“Ninguém está seguro” na 2ª temporada de Killing Eve, diz Sandra Oh

Killing Eve está retornando para segunda temporada

Após uma emocionante temporada de estreia, você realmente acha que Killing Eve iria desacelerar em seu segundo ano? Claro que não!
O thriller criminal da BBC America retorna para uma segunda rodada neste domingo (07), e a estreia não nos dará a chance de recuperar o fôlego. O episódio começa, literalmente, 30 segundos após o confronto final entre Eve e Villanelle.
“O caminho óbvio era ter começado seis meses depois, quando todos estavam curados e tudo estava de volta ao normal e redefinir a partir dali”, diz a nova roteirista da série, Emerald Fennell. Ela assume o cargo que foi de Phoebe Waller-Bridge no primeiro ano. Mas “algo aconteceu aqui e vai mudar tudo. Por isso, nos deu uma oportunidade nesta temporada para manter tudo o que amamos no programa, mas também levá-lo adiante, mais fundo e mais sombrio.”.

Reviravoltas

Esfaquear Villanelle deixa Eve em um lugar mais sombrio. De fato, quando a vemos novamente, a estrela Sandra Oh revela: “Ela está nesse estado de espírito incrivelmente culpado. ‘Eu vou estar com muitos problemas, e o que isso significa para mim, e como eu mantenho isso e não digo a Niko, e como eu tento ser normal?’“, ressaltou a atriz. “Ela ainda não está percebendo que nunca poderá voltar a ser como era.

Continua após a publicidade

A nova temporada também não dará muito tempo para a personagem processar o que aconteceu. “Nós passamos de estressados ​​para mais estressados“, diz Oh com uma risada. “Não há descanso para ela. Estamos a todo vapor durante toda a segunda temporada.”

Eve também é puxada de volta para a órbita de Carolyn na segunda temporada, que a apresenta com uma nova dinâmica no local de trabalho. Nina Sosanya (Strike Back) se junta ao elenco como Jess, que fornece a Eve “alguém que é uma confidente que tem basicamente a mesma idade, que também é uma mulher e negra”, entrega Oh.

Além disso, Edward Bluemel interpreta o jovem colega Hugo, que coloca Eve em uma posição desconhecida: a de chefe. “Eve também se encontra em uma posição de autoridade”, diz Oh, “e também ainda está explorando seu poder, seu poder sexual e a dinâmica de um homem mais jovem”.

Ninguém está a salvo

Mas quanto tempo teremos que esperar até que Eve e Villanelle se cruzem novamente? “Não muito tempo“, promete Oh, acrescentando que a obsessão mútua que elas tiveram na 1ª temporada não desapareceu.

O importante para mim é que ninguém precisa sobreviver a nenhuma cena. Garotas como Villanelle não duram muito tempo, e mulheres como Eve não duram muito, porque elas estão em um jogo muito perigoso. Então eu tive que entrar nesta temporada pensando que ninguém está seguro… Villanelle não está segura. Muito menos Eve“.

E então, prontos para nova temporada de Killing Eve? No Brasil, a primeira temporada está disponível na Globoplay.

https://www.youtube.com/watch?v=TLq2BDkCzyA

 

Leia também: Ator de Grey’s Anatomy reencontra Sandra Oh e chora

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours