New Girl – 4×15 – The Crawl

New Girl 4x15

Mais um daqueles episódios de New Girl que nos conquistam pela simplicidade, por fazer com que os vinte minutos pareçam dez. Não teve nenhuma ideia genial aqui, nenhum plot muito desenvolvido, mas a essência do humor da série esteve presente para garantir seu sucesso. E basicamente ‘de bar em bar, de mesa em mesa, tomando cachaça, bebendo cerveja’ (sim, isso é o trecho de uma música) se fez o décimo quinto episódio dessa esperançosa quarta temporada de New Girl. O objetivo era simples: passar o Dia dos Namorados tentando completar um “bar crawl”, que, se eu entendi direito, é uma tour por todos os bares da região dentro de um período de tempo pré-definido. Ideia de Nick, é claro, como um efeito colateral de seu recente término de namoro.

Como todos os episódios sobre datas comemorativas de New Girl, esse de Dia dos Namorados também foi consideravelmente atípico. Apesar de certo foco nos casais, o tema principal foi Nick e sua comitiva de solteiros dando a volta pelos bares da região. Destaque para Winston e sua mochila de utilidades e seus conselhos sempre muito bem colocados. Primeiro com Coach, que esteve prestes a desperdiçar a única chance que ele teve, desde que voltou à série, de conseguir um relacionamento significativo. Acho que depois do anúncio de que ele sairá da série, eles quiseram dar um fim digno ao personagem, o arranjando com alguém legal. Vamos ver se essa ideia vai durar até o episódio seguinte. Depois – e principalmente – com Cece, fazendo os questionamentos mais do que cabíveis sobre ela e Schmidt. Eu gosto da nova namorada do Schmidt, mas vendo o jeito que ele cuidou de Cece enquanto ela estava bêbada e a forma como ela olhou para ele quando perguntada se ainda tinha sentimentos por ele e relutantemente respondendo que não, prova que não tem outra saída justa que não a volta do casal, dessa vez de forma mais séria e definitiva. Então vamos aguardar, talvez prolonguem um pouco esse novo relacionamento dele, para que dê errado e ele perceba que não existe pessoa mais certa para ele do que Cece. Não costumo usar o termo “shippar” ou mesmo fazer isso que o termo implica, mas esse é um caso à parte, em que vale abrir mão de todas as minhas restrições: shippo muito e sempre shipparei Cece e Schmidt. Pronto, usei até um conjugação estranha desse novo “verbo”, só para deixar claro o quanto eu apoio o casal.

Como o assunto são os casais, como era de se esperar da falta de apego a qualquer situação ou personagem que a série sofre desde sempre, já deram a dica de que Ryan, juntamente com o único relacionamento promissor de Jess além de Nick, desaparecerá para sempre. Tentaram disfarçar que já é um coisa definitiva com a desculpa de que vão tentar namorar à distância. Claro, isso vai dar tão certo quanto Nick e Jess morando no mesmo quarto. E fica a dúvida se isso, junto com o também recente término de Nick, não é uma deixa para retomarem o casal central da série. Sinceramente, ainda não sei o que pensar a respeito. Fiquei feliz quando aconteceu na segunda temporada, mas também achei uma decisão acertada quando terminou na terceira. No entanto, realmente quero que eles fiquem juntos no final, mas talvez ainda seja cedo demais. Já nos acostumamos e aceitamos os dois separados e ambos já superaram tanto isso, que às vezes parece que nunca namoraram. O único ponto positivo que viria se eles reatassem, é que nos livraria das tentativas provavelmente falhas de arrumar outro namorado para Jess. Vimos como foi sofrível no começo dessa temporada, tanto que os episódios tiveram uma melhora imensurável desde que Ryan apareceu. E não acho que podem achar outro Ryan e seria até pouco crível se o fizessem. Então sendo Nick o único outro namorado decente que ela teve, é natural que optassem por isso. Só espero que levem um pouquinho de tempo que seja para considerar trazer esse relacionamento de volta, talvez como o grande acontecimento dessa season finale, sei lá. Mas o que quer que decidam, que saibam desenvolver, porque foram erros nesse sentido que fizeram com que a terceira temporada fosse tão fraca e que nosso interesse no casal simplesmente se esvaísse. Vamos ver.

Continua após a publicidade

New Girl vem mantendo uma boa sequência de episódios despretensiosos. Não tão bons quanto os últimos anteriores ao hiato de fim de ano, mas o suficiente para garantir um bom acréscimo ao conjunto da temporada. E com o provável término de Jess e Ryan, espera-se que as coisas fiquem mais movimentadas e, quem sabe, os episódios mais consistentes, agora se aproximando da reta final. A vantagem é que a série ainda não perdeu sua essência e nem sua forma peculiar de fazer comédia e se começar agora a adicionar a isso um compromisso maior com a evolução dos personagens, poderemos, ao fim, dizer que essa foi uma temporada ao nível das duas primeiras.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours