Mom – 3×12 – Diabetic Lesbians and a Blushing Bride

Imagem: CBS/Divulgação

Imagem: CBS/Divulgação

Continua após as recomendações

 

Eu acho incrível como Mom consegue ser tão extrema numa série só, e em questão de segundos. Como ela consegue variar da comédia para o drama de forma tão ágil, que nos deixa até perplexo.

Continua após a publicidade

Depois de muito tempo sem aparecer, Jodi finalmente retornou e aparentemente as coisas estão fluindo bem. Ela entrou de uma forma que pudesse ser notório a evolução de Christy como madrinha de alguém do grupo de AA, por mais que Jill tenha sido sua primeira “afilhada”. A cada passo e progresso, dava gosto de ver a garota sempre caminhando positivamente mais e mais.

Por mais que a proposta do episódio fosse focado totalmente no casamento de Marjorie, foi a história da garota que teve mais destaque, mesmo sendo tratada indiretamente como secundária. Com seis meses de sobriedade, ela estava relacionando com um garoto que começou a ficar sóbrio tinha pouco tempo, algo semelhante que estava prestes a acontecer com Christy semana passada em relação a Julian. Se ela, que está há quase três anos sóbria não sabia que era cedo demais para ele engatar algo mais sério, não seria a jovem estando apenas alguns meses limpa que faria isso.

Imagem: CBS/Divulgação

Imagem: CBS/Divulgação

A despedida de Marjorie foi espetacular, e aquela cunhada dela assim que entrou em cena eu já tive uma crise de risos. E aquele jogo onde revelava as histórias do passado da personagem? Cada revelação era um choque para a beata, e isso quase fez cancelar seu casamento. Imagina se ela não subisse ao alter? As Plunkett talvez voltariam a ter uma grande dor de cabeça com Victor por conta da dívida que nossa protagonista ainda tem com ele dos tempos em que morava na outra casa.

O ápice de parte humorística foi com certeza Bonnie e Christy indo ao casamento da amiga delas, tentando convencer a beata rabugenta de ir até o casamento do irmão. O que foi elas deixando-a totalmente bêbada? É claro que a entrada delas na cerimônia não podia ter sido melhor.

Tudo estava tão perfeito e leve, quando de repente aquela carga dramática que só Mom tem veio nos instantes finais, quando Christy recebe a ligação de um policial, comunicando a morte de Jodi, devido a uma overdose de heroína. Eu juro para vocês que entrei em choque, mesmo tendo pego spoiler disso mais cedo. Mas algo já estava estranho com a jovem no começo do episódio, e mesmo se eu não tivesse descoberto isso antes do episódio, algo relacionado a isso com certeza eu iria supor, mas não que ela morreria. O fato vai render um plot twist interessante no próximo episódio, pois isso vai render, e não quero nem imaginar a reação de Marjorie quando descobrir isso. A morte da Jodi, mesmo tendo sido abordado mais para o final do episódio, foi mais impactante e chocante para mim do que de Alvin na temporada passada, pois ela tinha problema com drogas e a série fez questão de esfregar na nossa cara que nem sempre a vitória contra essa difícil batalha é certeza, infelizmente.

Emily Blunt se despede em triste e grande estilo dessa maravilhosa e complexa personagem. Sabíamos que ela não ficaria muito tempo na história por conta de seu trabalho em Young & Hungry, mas ninguém esperava esse desfecho tão trágico. Ah sim, palmas lentas e de pé para Anna Faris, que se sobressaiu e deu um show de interpretação nos minutos finais, quando a morte da jovem é anunciada.

Nenhum comentário

Adicione o seu

Tags Mom