Modern Family – 8×19 – Frank’s Wedding

Imagem: Arquivo Pessoal

“Às vezes a vida pode ser mais simples do pensamos.”

Ok, “Frank’s Wedding” (8×19) foi mais um fraco episódio dessa sofrida oitava temporada, mas ele até  que trouxe uma mensagem bacana sobre a  segurança de ter uma família que estará lá por você,  não importa o que aconteça.  Talvez seja possível até fazer um paralelo com a comodidade que nos leva a assistir semana após semana uma sitcom que há muito perdeu a mão. É um certo tipo de consolo saber que temos o clã Pritchett-Delgado-Duphy-Tucker semana a semana, afinal, estamos há oito anos os acompanhando.

Pois bem, tivemos três trama paralelas se desenrolando, cada qual sobre um núcleo da família. A princípio, senti um desequilíbrio no tempo de tela de cada uma delas, impressão que depois se desfez com o próprio caminhar do episódio. Começando pelo núcleo do Dunphys, embarcamos com os cinco naquela vibe dos anos 20. Se não conhecêssemos Phill e seu pai, teríamos lidado com tudo do mesmo jeito que sua família lidou. Que dó senti dele ao vê-lo tão cabisbaixo, forçando-se a esconder sua essência pastelão e a de seu pai. Só que como a palavra da vez é família, é claro que tudo daria certo no final, dando vontade de estar no casamento.

Se é sobre família, que ela esteja completa! Então, Pam foi fazer uma visitinha ao irmão, rendendo os melhores momentos do episódio com Mitch falando sem dizer nada só para não se meter nas enrascadas entre Cam e Pam ou Pam e Cam, como queira. Estratégia que durou enquanto deu, pois não demorou para Pam desforrar em Mitch suas frustrações e desesperos, tudo potencializado por uma gravidez não divulgada. Meio bizarra a cena em que Pam entra em trabalho de parto, passando por uma processo animalização, como se estivesse na fazenda no Missouri. Piada mal trabalhada, é verdade.

Enquanto isso, Joe enfrentava problemas com supostos monstros que na verdade eram Manny e sua excentricidade de um jovem fora do padrão. Excelente a cena em que Gloria descobre a mentira do filho mais velho e o obriga a mostrar os passos de dança, além, é claro, de tirar o que ele mais queria, a ida à livraria numa noite de escola. Na mesma casa, Jay passou o episódio inteiro se vangloriando de não ser mais requisitado, até usando disso para elaborar planos engenhosos,  para só depois de muito perceber o que estava perdendo. Ponto esse que vai ao encontro da postura excessivamente carrancuda do personagem ao longo da temporada.

No fim das contas, um episódio que tendeu mais para fofura do que para o cômico. Deixamos passar.

Melina Galante

Melina Galante

Produtora e realizadora audiovisual, no momento em processo acadêmico. 99% seriadora com aquele 1% noveleira. Divide as fases da vida em Buffy, a Caça-Vampiros, Gilmore Girls e Grey's Anatomy. Sua menina dos olhos, porém, é Penny Dreadful. No Mix de Séries escreve as reviews de Modern Family, Orange is the New Black, Scandal e o que vier.

No comments

Add yours