Netflix vai obrigar funcionários e atores a se vacinar

A medida também vale para atores e atrizes.

Bridgerton
Imagem: Cena de Bridgerton; produção está paralisada por causa de foco de COVID-19; Crédito: Netflix / Divulgação

A Netflix anunciou na última quarta-feira (04) que funcionários e turistas deverão se vacinar. A medida vale, portanto, para o retorno das atividades presenciais e gravações de séries. As informações são da Variety.

Continua após publicidade

O anúncio vem num momento de alta extraordinária dos números de infecções nos Estados Unidos. O aumento é provocado pela variante Delta, primeiramente identificada na Índia. Apesar da contaminação ser generalizada, a preocupação são com os não-vacinados. Até porque os imunizados representam 0.001% das mortes.

Continua após a publicidade

É importante lembrar que nos Estados Unidos as empresas são soberanas para tomar tais decisões. Há uma enorme dificuldade do governo federal em estimular imunização. Principalmente em estados conservadores. Sendo assim, o próprio presidente Biden vem pressionando empresas a obrigar seus funcionários a tomar vacina.

Continua após publicidade

Leia também: 7ª temporada de The 100 ganha data de estreia na Netflix

A liberdade vem de entes como a Comissão de Oportunidade e Equidade do Trabalho. Criado pelo congresso americano em 1965, o órgão emitiu comunicado em dezembro de 2020 liberando as empresas tomar tal decisão.

Ozark
Crédito: Netflix / Divulgação

Netflix não é a única

A Netflix não é a única a determinar que seus funcionários retornem ao trabalho apenas quando vacinados. A lista inclui Facebook, assim como, Google, Walgreens; Uber, Morgan Stanley, Tyson Foods e tantas outras. Há, contudo, entes públicos que também estão na dianteira dessa luta.

Continua após publicidade

A cidade de Nova York vai impor que os servidores municipais estejam vacinados para retornar ao trabalho presencial. Outras localidades na Califórnia também seguirão essa medida. Assim como o estado da Virgínia. A medida também vale para o ‘talento’. Isto é atores e atrizes que trabalham nas produções nos Estados Unidos. Expandir essa medida para outros países seria problemático.

Em julho, tanto o sindicato dos atores, quanto dos diretores emitiu um comunicado permitindo a imposição. É um assunto polêmico, apesar das características progressistas de Hollywood. Atores, tais como Sean Penn, revelaram que só retornaram ao trabalho quando toda equipe estiver vacinada.

E aí, qual sua opinião sobre o assunto? Não esqueça, portanto, de comentar e dizer o que pensa.

Meu nome é Bernardo Vieira, sou catarinense e tenho 24 anos. Sou bacharel em direito, jornalista e empreendedor digital. Escrevo no Mix de Séries desde janeiro de 2016. Sou responsável pelas colunas de audiência e Spoiler Alert, além de cuidar da editoria de premiações e participar da pauta de notícias. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.