O que é preciso lembrar de Breaking Bad, antes de assistir El Camino na Netflix?

Antes de El Camino, relembre informações importantes de Breaking Bad

El Camino: A Breaking Bad Movie chegará à Netflix nesta sexta-feira. Os fãs mais fervorosos, certamente, aproveitaram o tempo que tinham para maratonar todos os episódios de Breaking Bad, relembrando a trajetória destes icônicos personagens da TV.

No entanto, há muitos que provavelmente não tiverem tempo para isso – e agora, nem se você quisesse, teria tempo. Mas calma, o Mix de Séries está aqui para te ajudar. Antes de você assistir ao filme, no dia 11 de outubro, te lembramos todas as informações necessárias de Breaking Bad.

Uma cena importante

Vamos começar com a própria recomendação do Aaron Paul, estrela do filme El Camino. O ator, que reprisa seu papel como Jesse Pinkman, ex-aluno e sócio de Walter White (Bryan Cranston) no negócio de metanfetamina, destacou que filme seguirá o que aconteceu com Jesse logo após o final selvagem da série. Para se preparar, Paul já apontou para uma cena que ele considera importante para os fãs revisitarem antes do filme.

A cena vem do episódio “One Minute” da terceira temporada, depois que Jesse foi espancado em sua própria casa por Hank (Dean Norris), cunhado do agente da DEA de Walt. Hank estava a centímetros de conseguir um mandado de busca no trailer que Jesse e Walt costumavam cozinhar metanfetamina antes de ser chamado pela secretária de Saul (Bob Odenkirk), que falsamente lhe disse que sua esposa, Marie (Betsy Brandt), foi hospitalizada após um carro acidente.

Depois de perceber a mentira, Hank ficou furioso e quase matou Jesse. Walt foi ao hospital para tentar convencer Jesse a não processar Hank e se ofereceu para lhe dar um emprego no laboratório de Gus Fring (Giancarlo Esposito), o qual Jesse rejeitou. Jesse culpou Walt pelo quão isolado ele se tornou de todos que amava, e não perdoou Walt por sua longa história de insultos. Momentos depois, Jesse aceitou o trabalho de qualquer maneira, e seu ciclo vicioso começou de novo. Confira a cena abaixo.

Além disso, completo.

A sinopse de El Camino destaca que “Jesse deve enfrentar seu passado para criar algum tipo de futuro“, então talvez essa cena reflita o tom do futuro de Jesse no filme. Jesse será capaz de romper com seus relacionamentos prejudiciais desta vez, ou ele voltará a padrões antigos? Paul também poderia estar insinuando que Walter White poderia (leia-se: definitivamente vai aparecer) em algumas cena de flashback. Quem sabe, até inédita? Descobriremos em breve.


Tirando essa cena, relembre alguns fatos importantes a seguir, antes de assistir El Camino.

Jesse virou-se contra Walt

Depois de perceber que Walt estava por trás do envenenamento de Brock (Ian Posada), Jesse decidiu ajudar Hank e o DEA como um ato de vingança. Em Walt, ele viu um cara que se safou de tudo e machucou tantas pessoas – mais recentemente, forçando Jesse a matar o relativamente inocente Gale Boetticher (David Costabile) em sua casa e ignorando o assassinato cruel do pequeno Drew Sharp após o roubo de trem. Jesse estava tão pronto para ver Walt sofrer algumas consequências que Hank teve que convencê-lo a não literalmente queimar a casa de Walt. Jesse acabou enganando Walt, acreditando que ele queimaria o dinheiro que Walt havia escondido no deserto, após o qual Walt inadvertidamente levou Jesse, Hank e o agente Gomez (Steven Michael Quezada) ao local onde o dinheiro estava enterrado.

Hank foi assassinado por neonazistas

Depois de descobrir que Jesse estava lhe traindo, Walt ordenou que seu ex-parceiro fosse atingido pelo tio de Todd (Jesse Plemons), Jack (Michael Bowen) e seus capangas neonazistas. E quando ele percebeu que Jesse o havia enganado para ir ao deserto, Walt ligou para convocar Todd para suas coordenadas, mas cancelou o pedido no meio da ligação assim que percebeu que Hank e Gomez estavam no carro. Walt se rendeu, mas a equipe de Jack ainda apareceu e matou Gomez e Hank antes de levantar quase todos os barris de dinheiro de Walt.

Reta final de Breaking Bad contou com a morte de Hank. Imagem: AMC/Divulgação.

Jesse foi capturado e torturado

Walt, destruído pela perda de Hank e seu dinheiro, pediu a Jack que matasse Jesse, mas Todd insistiu que eles deveriam capturar Jesse primeiro para descobrir o que ele havia dito ao DEA. Jesse foi interrogado e espancado por semanas, apesar de garantir a Todd que Hank e Gomez estavam trabalhando sozinhos e que tudo o que ele disse a eles estava contido em uma confissão em vídeo na casa de Hank. Todd decidiu manter Jesse como prisioneiro, para que pudesse cozinhar metanfetamina para eles em seu próprio laboratório no complexo. Quando Jesse tentou escapar, Todd executou Andrea (Emily Rios) e ameaçou voltar para seu filho, Brock, se Jesse agisse de novo.

