Netflix continua forte na batalha contra a Apple

Imagem: Pixabay.com

A batalha entre estes dois gigantes do entretenimento para criar as melhores séries

A Apple planeja oferecer conteúdo gratuito…

Depois que a Apple anunciou sua intenção de entrar no mercado de televisão por assinatura no ano passado, surgiram várias especulações de que a Apple poderia comprar a Netflix.

Isso porque a empresa mais valiosa do mundo, avaliada em US$ 182 bilhões segundo a Forbes, decidiu entrar integralmente no mercado de produção de conteúdo, conforme anunciado pelo site de tecnologia do UOL, questionando se o futuro da Apple, seria produzir séries de TV e lançar discos, deixando de lado os smartphones e computadores portáteis.

A notícia tornou-se mais importante, quando grandes personalidades foram contratadas, como a apresentadora de TV, Oprah Winfrey, o diretor vencedor do prêmio Oscar pelo filme de 2016 La La Land, Damien Chazelle, e o escritor e produtor de terror e suspense M. Night Shyamalan, para desenvolver futuros projetos exclusivos para usuários da Apple.

Apesar de que novos contratos estão sendo assinados dentro da Apple, e que sua oferta continua a crescer, a Netflix não reduz a sua projeção, e leva a batalha da criação de conteúdo a um ponto onde poderia até chegar às páginas de apostas esportivas, a fim de ver quem será vitorioso nessa luta do conteúdo por streaming na Internet.

Segundo o site de notícias norte-americano CNBC, a Apple planeja oferecer gratuitamente todo esse novo conteúdo para seus assinantes, como uma estratégia para atrair mais usuários para sua plataforma, aplicando a mesma estratégia da Amazon, e sua plataforma Amazon Prime Video, que oferece conteúdo gratuito aos usuários de seu serviço de compras online.

A resposta da Netflix

Apesar do fato de que o número de novos assinantes da Netflix não excedeu suas expectativas de crescimento no segundo trimestre de 2018, a empresa de streaming online não enfrenta um momento ruim.

Isso se deve ao fato de já ultrapassar os 118 milhões de assinantes e, como mostra o site O Globo, a Netflix anunciou que vai comprar um estúdio de produção no Novo México, nos Estados Unidos, criando mil novos postos de trabalho por ano, e fazendo um investimento de US$ 1 bilhão para novas produções nos próximos 10 anos.

Ao comprar o seu próprio estúdio de produção nos Estados Unidos, que consiste em oito locais de filmagem, a Netflix vai aumentar a sua oferta de conteúdos, e terá de produzir mais facilmente, reduzindo os custos de usar locais externos.

Além disso, a Netflix contará com o apoio do estado do Novo México e da cidade de Albuquerque, uma vez que receberá US$ 14 milhões em investimentos de parte deles.

Imagem: Pexels.com

A batalha entre a Apple e a Netflix para garantir uma posição como líder do mercado de streaming por assinatura deixou por trás outras plataformas, como Amazon Prime Video, Hulu e até o próprio YouTube, entanto que as ideias originais e a criação de conteúdo que mantenham o interesse dos espectadores adquire cada vez mais importância para definir o vencedor.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours