New Girl – 6×22 – Five Stars For Beezus [SEASON FINALE]

Fonte: spoilersguide.com

New Girl finalmente chegou à sua sexta season finale. Todos os acontecimentos da temporada levaram a este momento. Chegou a hora. Sabe quando você sabe o que vai acontecer num episódio – especialmente num episódio de sitcom, um tipo de série extremamente previsível – e as coisas realmente acontecem do jeito que você esperava mas, mesmo assim, você tem o entretenimento esperado? Bem, eu estou com esse sentimento agora mesmo, após ter finalmente assistido este que pode ser o último episódio da série.

NG tem uma habilidade especial, que é reciclar muito bem suas tramas e é isso que a série faz magistralmente em “Five Stars for Beezus“. Um casal predestinado e uma gravidez, além, é claro, do pai ausente de Winston, são todos temas que assistimos no decorrer das temporadas. Eu jamais imaginei, contudo, que eles fossem revisitados (com exceção do casal Nick e Jess que, convenhamos, tava na cara que rolaria eventualmente).

Continua após a publicidade

Quem assiste New Girl com afinco lembra que Cece quase casou por arranjo, ao saber que tinha problemas de fertilidade (eu gosto de chamar aquele momento de “Cece, a louca do casamento”), e agora ela é presenteada com uma gravidez. Acho que essa foi a temporada de mais forte desenvolvimento para Cece: ela finalmente acha seu rumo profissional, seu relacionamento com Schmidt desabrocha de vez e agora ela consegue algo que nós vimos o quão abalada ficou só pela perspectiva de não ter: um filho. Hannah Simone deu uma aula de atuação na cena de anúncio e a atriz, como sempre, é um dos pontos altos da série. Aqui, parece que New Girl estava apelando para um drama, mas, na verdade, é a forma de os escritores presentearem Cece. Se a série acabasse nesse episódio, o núcleo de Schmidt e Cece terminaria com uma de suas maiores tramas amarrada.

Da mesma forma, mas algo mais discreto, foi a trama de Winston e seu pai. Confesso que a família dos personagens (com exceção da mãe de Schmidt) não foi meu foco durante esses anos de série e eu pouco lembrava que Winston tinha um pai ausente, mas os escritores foram sábios ao usarem a aparição da mãe de Winston alguns episódios atrás para refrescar a memória dos telespectadores. A temporada, na verdade, foi um grande presente a Winston, que conseguiu um noivado, a resolução de uma trama familiar e a felicidade de seus amigos. Se a série acabasse nesse episódio, o núcleo de Winston terminaria bem amarradinho e super agradável.

E aí vem o núcleo de Nick e Jess. A valsa lenta que toca há seis temporadas. Se eu dissesse que desde o começo até agora eles sempre foram meu endgame, estaria mentindo. Eu via Nick e Jess como o casal problemático fadado ao fracasso, especialmente por toda a história (e a amizade) entre eles. Mas algo no término de Nick e Reagan me fez perceber que eles podem fazer dar certo. Jess entende Nick, ela é do mundo dele, eles se parecem até nos momentos mais nonsense. Nick, por sua vez, aceita as bizarrices de Jess e as aprecia, algo que poucos dos pretendentes da moça fizeram.

O episódio todo exala uma ideia de término: tudo parece final. O pensamento que ficou em minha cabeça foi o de que os escritores quiseram proporcionar um momento final bem completo para cada um dos personagens, adicionando a participação deles nas vidas uns dos outros: Winston estimula Jess a buscar o amor, Schmidt leva Nick a uma epifania final. Tudo isso é TV de qualidade e é New Girl em seu primor.

Admito que a sexta temporada está longe de ser perfeita, até pela quantidade de episódios “enche linguiça” que tivemos, mas o final é uma coisa bem estranha: nos leva a perdoar os pequenos erros das situações. E é isso que “Five Stars for Beezus” faz: entrega um episódio tão doce, tão amável e tão final que não tem como eu olhar para essa temporada e criticá-la.

O que levou Jess ao loft foi uma traição. Ela ficou mal por dias, assistindo Dirty Dancing, e a série trata, num claro momento de fan service e nostalgia, de usar (I’ve Had) The Time Of My Life para o momento final de bravura de Jess.

Claro, o que é mais formidável nesse episódio não é sua cara de final, mas sim sua cara de esperança. Esperança de que uma sétima temporada (a nossa despedida verdadeira) será encomendada pela Fox. Temos muito a explorar ainda! O relacionamento de Winston e seu pai, a vida de pais de Schmidt e Cece (e, admito, seria bacana um time jump para vê-los como pais estressados) e o resultado do romance de Nick e Jess exigem uma temporada final. Não só isso, alguns personagens precisam voltar: Coach, Robby, Elizabeth, todos foram partes essenciais da série e merecem um último regresso. Eu mereço ver uma última temporada. Nós, fãs, merecemos.

Bem, por essa temporada é só, mas a minha esperança, assim como a dos escritores neste episódio, continua estampada nesta review. Uma temporada final, Fox, é tudo que peço a você!

Tags New Girl
Avatar

Roger Olly

Virginiano com ascendente em gêmeos. Fã de The Magicians e Imposters. Faço reviews de New Girl, Teen Wolf e escrevo a coluna Spoiler Alert.

4 comments

Add yours
  1. Avatar
    porlapazyporlavida lc 14 abril, 2017 at 15:34 Responder

    New girl, que saudade!!! Parei na terceira temporada, mas fico lendo as reviews com esperança de sentir aquele gostinho de “quero mais”. Sempre sinto, mas ainda não consegui voltar a assisti-la

    • Avatar
      Roger Olly 17 abril, 2017 at 10:26 Responder

      No fim das contas essa temporada foi bem boa. A quarta e a quinta foram um pouco mais arrastadas, mas essa foi bem bacana. Recomendo voltar, nem que seja só para terminar de assistir mesmo, kk

  2. Avatar
    Jotafar 15 abril, 2017 at 20:13 Responder

    Achei bem construída e amarrada a evolução da história da Jess e do Nick, pareceu lenta, mas foi fazendo sentido, os personagens amadureceram e aconteceu na hora certa. Gostei da temporada, ela até me surpreendeu, acabei assistindo em 3 dias.

    • Avatar
      Roger Olly 17 abril, 2017 at 10:28 Responder

      Foi bem amarrada mesmo, acho que porque talvez os escritores estivessem com medo de a série não ser renovada. Desde os primeiros episódios estavam explorando o amor da Jess pelo Nick. Eu só fiquei um pouco chateado porque realmente gostava de Jess e Robby. Acho que eles combinavam bem.

Post a new comment