Nova série Legion não se passará no mesmo universo dos filmes dos X-Men

x-men-apocalypse

Continua após as recomendações

 

Apesar do protagonista de Legion, nova série do FX, vir diretamente do universo dos X-Men, os fãs da Marvel não devem esperar um crossover da série com a franquia de cinema.

Continua após a publicidade

O show que vem sendo desenvolvido por Noah Hawley (Fargo) contará a história de David Haller, diagnosticado ainda jovem com esquizofrenia, passando a vida em hospitais psiquiátricos. Mas depois de cruzar seu caminho com um determinado paciente, ele é confrontado com a possibilidade de que as vozes em sua cabeça possam ser reais. Para os que não leram os quadrinhos, Heller na verdade é filho do líder dos X-Men, o Professor Charles Xavier.

No entanto, não espere uma participação de Patrick Stewart ou James McAvoy – que deram vida ao personagem nos cinemas. De acordo com uma publicação do EW, a série se passa em um universo paralelo ao dos filmes.

“Não é uma continuidade daqueles filmes que existe em um universo onde todos tem ciência da existência dos mutantes”, disse o presidente do FX, John Landgraf. “Legion se passa em um universo paralelo, onde o Governo dos EUA estão descobrindo a existência destes mutantes, mas a população não. Portanto, não cabe um crossover com os personagens dos filmes, porque são universos paralelos”, completou.

Apesar disso, a série vem sendo produzida por nomes ligados à franquia dos X-Men no cinema, como Bryan Singer, Lauren Shuler Donner e Simon Kinberg.

A série pode estrear ainda em 2016.

Nenhum comentário

Adicione o seu