Com Ratched, Globo de Ouro é uma piada vergonhosa e sem graça

Globo de Ouro

Indicados ao Globo de Ouro, incluindo Ratched, não desceram!

Este texto poderia terminar no título, pois toda a ideia está ali. O Globo de Ouro é uma piada – e nunca teve graça. Aqui e ali a premiação da HFPA tem lapsos de ousadia e inteligência. Enquanto o Oscar tropeçou em algumas indicações e vitórias, os votantes do Globo de Ouro surpreenderam com decisões interessantes.

Continua após as recomendações

Mas são lapsos. Raridades em um histórico vergonhoso, coberto com nomeações duvidosas. Entenda, por exemplo, que o Globo de Ouro indica e premia nomes e não trabalhos. Johnny Depp, por exemplo, já foi indicado várias vezes por ser um astro, e não por ter entregado uma boa atuação. O Globo de Ouro quer espetáculo, quer brilho. Não interessa o Cinema ou a TV como arte. Interessa é que seus atores e diretores mais famosos estejam na festa, prontos para abraços mesquinhos e fotos ao lado de seus membros votantes.

Premiação de estrelas, não de arte

Veja os indicados ao prêmio deste ano. Destacamento Blood, de Spike Lee, é um dos melhores filmes do ano (inclusive esteve no topo da nossa lista) e aparece em todas os prêmios da crítica que antecedem o Oscar. O Globo de Ouro não o indicou a nenhuma categoria. É aceitável que os votantes não gostem do filme, mas Delroy Lindo, na melhor atuação de sua carreira, merecia uma lembrança.

Continua após a publicidade

Mas Delroy não é estrela. É um ator fantástico, mas não levanta a audiência. Jared Leto, em um filme limitadíssimo, abocanhou uma indicação a Ator Coadjuvante, sendo que ninguém apontou o ator ou o longa para nada. Leto é jovem, popular, está em filmes de heróis. Leto eleva audiência, sai bem em fotos, e isso garantiu sua nomeação enquanto Lindo foi sumariamente ignorado.

A crítica e o público desaprovam, mas o Globo de Ouro engole qualquer coisa

E nem entramos no campo das séries. Em que universo Ratched pode ser considerada uma das cinco melhores séries de drama? No mundo do Globo de Ouro isso faz sentido. E antes que os fãs raivosos da série e de Ryan Murphy venham espumar e nos criticar, é bom dar uma pesquisada: ao contrário do que os fãs afirmam, a crítica reprovou Ratched com força. Não é apenas o Mix de Séries dizendo que a série é ruim: são diversos veículos internacionais, de prestígio e história, apontando o mesmo fato: Ratched não presta.

Mas a série tem elenco famoso e criador que adora holofotes. Ryan Murphy faz campanha para si e suas obras e isso é vital na corrida pelo Globo. Os artistas dão presentes aos votantes, organizam jantares, tudo para conquistar a simpatia e garantir uns votos. Casos passados indicam compra de votos descarados. Uma história famosa conta sobre a doação de perfumes que tiveram de ser devolvidos, pois ultrapassava o valor permitido para os presentes recebidos pelos membros da HFPA.

Piores séries de 2020 Ratched

Imagem: Divulgação

A prova de que campanha e nome faz diferença é que Ryan Murphy emplacou Ratched nas séries e The Prom nos filmes, e nenhum merecia espaço em nada. Novamente: não é invenção da nossa cabeça. The Prom foi massacrado pela crítica e grande parte do público. James Corden, inclusive, foi bombardeado por ter criado um personagem gay que é puro estereótipo e preconceito. A performance, duramente criticada por jornalistas e pela comunidade gay, recebeu uma indicação ao Globo de Ouro.

Poucos sorrisos, muita piada sem graça

Você quer mais uma prova da piada – e da gana dos votantes por astros e estrelas? Al Pacino foi indicado a Melhor Ator em Série Dramática, por Hunters. Pacino é um monstro do Cinema, mas a série é fraquíssima e o ator nem protagonista é. Note, portanto, a quantidade de astros do Cinema que povoam as categorias televisivas.

Nem os atores e artistas da indústria respeitam a premiação: veja os discursos de Ricky Gervais ou os comentários de astros quando vencem suas estatuetas. As provas da má conduta e dos péssimos gostos da HFPA são inúmeras e facilmente encontradas na internet. Caso assista à próxima edição, repare nos discursos e nas piadas dos vencedores acerca do prêmio. Ninguém respeita, ninguém se importa.

Por um lado, há pontos positivos: o Globo de Ouro já deu espaço para várias séries estreantes e com pouco público. É bacana ver Ted Lasso ganhando reconhecimento e chegando a mais pessoas. O mesmo serve para The Good Lord Bird, com Ethan Hawke, ou The Comey Rule, com Jeff Daniels, minisséries com elenco estrelado, mas pouco vistas.

Mas são lapsos. São pequenos sorrisos em um stand-up repleto de piadas sem graças.

E você, o que achou dos indicados? Deixe nos comentários…

3 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    ALISSON DE SOUZA SOARES 6 fevereiro, 2021 at 16:06 Responder

    Quando eu vi os indicados, pensei a mesma coisa, que mastigaram maconha e adoçaram o suco com cocaína. Não é possível que meu gosto pela arte cinematográfica estivesse tão mal assim. Este texto só vem de encontro ao que pensei.

  2. Avatar
    Anônimo 6 fevereiro, 2021 at 11:37 Responder

    Meu deus, um hater gigante de Ryan Murphy pelo visto… Cada um tem sua opinião mas não é necessário atacar a esse ponto.

    Esses ataques gratuitos não agregam em nada e chegam a ser feios…

  3. Avatar
    GUILHERME DE FREITAS LEAL 6 fevereiro, 2021 at 10:55 Responder

    Tbm fiquei passado com as indicações e o q mais me chamou a atenção é na branquitude dos indicados. Não há diversidade de raça e gênero, como se o cinema e a televisão em 2020 não tivessem produzido filmes e séries com atores e atrizes negros e negras, trans, com atuações excepcionais!!!

Post a new comment