Walt escapou por pouco

Após o incidente no deserto, Walt decidiu fugir de Albuquerque. No começo, ele tentou levar sua família, mas Skyler (Anna Gunn) recusou, resultando em um confronto físico entre os dois no qual Walt Jr. (RJ Mitte) ficou no meio. Walt então sequestrou a bebê Holly, mas depois de ouvir a criança chamar por “Mamãe”, ele decidiu deixá-la em um quartel de bombeiros. Ele também ligou para Skyler, sabendo que a polícia estaria ouvindo, e a absolveu de qualquer envolvimento com seu empreendimento criminoso e confessou ter matado Hank. Ele foi posteriormente escoltado pelo extrator de Saul para New Hampshire, onde morava em uma cabana isolada. Enquanto isso, Saul começou uma nova vida em Nebraska, que é onde parte de Better Call Saul se passa.

A saúde de Walt piorou durante seu isolamento

O refúgio ao norte de Walt o manteve fora da prisão, mas foi prejudicial à sua psique e à sua saúde, que se deteriorou com o tempo, apesar do extrator lhe fornecer medicamentos e alimentos quimioterápicos injetáveis. Depois de ouvir as lutas financeiras de Skyler, Walt decidiu deixar o local para sempre. Ele foi para uma taberna local e ligou para Junior. Quando Junior rejeitou a oferta de Walt de enviar algum dinheiro e disse ao pai que queria que ele morresse, Walt decidiu se entregar e ligou para o escritório local da DEA.

Um segmento de TV o fez mudar de ideia

Depois de fazer a ligação, Walt ficou irritado ao ver seus ex-parceiros da Gray Matter, Gretchen (Jessica Hecht) e Elliot (Adam Godley), na televisão falando sobre sua doação para clínicas de reabilitação como forma de se distanciarem de Walt. Walt também soube que sua assinatura azul de metanfetamina ainda estava em circulação e decidiu correr antes que as autoridades chegassem.

Walt voltou-se para seus antigos amigos para pedir ajuda

W. White se disfarçou de jornalista para rastrear Gretchen e Elliot em sua casa, onde instruiu a dupla a colocar seu dinheiro em uma confiança irrevogável para seu filho em seu aniversário de 18 anos. Para selar sua ameaça, Walter fez com que Skinny Pete (Charles Baker) e Badger (Matt Jones) se apresentassem como assassinos ocultos que matariam o casal se não entregassem os fundos à sua família, como prometido.

Walt teve mais um vislumbre de sua família

Depois que Walt passou por sua antiga casa abandonada e vandalizada, um vizinho o viu e chamou a polícia. Marie, ainda se recuperando da morte de Hank e da vida dupla de Walt, chamou Skyler para avisá-la, mas a essa altura, Walt já havia entrado furtivamente em seu novo apartamento. Ele informou Skyler que ele não matou seu cunhado, e deu a ela as coordenadas dos corpos de Hank e Gomez para que ela pudesse trocar essas informações por imunidade. Walt também admitiu que seu império das drogas havia sido motivado por mais do que o desejo de sustentar sua família; no final, ele simplesmente gostava de ser Heisenberg (“Eu fiz isso por mim. Eu gostava e era bom nisso. E… eu estava vivo.”). Skyler permitiu que Walt visse Holly uma última vez, e ele viu tudo à distância enquanto Junior chegava em casa da escola.

Walt se vingou

Depois de saber que sua receita de metanfetamina ainda estava sendo usada, Walt concluiu que Jesse devia estar trabalhando com Todd e Lydia (Laura Fraser) e os confrontou. Todd concordou em marcar uma reunião entre Walt e Jack, mas quando Walt chegou ao complexo, Jack moveu-se para matá-lo. Walt então acusou Jack e Todd de fazer parceria com Jesse, então Jack trouxe Jesse como refém para mostrar que ele era seu prisioneiro, não seu parceiro. Walt, convencido de que Jesse era o cativo deles, protegeu o corpo de Jesse quando ele disparou uma metralhadora que Walt havia montado em seu carro, matando todos os homens de Jack e Todd. Jesse estava livre para matar Todd e Walt matou Jack. Walt também revelou a Lydia por telefone que a havia envenenado com ricina.

Walter White em momentos finais de Breaking Bad. Imagem: AMC/Divulgação

O confronto final foi intenso

No confronto final, Walt deu a arma para Jesse e disse-lhe para atirar porque estava pronto para morrer, mas Jesse recusou. Se Walt quisesse morrer, disse Jesse, ele deveria acabar com sua própria vida. Jesse então acelerou no carro de Todd, e Walt sucumbiu ao ferimento de bala no laboratório quando a polícia invadiu o complexo.

No final, Walt está morto, e todos os seus inimigos também. Jesse está vivo e escondido (provavelmente) depois de escapar do cativeiro no carro de Todd. Skyler, Junior e Holly deveriam ter seu próprio dinheiro agora, e os corpos de Hank e Gomez provavelmente foram recuperados. Enquanto isso, Skinny Pete e Badger ainda estão do lado de Jesse.

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Todavia, completo. Além disso, 

Ufa! Prontos para El Camino: A Breaking Bad Movie? O filme estreia nesta sexta, 11 de outubro, só na Netflix.

 

 

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours