opiniões…

 

SEGURA ESSA MARIMBA!

 

Caramba, quanta coisa. É de tirar o fôlego algumas destas recordações. Um ano que vai entrar para a história. Se vai deixar saudades? Não sabemos. Mas bora logo para 2017 para evitar maiores transtornos e esperar um ano menos tumultuado?