Mix UK – My Mad Fat Diary

My Mad Fat Diary

O Mix UK de hoje vai mostrar uma série teen diferente de qualquer outra que você já viu.

My Mad Fat Diary é um show teen do canal E4, que tem como segmento o melodrama com boas pitadas de humor e momentos brilhantes. A terra da rainha dificilmente decepciona na área televisiva, demonstrando características diferentes das produções americanas e isso é muito notável em My Mad Fat Diary, o que veremos no decorrer do texto.

Continua após a publicidade

Para começar, a série é situada no ano de 1996, o que já deixa tudo bem mais interessante, principalmente, por mostrar a cultura britânica nessa época. O enredo do seriado acompanha a vida de Rae (Sharon Rooney), uma jovem obesa de 16 anos, que vive em Lincolnshire com sua mãe (Claire Rushbrook). Recém saída de um hospital psiquiátrico, ela se vê jogada em um mundo no qual não se sente à vontade. Até encontrar Chloe (Jodie Comer), uma jovem que não conhece o passado da protagonista e assim acaba por apresentar Rae a sua turma,  que a aceita, cada qual da sua maneira, embora em algumas vezes ela se sinta deslocada.

Os novos amigos de Rae são: Izzy (Ciara Baxendale), a mais ingênua de todos; Chop (Jordan Murphy), o sem noção; Finn (Nico Mirallegro),  mal humor e exagerado nas brincadeiras. E por fim, Archie (Dan Cohen), o geek assumido, porém, considerado o galã.

A identificação é rápida com o roteiro, afinal o foco principal é tratar sobre os padrões de beleza impostos pela sociedade, como nos aceitarmos e, até,  como lidar com a opinião alheia. E, bom, todo mundo vai encontrar pelo menos uma situação pela qual já passou, já que ninguém se aceita do jeito que é…ainda mais quando se fala da adolescência.

A série possui um humor muito bom, porém o drama na série é levado a sério. Por mais que seja um clichê esse assunto do drama que as pessoas obesas passam, a série consegue tratar de um jeito diferente. As cenas são bem fortes no momento que a personagem pensa sobre seu corpo, mostrando com uma certa genialidade os desejos dela, por exemplo na cena que ela imagina abrindo um zíper em sua pele e ficando magra. Simplesmente brilhante!

My-Mad-Fat-Diary-1x02

A série é narrada pela protagonista, sendo este outro ponto forte. A atriz Sharon Rooney é apenas sensacional. A atuação dela é excelente e sua narração é hilária. Enquanto ela fala, desenhos aparecem na tela, o que diverte muito o telespectador.

Outra relação interessante mostrada no show é entre Rae e seu terapeuta, o Dr. Kassar (Shazad Latif), que tem ótimos diálogos com a jovem, bem construídos, que geram boas discussões sobre os problemas que os jovens enfrentam. Ele aparece pouco, porém, sempre quando dá o ar da graça é em alguma cena marcante. A série também foca em outros dois personagens, dentro do hospital psiquiátrico, que sempre proporciona cenas tocantes.

 E como sempre nas séries britânicas, não poderia faltar uma boa trilha sonora. Em My Mad Fat Diary, a trilha sonora é incrível com músicas como “Fade Into You” (Stumbreine Feat. Steffaloo), “A Night Like This” (Caro Emerald), “Fake Plastic Trees” (Radiohead), “It’s Oh So Quiet” (Björk), “Friday I’m In Love” (The Cure), entre outras.

My Mad Fat Diary é aquela série super gostosa de assistir e consegue te prender no drama da vida da personagem principal. O humor alivia um pouco a tensão, deixando a série super agradável. Até o momento são apenas duas temporadas exibidas, totalizando 13 episódios. A terceira temporada foi confirmada e deve ser exibida somente no ano que vem.

My Mad Fat Diary é mais uma produção britânica muito bem feita, com um tema atual, porém que sempre existiu na sociedade. Tenho certeza que irá te fazer rir muito. Não perca tempo e veja agora mesmo essa série incrível.

Não esqueça pessoal de comentar, pois o seu comentário é muito importante. Diga abaixo o que você achou do seriado, caso já tenha visto. Até a próxima.

Uma parceria que irá conquistar você. Veja mais no Portal Conquistadores.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Tainara H. 23 maio, 2014 at 02:56 Responder

    Amo essa série, parece que foi feita pra mim. Se eu pudesse escolher um lugar e uma época para viver seria na Inglaterra dos anos 90, a minha banda preferida – Oasis – é a que mais toca na série, além de outras das quais sou fã, como Blur, Smiths, Radiohead, ou seja, Rae é a minha alma gêmea musical e por esse e outros motivos eu me apaixonei pela série logo no piloto. Além de que é impossível não se identificar com ao menos um dos problemas da Rae ou dos outros personagens, que são todos ótimos, aliás. Já estou sofrendo com a possibilidade de não ter terceira temporada.

Post a new comment