O discreto charme das séries britânicas – Parte III

discretocharme3

Continua após as recomendações

Depois de adentrarmos o mundo das séries britânicas e discutirmos alguns de seus maiores sucessos, é chegada a hora de olhar para o futuro. O que o pessoal do Reino Unido prepara para a TV nos próximos meses? A resposta é clara e direta: muita coisa boa, de primeiro nível. Como a coluna é voltada às adaptações e o número de novidades é grande, vamos comentar apenas os shows adaptados de outras mídias.

Continua após a publicidade

Vamos começar falando de War and Peace. Dois motivos fazem desta ser a mais aguardada dentre as novidades. Primeiro: o projeto é baseado no clássico Guerra e Paz, de Leon Tolstói. Segundo: a escala absurdamente épica é de fazer qualquer blockbuster hollywoodiano corar. Com o primeiro rascunho completado em 1863, Guerra e Paz é uma das maiores obras da literatura mundial. O tamanho do livro e toda a escala da trama podem assustar em um primeiro momento, e não é de se espantar que uma adaptação seja tão grande.

A história criada por Tolstói é tão complexa, tão intrincada, que as adaptações são raras ou pouco conhecidas. É de se elogiar a coragem de levar as ideias do autor para as telas da TV. São tantos personagens e acontecimentos que é impossível explicar resumidamente sobre o que se trata a obra como um todo. De todo modo, o cenário é a Rússia ocupada pelo exército de Napoleão. Acompanhando diversos membros de diferentes famílias aristocratas, a trama desenvolve diversas características da nobreza da época, compondo um retrato incisivo dos costumes e da vida de então. É tanta coisa que o canal já deu entender que algumas coisas ficarão de fora da versão televisiva.

No elenco, gente do calibre de Paul Dano, Stephen Rea, Jim Broadbent, Brian Cox e Gillian Anderson. O trailer – impressionante – você confere abaixo:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=H-BCmUeHE5c[/youtube]

Outra minissérie que prova que a TV não deve em nada para o cinema é The Night Manager. Baseada no livro homônimo de John le Carré, o projeto é protagonizado por Tom Hiddleston e Hugh Laurie. A história acompanha Jonathan Pine, um ex-soldado britânico que trabalha em um hotel. Pine então conhece a francesa Sophie, que lhe fornece informações que incriminam Richard Roper, um milionário que fez fortuna no mercado negro de armas.

Ao se envolver com os segredos que chegaram até ele, Pine entrega documentos que comprometem Roper para a inteligência britânica. Quando Sophie aparece morta, Pine percebe a gravidade das coisas e decide se infiltrar no mundo do crime para desmascarar Roper e vingar Sophie. UFA! Só a trama já indica um show imperdível. Assim como War and Peace, The Night Manager tem o selo BBC One de qualidade, e o trailer você confere abaixo.

 [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=aoUcTIg36lQ[/youtube]

Quem chega em breve com novas adaptações é The Hollow Crown, com sua segunda temporada. Desta vez, com o subtítulo de The War of the Roses, o projeto traz às telas Henrique VI em duas partes e Richard III, de William Shakespeare. São três telefilmes com grande elenco. Benedict Cumberbatch é o protagonista do terceiro capítulo e também aparece no segundo. Ainda no elenco, nomes como Michael Gambon, Andrew Scott, Judi Dench e Hugh Bonneville.

Da obra de John Lanchester, Capital também é uma adaptação aguardada. A história acompanha diferentes personagens que moram em uma rua de Londres quando a crise econômica de 2008 começava a despontar. Em uma história de amor e ambição por poder e dinheiro, a trama começa a esquentar quando os moradores recebem, cada um, um cartão postal com a frase “nós queremos o que você tem”.

Outra adaptação aguardadíssima é And Then There Were None, baseada no clássico de Agatha Christie. Conhecida por muitos como O Caso do Dez Negrinhos, a história acompanha dez pessoas, cada uma responsável pela morte de uma pessoa. Todos nunca foram condenados pelo crime e se encontram em uma ilha onde passam férias. Não demora para descobrirem que não são os únicos na ilha e um a um começam a morrer misteriosamente. A obra original já inspirou inúmeros filmes, séries e episódios, que se basearam em suas páginas em maior ou menor grau. Um dos últimos projetos a beber nessa vertente foi Scream Queens, da Fox.

Outros projetos surgindo no horizonte, mas que ainda não tiveram muitas informações divulgadas, são Dickensian, The Five e Agatha Raisin. A primeira segue os moldes de Once Upon a Time, a diferença é que ao invés de adaptar personagens de contos de fadas, a série junta diversos personagens criados por Charles Dickens em uma só história. Já The Five não é bem uma adaptação, mas um projeto criado pelo escritor Harlan Coben. A trama acompanha um grupo de amigos que “perde” o irmão mais novo de um deles. Anos depois, o grupo precisa encarar o passado quando o DND do tal desaparecido surge na cena de um crime. Por fim, Agatha Raisin adapta o autor MC Beaton, levando às telas a história de Agatha, uma detetive que tenta se adaptar a uma cultura que não é a dela.

Outras grandes estreias se avizinham, dentre elas as últimas temporadas de Luther e Wallander. Boas séries é o que não vão faltar, principalmente para quem curte seriados britânicos. Algumas delas você confere no vídeo especial da BBC One:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=G57ziAvaPcQ[/youtube]

Enfim, foi muito bom falar sobre as séries britânicas neste completo especial. Espero que tenham gostado!