Modern Family – 8×12 – Do You Believe in Magic?

Imagem: Arquivo pessoal

“Ele roubou um banco e fez 18 de reféns.”

Mais um episódio de datas comemorativas em Modern Family e com ele mais uma decepção? “Do You Believe in Magic?” (8×12) passou muito longe de ser um grandioso episódio, mas teve seus momentos e uma leva de participações. E, o que parece ter se tornado inevitável, os seus problemas.

Mas aqui tivemos um problema sério e a começar por ele, cadê os momentos de maior afeto entre Cam e Mitch? Há sempre algo que os tira do foco do romance, fica uma sensação de que eles estão ali para cumprir um tipo de cota na trama, apenas para reforçar a alcunha de família moderna. Essa é dura impressão. Ainda mais quando se joga todo uma carga de romance e gestos de amor para Phi e Claire. É um questionamento válido, compreendem?

O problema não está na participação de Elizabeth Banks e sua tresloucada Sal, sempre maravilhosa e ácida. Ela e o pequeno Sammy foram pontos alto do episódio. A questão aqui está no momento em que ela se deu, interrompendo os planos de dias dos namorados de Cam e Mitch. Ainda mais se pensarmos que rolou todo um discurso sobre empoderamento feminino, sobre mulheres se posicionarem diante de uma falta de respeito, e aí colocam os personagens gays como caricaturas que não têm direito a curtir os planos para o dia dos namorados, são apenas profundos conhecedores da alma feminina, sem sê-lo, cuja função é resguardar e agradar as mulheres a sua volta.

Para o lado dos que tiveram a chance de curtir o dia dos namorados, Phil e Claire formam um casal que é meta de vida. Confesso que fiquei com certa pena dele diante de tantos gestos amorosos não correspondidos, mas ao mesmo tempo torcendo o nariz por terem justificado o descaso de Claire com o trabalho. Tudo truque! Aquela sacada do relógio que dá corda  com o girar do pulso foi muito boa e ainda tivemos a participação do conquistador Clive Bixby.

Quem se arranjou foi Alex e eu curti o lance do admirador secreto e o fato de darem continuidade a esse lado pegador dela. Só convenhamos que foi bem perturbador Ben ter uma foto de Alex na gaveta, ? Já Hailey teve uma trama um tanto quanto fraca e aparição de Nathan Fillion foi uma ponta bem mais ou menos.

Agora o grande trunfo do episódio ficou a cargo da família Pritchett-Delgado e mais uma vez tivemos Gloria e o pequeno Joe brilhando em suas tramas. Até que enfim abordaram o modo como Jay trata e recebe Joe e Manny. Muito complicado criar uma criança tão sagaz quanto Joe replicando as opiniões e percepções machista de Joe e ainda bem que Gloria esteve ali  para bater de frente com o problema. Não há nada de fofo em uma criança dando uma lingerie à professora e à coleguinha de sala, do mesmo modo que não há graça na repressão da sensibilidade de um adolescente (por mais chato que Manny esteja). Gloria, eu te amei muito neste episódio!

Melina Galante

Melina Galante

Produtora e realizadora audiovisual, no momento em processo acadêmico. 99% seriadora com aquele 1% noveleira. Divide as fases da vida em Buffy, a Caça-Vampiros, Gilmore Girls e Grey's Anatomy. Sua menina dos olhos, porém, é Penny Dreadful. No Mix de Séries escreve as reviews de Modern Family, Orange is the New Black, Scandal e o que vier.

No comments

Add yours