Netflix resolveu o problema mais idiota do Superman na DC

Nova série da Netflix tem detalhe que resolve um grande problema do Superman na DC Comics.

Superman Netflix

A Netflix tem uma nova série em seu catálogo que se chama Guardiões da Justiça e, assim como The Boys faz no Amazon Prime, a atração serve como uma sátira ao já saturado gênero dos super-heróis. No entanto, a série conseguiu um feito inédito: solucionar o problema mais idiota que o Superman tinha na DC Comics. E qual seria esse problema que o “Superman da Netflix” arruma? O de sempre favorecer os EUA.

Continua após publicidade

Com base na Graphic Novel de Alan Moore, Watchmen, a série Guardiões da Justiça estreou na Netflix em 01 de março. E a série tem uma combinação interessante de imagens de ação ao vivo com animações em vários estilos diferentes. Tudo isso, para contar a trama que envolve uma equipe de super-heróis que luta para salvar o mundo.

Mas essa luta vem após eles perderem seu líder, Marvelous Man, de forma prematura. Então, como uma paródia de super-heróis famosos, o Marvelous Man e Guardiões da Justiça tem semelhanças com Superman, no estilo que o vilão do herói da DC, Bizarro, tem.

Continua após publicidade

As comparações do Marvelous Man com Superman

Marvelous Man e Superman são heróis quase que onipotentes de outros planetas. No entanto, os fãs podem notar semelhanças que vão além de seus poderes e origens. Aliás, isso é algo que a montagem de abertura do primeiro episódio de Guardiões da Justiça sugere.

Sem nenhuma explicação prévia, o Marvelous Man chega à Terra e salva a raça humana ao acabar com a Terceira Guerra Mundial em um dia. Porém, ele não apoia nenhum dos lados. (via ScreenRant)

Leia também: Novo Superman diz que não quer substituir Henry Cavill

Mais tarde, porém, Marvelous Man impede o assassinato de JFK, mas não consegue salvar o primeiro-ministro Khrushchev da União Soviética. Logo, a série traz uma manchete em sua trama com dizeres intrigantes. No jornal, vemos “Marvelous Man acusado de favorecer os EUA”.

Continua após publicidade

Para mostrar que está tentando proteger o mundo inteiro, Marvelous Man, dessa forma, anuncia que vai evitar a política global diante das Nações Unidas.

Superman DC Comics Guardiões da Justiça
Superman Netflix. Imagem: Divulgação.

Mas, se olharmos para o Superman, vemos que já existiram críticas semelhantes, tanto nas HQs da DC quanto na vida real. Isso porque ambos os super-heróis foram acusados de mostrar uma preferência pelos Estados Unidos, frente ao resto do mundo. Embora o Superman reafirme que irá proteger o mundo inteiro, seu lema por muitos anos foi “Verdade, justiça e a moral americana”.

Há pouco tempo, no entanto, a DC Comics explorou as lealdades do Superman, e os Guardiões da Justiça fizeram o mesmo com Marvelous Man. Ao abordar a questão de super-heróis poderosos potencialmente preferindo um país a outros, a série da Netflix mostrou como as visões podem mudar, tanto dentro das histórias quanto ao longo da história.

Continua após publicidade

Resolvendo o problema

No entanto, se o Superman ou o Marvelous Man escolhessem um lado, em particular, isso poderia ser perigoso para todos os outros em seus mundos. Tanto o Marvelous Man quanto o Superman têm apenas uma fraqueza: a caltronita e kryptonita, respectivamente. Então, outras nações podem utilizar disso para se opor a eles.

Leia também: Smallville tem maldição com atores, incluindo prisão e mortes

Isso causa indignação em ambos os universos, e os heróis precisam agir para provar que querem proteger o mundo inteiro. Ou seja, não apenas os Estados Unidos. Para fazer isso, o personagem da série da Netflix faz uma promessa para ficar fora da política. Já o Superman renuncia à sua cidadania americana em “The Incident”, uma história publicada na Action Comics #900.

Da mesma forma, os fãs questionaram o símbolo do Superman na vida real, diante do seu antigo lema de “Verdade, justiça e a moral americana”. Afinal, tal lema acaba favorecendo os EUA.

No entanto, o lema original do Superman inicialmente se concentrava apenas na Verdade e na Justiça, mas foi atualizado durante a Segunda Guerra Mundial. Isso se tornou a frase de assinatura do Superman como o Homem de Aço, até que o público começou a questionar o que realmente era a “moral americana”. Além disso, alguns acreditavam que isso contradizia a promessa do Superman de proteger toda a Terra.

Superman DC Comics Guardiões da Justiça
Superman Netflix. Imagem: Divulgação.

Devido a isso, a DC Comics mudou recentemente o bordão do Superman para “Verdade, justiça e um amanhã melhor”. Com isso, ela também corrige um erro, embora o Superman ainda tenha uma figura muito ligada ao EUA. Algo que, na série da Netflix, não acontece.

A história fictícia do “Superman da Netflix” reflete como a visão do público em relação a um herói pode mudar. Enquanto salvador, durante a Segunda Guerra Mundial, Marvelous Man mais tarde se tornou uma figura questionável ao ponto de as empresas criarem armas de caltronita como precaução.

Satirizando histórias de super-heróis, Guardiões da Justiça, portanto, aborda diretamente o principal problema do Superman. E, assim, força o Marvelous Man a confrontar e refutar acusações sobre seu favoritismo em relação aos Estados Unidos, em vez do mundo como um todo.

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.