Mr. Robot – 1×04 – eps1.3_da3m0ns.mp4

313399
Imagem: Banco de Séries

 

Continua após publicidade

“Só sei que nada sei”. Frase célebre de Sócrates que resume bem o episódio 4 de Mr. Robot. O eps1.3_da3m0ns.mp4 (adoro os nomes dos episódios de Mr. Robot, são muito criativos) deu uma verdadeira aula de como se construir uma narrativa e nos ensinou a fórmula perfeita de como confundir o público, mas fazer com que nós não consigamos para de assisti-lo. Além disso, esse episódio foi lindo, magistral, surreal e confuso, sem ser pedante.

Continua após a publicidade

Acho que devo dar múltiplos parabéns a Rami Malek. É inimaginável pensarmos em outro ator para o personagem porque parece que Elliot foi escrito pensando nele. Malek entrou no personagem de tal forma que torcemos, amamos, sentimos pena do protagonista, apesar de estar infringindo as leis, e compramos a ideia de que Elliot existe. Conforme já disse outrora, Elliot é anti-herói pelo fato de se não encaixar no herói clássico da forma como conhecemos.

Continua após publicidade

As minhas suspeitas de que Mr. Robot não é real está se confirmando a cada episódio. Reparamos que ninguém socializa com ele, só Elliot. Na cena da discussão na fsociety, Mr Robot estava ali, só observando, mas não se interagia com ninguém. Por que ele não deu palpites em como resolver a situação? Porque ele não existe e, portanto, não pode executar uma ação dessas.

Quando falamos em elementos surreais é impossível não lembrarmos David Lynch. Para quem não conhece, é um diretor de origem americana cujos filmes têm o seu próprio selo: Lynchiano pelo fato deles abordarem o tema do sonho, do surrealismo, do místico, do nonsense, daquilo que não faz sentido. Qualquer semelhança dessas características com este episódio da série não são meras coincidências. Toda aquela sequência do Elliot delirando devido à abstinência da morfina foi fruto da sua imaginação, algo semelhante que Lynch fez em Veludo Azul, por exemplo. Como não amar uma série que faz referência aos meus diretores favoritos: David Lynch e Michael Haneke? Sério, é muito amor <3.

Continua após publicidade

Aliás, vejo muitas pessoas associarem a série com Clube da Luta. Eu já vi o filme, mas era muito pequena quando vi e não lembro de muita coisa. Terei que rever para entender as tais referências.

Com essas tantas referências, portanto, Mr. Robot entra facilmente no hall de melhores séries atuais e para mim se consolida como a melhor estreia da summer season (Sim, Mr. Robot é melhor que Sense8 hahaha)

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!