Netflix lançará duas novas séries documentais sobre crimes reais em 2018

Imagem: Netflix/Divulgação

Continua após as recomendações

Seguindo o enorme sucesso feito por Making a Murderer em 2016, e The Keepers, em 2017, a Netflix continua investindo na produção de séries documentais sobre grandes crimes reais.

A empresa divulgou nesta quinta-feira, 14, que mais duas novas séries documentais irão estrear no catálogo do serviço de streaming já em janeiro de 2018.

Continua após a publicidade

O primeiro lançamento será Rotten, produção que mostrará o mundo da culinária de uma forma nada divertida. A série exibirá os bastidores da indústria de produção alimentícia, expondo problemas como corrupção, desperdício e as sérias consequências dos nossos hábitos alimentares no dia a dia.

Serão analisados pratos caseiros e refeições servidas em franquias presentes no mundo inteiro, a fim de explicar como os processos de regulação, inovação e a ganância podem contribuir para a experiência gastronômica.

Os episódios de Rotten prometem examinar empresas de mel, amendoim, alho, frango, leite e peixe para revelar fatos que nós não conhecemos sobre os alimentos que ingerimos.  A série documental chega ao catálogo da Netflix já na primeira semana de 2018, no dia 5 de janeiro, e vocês já podem conferir o trailer a seguir:

O segundo lançamento da Netflix é assinado pelo diretor vencedor do Oscar de Melhor Documentário de 2008, por Um Táxi Para a Escuridão, Alex Gibney. Dirty Money é um documentário investigativo e abordará escândalos do mundo dos negócios. Cada episódio exibirá histórias inéditas através da perspectiva das vítimas e das empresas acusadas.

A novidade da plataforma de streaming irá expor detalhes sobre grandes empresas mundiais, incluindo a Trump, Inc, o conglomerado de empresas do atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A  Volkswagen e a HSBC também estarão na série. Entre as histórias que serão abordadas estão: o caso de uma empresa de crédito consignado realizou milhões de pequenos empréstimos a juros inflacionados e regras pouco esclarecidas; o golpe envolvendo uma empresa do ramo farmacêutico que praticamente impossibilitou que milhões de pessoas adquirissem remédios importantes; e o escândalo canadense no qual $20 milhões de dólares em xarope simplesmente desapareceram, revelando depois uma batalhe entre os criadores e os cartéis.

Dirty Money chega à Netflix no dia 26 de janeiro.

Fonte: THR

Italo Marciel

Italo Marciel

Cearense, 28 anos. Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação. Viciado em séries desde que se entende por gente e apaixonado por cinema. O cara que fica feliz em indicar uma boa série ou um bom filme para os amigos.

No comments

Add yours