New Girl – 6×13 – Cece’s Boys

Fonte: spoilersguide.com
Fonte: spoilersguide.com

New Girl vem fazendo um trabalho excelente ao dar o desenvolvimento merecido à Cece. “Cece’s Boys” é a prova cabal disso. Ao invés dos escritores simplesmente inventarem uma profissão para Cece e deixarem para lá (como foi quando ela resolveu voltar à universidade ou quando ela virou bartender), os escritores parecem realmente estimulados a darem a ela o foco necessário. Tenho até medo de falar isso e depois me arrepender, mas acho que dessa vez vai!

Continua após publicidade

Cece’s boys” tem uma trama simples: Cece precisa contratar mais modelos para uma campanha, Jess e Raegan vão ajudá-la procurando os ditos modelos, enquanto isso Winston, Schmidt e Nick vão à procura de um “ritual”, uma prática especial para que Schmidt não se sinta excluído após se mudar.

Continua após a publicidade

Devo dizer primeiramente que o núcleo de Cece dessa vez foi muito mais interessante que engraçado, enquanto que o núcleo de Schmidt me garantiu boas risadas, afinal, tem como não rir da piada da depilação íntima masculina? Acho que não. Poder contemplar o desenvolvimento de Cece e ver a sisteragem de Raegan e Jess em ação foi maravilhoso. Sem falar que a Raegan basicamente salvou o episódio com a epifania dela, o que por si só já serve para incluir um pouquinho a nova garota na série.

Continua após publicidade

Já o núcleo de Schmidt fez até uma referência ao nosso amigo Coach, que nunca mais foi lembrado. Schmidt fala que não quer ser esquecido como Coach. De fato, a mudança do casal para uma casa própria ainda não tinha sido explorada sob esse prisma – o e alterar o paradigma da amizade dos moradores do loft. Imaginem só: Schmidt e Cece vão morar sozinhos. Alguém novo vai morar no loft. As necessidades de um casal são diferentes das necessidades dos amigos solteiros. Eventualmente o casal e o grupo se separarão por conta dos interesses diferentes. Isso já apresenta uma possibilidade do que pode vir temporada que vem, e pode ser interessante ver uma mudança tão brusca nas coisas.

No fim das contas, um ótimo episódio. Acho que os escritores estão tentando retificar aos poucos a falta de desenvolvimento que alguns personagens específicos sofreram (a exemplo de Cece e Winston). Me incomoda um pouco a ausência de Ally, que até agora mais esteve ausente que presente, mas de resto tem sido uma temporada boa, beirando o ótimo.

Continua após publicidade