O Negócio – 2×05/06 – Bingo/TBA

O negócio

Continua após publicidade

No episódio 5 vemos que nem todo mundo é de ferro.

Continua após a publicidade

Com foco principal na relação de Augusto e Karin, agora a gente começa a prestar atenção que existe ciúmes sim entre esse lindíssimo (que loteria genética que daria esse filho, hein) casal. Quando os colegas de trabalho de Augusto comentam que vai rolar um bingo de putas, ele ficou super alheio, dizendo que não tinha porque pagar por sexo, já que isso existe de forma gratuita. Mas quando eles dizem que o prêmio do bingo é uma noite com uma das mulheres mais cobiçadas do Brasil, seus olhos arregalam e seu coração palpita. “Cobrando 500 reais de cada cartela, conseguimos um horário com a Karin, a dona da Oceano Azul, conhece?“, é o que diz um dos amigos. Nessa hora, a única coisa que ele pensa não é nem que ela vai pegar um dos colegas e, sim que, se um deles conhecesse ela, Joana não poderia ser apresentada como namorada de Augusto. Que confusão, né? Será que ele nunca se deu conta de que isso poderia acontecer a qualquer momento? Depois de perder a jogatina, ele promete mundos e fundos para o ganhador da barbada e consegue seu momento com a Karin. Só que ele não foi até ela, ele não queria divulgar esse medo para Joana. Por isso, preferiu manter a pose de “ganhador’ e que vem problema!

Continua após publicidade

Já o episódio 6, pode ser considerado o mais completo e profundo dessa segunda temporada, sem sombra de dúvidas. Desenvolvendo quatro núcleos de contexto e conteúdo completamente diferentes e concomitantes, a gente até se perde um pouco em meia a tanta putaria. Opa, pera…

Dessa vez, vemos ao fundo a ligação de Zanini com Magali. Ele gosta dela, mas ela tem um certo preconceito com o fato dele, futuramente, se apegar a ela, se rolar essa emoção toda. Por isso, ela coloca o garoto numa prova de fogo, onde o ciúme dele não tem vez.

Continua após publicidade

O casal Kariusto (kkkkk) volta àquele ângulo de Karin x Joana: obviamente, esse mundo é do tamanho de uma uva passa e um dos amigos dele espalha na roda do bar que elas são a mesma pessoa e que Augusto era corno por permitir isso. Com ele sentindo vergonha da profissão da namorada, sim, o romance teve um término :(. Mas calma que vem história!

No ambiente “agora o Oscar também é gigolô”, aparece uma Maria Clara barra Luna um tanto quanto desconcertada com a relação que seu suposto namorado tem com a cliente Rebecca. Ele afirma ser só sexo, mas ela sente uma certa insegurança sobre isso. Ambos aceitam a profissão um do outro, mas Luna sempre foi extremamente profissional, algo que Oscar parece não estar sendo.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

E mesmo que a trama da pirataria tenha se esgotado e finalizado por completo no episódio 4, obviamente que não nos livraríamos de Lívia. Que ódio dessa mulher! Ela volta, mais uma vez, querendo se dar bem às custas dos outros junto do Ariel, que não é o melhor negociante que existe. Ela agora aposta em uma gravidez acidental para ganhar uma pensão vitalícia, é mole?

Confesso que estava temerosa com o rumo da série, já que alguns assuntos principais foram tendo desfecho, mas da maneira que as coisas finalizaram no episódio 6, com certeza tem muita treta para acontecer ainda.