Nova temporada de Game of Thrones terá ainda mais guerra, confrontos e violência

Imagem: HBO/Divulgação

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

As grandiosas batalhas entre grupos rivais e intrigas políticas são algumas das características que tornaram Game of Thrones uma série bem sucedida. Tais elementos, felizmente, estarão presentes quando a série retornar no próximo mês.

Continua após a publicidade

Sabe-se disso pelo fato dos episódios já assistidos pela imprensa e também por palavra dos próprios showrunners, David Benioff e D.B. Weiss, que em entrevista à Entertainment Weekly admitiram que as guerras comandarão a história daqui para frente.

Continua após publicidade

O escopo da história tem evoluído naturalmente, temporada após temporada. Isso encaixa exatamente com o ritmo da narrativa, onde as coisas estão ficando de uma forma que a guerra está aqui. É essa urgência dentro da história que comanda o ritmo a frente de qualquer decisão externa. O movimento é mais intenso porque o universo desses personagens e a batalha na qual eles vem esperando finalmente chegou já que os conflitos que vem crescendo nos últimos seis anos está sob eles e o senso de urgência faz com que as coisas movam-se rápido.

Os produtores também confessaram uma certa necessidade em entregar aquilo que vem prometendo a um certo tempo. Todos vêm esperando uma grande batalha e, de acordo com eles, ela finalmente acontecerá nos melhores (e maiores) dos termos.

Game of Thrones retorna no domingo, 16 de julho na HBO do Brasil e do Estados Unidos.

Continua após publicidade

Fonte: ScreenCrush