Mr. Robot – 2×03 – eps2.1_k3rnel-pan1c.ksd

Mr-Robot-Season-2-Episode-3-36-128c

Imagem: recapguide.com

Retirei do comentário do Banco de Séries, a fala magistral do Elliot sobre a intolerância religiosa e as tais guerras declaradas em nome de Deus:

Continua após a publicidade

‘”É isso que Deus faz? Ele ajuda? Diga-me. Por que Deus não ajudou meu amigo inocente que morreu sem motivo, enquanto o culpado está livre? Certo, tudo bem. Esqueça os casos individuais. E as inúmeras guerras declaradas em nome Dele? Certo, tudo bem. Vamos pular os assassinatos por um segundo, podemos? Que tal a sopa de fobia racista e sexista em que estamos nos afogando por causa Dele? E não estou falando só de Jesus. Estou falando de todas as religiões organizadas. Grupos exclusivos criados para controlar. Um traficante fazendo as pessoas se drogarem na esperança. Seus seguidores são viciados que querem sua dose de mentira para manterem sua dopamina de ignorância. Viciados com medo de acreditarem na verdade, de que não há ordem, não há poder. Que todas as religiões estão fazendo a metástase de vermes mentais para nos dividirem, para ser mais fácil de sermos dominados pelos charlatões que querem nos controlar. Somos apenas consumidores para eles de suas ficções científicas pessimamente escritas. Se eu não escuto meu amigo imaginário, por que caralhos eu devia escutar o de vocês? As pessoas acham que suas adorações são alguma chave para a felicidade. É assim que Ele ganha você. Nem eu sou tão louco para acreditar nessa distorção da realidade. Então Deus que se foda. Ele não é um bode expiatório bom o suficiente para mim.”‘

Esse monólogo acima é de uma profundidade sem tamanho porque Elliot Alderson conseguiu resumir bem o que está acontecendo no mundo hoje. A intolerância religiosa e essas guerras não têm um propósito, a não ser matar pessoas inocentes e incitar o ódio e o medo nas pessoas. Essa fala do personagem é uma grande crítica a esse mundo torto que vivemos e é por isso que ele é magistral. Para mim, entra no seleto grupo de uma das melhores diálogos do mundo das séries.

Venho acompanhando na internet as diversas teorias sobre essa segunda temporada. Uma delas menciona que o Elliot está preso, mais especificamente num manicômio. Isso explicaria o porquê da sua irmã, Darlene, estar à frente da fsociety como também essa rotina do Elliot que aparente ser muito certinha. Repararam que são sempre as mesmas cenas e situações? Alderson acorda, depois vai à praça ver o jogo de basquete, almoça com seu amigo, que provavelmente seja imaginário, e por último, Elliot vai à reunião da igreja. Perceberam que as situações se repetem? É sempre a mesma coisa. Portanto, essas cenas do Elliot podem ser frutos da imaginação do Elliot e se isso se confirmar seria muito incrível!!! Aliás Darlene disse para o seu amigo da fsociety que iria visitar o Elliot. Mas por que ela iria visitar seu irmão?! Ela utilizou o verbo visitar que tem um sentido de ir ao encontro de uma pessoa onde essa mesma se encontra. Por que Darlene tem que ir ao encontro do Elliot e não Elliot ir ao encontro da irmã? Fica aí o questionamento.

Uma outra pista de que Elliot esteja num manicômio é a cena em que ele vomita os medicamentos. Para mim, parece que ele vomitou, ou seja, teve algum tipo de reação aos remédios que ele tomou. Essa cena me deu agonia do início ao fim. Senti muita pena do Elliot porque ele não está bem e isso é perfeitamente visível.

Se na primeira temporada, o outro eu do Elliot (Mr. Robot) era o grande aliado de Elliot, o grande incentivador do dele, nessa segunda temporada, o Mr. Robot é uma “persona non grata”, a quem Elliot luta constantemente para livrar de sua mente. Sendo que ele não consegue e é nesse momento que Elliot se sente mal e tem as suas crises. Vimos a alegria de Elliot quando Mr. Robot se vai (“He’s gone” Elliot fala o tempo todo, vibrando). Sendo que para isso, Elliot precisa se submeter a calmantes para esquecê-lo, o que trazem consequências para ele como noites sem dormir, agitação e vômitos devido a esse uso. Quando o efeito passa, Mr. Robot volta a cena.

Essa segunda temporada está destruindo forninhos, como sempre, com muito mais teorias bizarras para bugarem a nossa mente e logicamente, nós amamos isso!

Só alguns adendos:

P.S.1: Angela tá muito avulsa nessa temporada, gostava dela na primeira e não vejo nenhuma utilidade desse plot dela que, por sinal, tá bem confuso
P.S.2: Alexa is the new Samantha?! Amei essa pequena referência ao filme Her (Ela)
P.S.3: Ray seria seu psquiatra?
P.S.4: Com a descoberta da Dominique sobre a sede da fsociety, será que os integrantes serão descobertos?

Essas perguntas podem ser respondidas até o final desta temporada (ou não! HAHAHA).

Tags Mr. Robot
Daniele Duarte

Daniele Duarte

Carioca da gema, amante de literatura clássica. Machado de Assis é o seu autor favorito. O tríade de melhores séries são Six Feet Under, Breaking Bad e Sherlock . Séries inglesas também faz parte da sua grade de séries. Ela é a pessoa que chora rios com a series finale de SFU.

No comments

Add yours