NCIS: Los Angeles conquista 250 episódios e questiona se “é hora de parar?”

NCIS Los Angeles 250 episódios

NCIS: Los Angeles conquista importante marca

O sol está rachando no céu, os óculos escuros estão nos rostos e é hora do episódio 250 de NCIS: Los Angeles.

A veterana série policial de sucesso alcançou a exibição de 250 episódios no último domingo (01) nos EUA, e lançou uma pergunta que pode ter impactado os fãs. Após onze temporadas, seria esta a hora de parar?

Bem, que o sucesso de NCIS: LA existe, todo mundo sabe. A série é uma das mais assistidas lá fora na CBS, e aqui no Brasil faz muito sucesso com inéditos no A&E, assim como as reprises no AXN. Mas a história do episódio especial fez os personagens, principalmente Hetty (Linda Hunt), se questionarem sobre até onde eles devem ir com este trabalho.

Uma ameaça familiar que faz refletir

O episódio tem como tema as falhas, focando em um conflito na vida de Hetty, que acaba recaindo sobre toda a equipe. Na trama, vemos Ahkos Laos (Carl Beukes), o auto-proclamado “caído”, um garoto que ela adotou e treinou e depois foi usado pelos militares, que busca vingança.

Continua após a publicidade

“Ele estava apenas… procurando as mesmas coisas que todos nós procuramos”, ela diz a sua equipe, em determinada passagem. “Uma casa, uma identidade, algo para manter a escuridão à distância.”.

E como ele compartilha, o rapaz a culpa pelo que aconteceu depois que ele foi tirado dela, e pelas vidas que ele tirou. Ela tenta se desculpar, mas ele não quer ouvir. “Essa vida nos dá um propósito e ideais para vivermos em troca e é isso que damos ao mundo“, ela oferece como explicação, mas ele vê isso como apenas uma das “mentiras que você conta para pacificar os demônios que você criou“.

ATENÇÃO – SPOILERS DO EPISÓDIO DE NCIS: LOS ANGELES A PARTIR DAQUI

Por causa do que eles fizeram, e isso inclui todos os membros da equipe, Ahkos acha que eles devem à humanidade “uma dívida que só pode ser paga com o nosso sangue”, mas antes que ele possa matar o homem que vê como seu “irmão”, Callen, Hetty o esfaqueia e o segura enquanto ele morre.

Depois, Hetty lamenta que ela não tenha protegido Ahkos de si mesma. “Como você instila a moralidade quando você nem tem certeza se ainda tem a sua? Ele estava certo sobre uma coisa: eu falhei com ele“, ela diz a Callen antes de admitir que está preocupada “essa não é a vida para você ou talvez qualquer um de nós. Bem como,

Ele garante que ela não falhou com ele ou com os outros, mas ela não tem tanta certeza. “Eu me preocupo que já tenha, Sr. Callen, e estamos apenas esperando que os centavos caiam“, diz Hetty. Além disso,

O futuro da história. Todavia, completo.

A equipe questionou os métodos de Hetty algumas vezes ao longo dos anos; mais recentemente, Nell (Renée Felice Smith) confrontou o gerente de operações quando a missão clandestina de Eric (Barrett Foa) foi para outro lado. Ela até observa “é isso que acontece quando você tenta brincar de Deus na vida daqueles a quem diz amar“, sugerindo que o conflito com Hetty não acabou.

Mas se há uma coisa que está clara, é que Hetty se importa com quem ela treina, mesmo que isso signifique fazer o necessário para realizar o trabalho – especialmente de maneiras que seu time possa discordar. E talvez seja a hora de nós – e Hetty – refletirmos se eles irão durar muito tempo fazendo o que estão acostumados, do jeito que estão acostumados. O que torna o futuro da história incerto.

Também seria o momento certo para o resto da equipe refletir. Sam (LL Cool J) perguntou a Callen por que ele faz esse trabalho, e Callen teve problemas em responder. Kensi (Daniela Ruah) e Deeks (Eric Christian Olsen) estão discutindo sobre ter filhos e, como destacaram suas conversas anteriores sobre o tema, eles não sabem se podem fazer isso e continuar na linha de trabalho. Nell está brava com Hetty pela maneira como lidou com a missão de Eric, enquanto Eric provavelmente será afetado pelo que aconteceu com ele durante tal.

Imagem: CBS/Divulgação

Por que eles não veem como pode ser a vida – de uma maneira positiva – depois disso tudo? Além disso,

O que vai acontecer? Todavia, completo.

Claro, você pode considerar a equipe de NCIS:LA como um dos sucessos da vida de Hetty, mas como ela sente que falhou com eles, poderia alguém em uma posição semelhante a Ahkos – alguém cuja vida ela não fez parte dos últimos anos – convencê-la do contrário?

Bem, de qualquer forma, o episódio em si brindou uma trajetória de sucesso, colocando bastante emoção em algo tão significativo para os fãs. Além disso, NCIS: LA não demonstra perder o fôlego, o que faz disso apenas uma trama para que os personagens reflitam sobre os rumos de sua vida. Mas poderia ser este um gancho interessante para traçarmos o final da série? Bem, só o tempo dirá…

Neste “Parabéns” para NCIS: Los Angeles, qual sua opinião? A série merece continuar na ativa? Deixem nos comentários…

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

3 comments

Add yours
  1. Avatar
    NAGELE CAMPOS 4 dezembro, 2019 at 19:06 Responder

    Não creio que cancelem a série, mas sim que a Linda Hunt deixe a série por não ter mais saúde para a correria das gravações. Ela está com 74 anos!

  2. Avatar
    Anderson 5 dezembro, 2019 at 09:38 Responder

    Não acho que seja hora de chegar ao final da série curto todas as séries de NCIS, infelizmente a idade chega pra todos Linda Hunt pode fazer breves participações não puxando a carga horária de gravações. 250 episódios ainda é cedo pra partir. Aprendi a assistir séries com NCIS curto muito espero que não acabe.

  3. Avatar
    PAULO ANTONIO SAEGER FILHO 6 dezembro, 2019 at 14:55 Responder

    Certamente,além de ser uma das melhores séries atualmente,junto com NCIS ,sentiríamos falta festa equipe maravilhosa,e das tiradinhas da Betty,que dá uma cor especial a série

Post a new comment