O rap incompreensível da abertura de Um Maluco no Pedaço

Fresh-Prince-of-Bel-Air-cast

 

Você se lembra da letra que tocava na abertura da icônica série “The Fresh Prince of Bel-Air” (Um Maluco no Pedaço)? Não? Nem nós! O início com o “Now, this is the story…” todo mundo sabe, mas e o resto? Além do rap cantado por Will Smith, protagonista da série, a abertura carrega outros traços que ficaram marcados para sempre nos fãs da série.

Um deles são os tons e as cores: ainda carregada de aspectos da cultura da década de 80, tudo é colorido e excessivo. Logo no início, vemos palavras grafitadas na parede atrás de um trono que gira, informando quem é o “principe” de Bel-Air. Também vemos Will com roupas coloridas e gírias datadas que denunciam, hoje, a idade da atração.

Continua após a publicidade

O formato do programa não pedia assiduidade do telespectador com histórias calcadas em sitcom clássico, normalmente com arcos de um episódio, fazendo poucas referências aos acontecimentos anteriores e isso era reforçado pela abertura que explicava a história de Will, de onde tinha vindo e o que estava fazendo entre seus familiares ricos.

Esse formato descompromissado do roteiro foi a salvação do show na quarta e quinta temporada quando o programa estava próximo do cancelamento e foi salvo graças ao syndication das emissoras que o retransmitiam. Esses canais conseguiam excelentes números de audiências graças a uma parcela do público que não acompanhava fielmente e eram sempre informados da história que levou Will a casa de seus tios pela abertura.

O clipe inicial da atração também mostra uma fuga ao padrão da época. Enquanto outras séries mostravam cenas do show, dos atores dançando, passeando, brincando ou apenas sorrindo para a câmera, sem qualquer papel (Full House, Blossom, 90210, Friends,…), aqui a abertura reforçava o background da história e preparava os espectadores para o que aconteceria no show, recontando a história de Will.

O contraste entre o negro pobre e esperto,  e o negro rico e bobo, é a base de boa parte das piadas do show. Tem como uma de suas referências diretas The Cosby Show, por também se tratar de uma sitcom famíliar com negros de classe média alta (tirando eles do gueto que até então habitavam em outros programas de televisão). Mas enquanto The Cosby Show briga contra esse paradigma, Um Maluco no Pedaço abraça ele mostrando Will (que é assim chamado por escolha do ator, que entendeu que gostaria de ser reconhecido pelo seu próprio nome quando fizesse sucesso) sempre esperto, mulherengo e safo; e seu primo Carlton sempre bobo e vulnerável. Ambos negros, destacando não uma diferença racial e sim sócio-econômica.

O título Fresh Prince foi escolhido em alusão ao próprio Will Smith, pois esse era o nome que ele usava ao se apresentar em shows durante a década de 1980. Uma estrela ascendente na comédia e no meio rapper, ele foi procurado por Quincy Jones, produtor do show, que propôs um programa em seu nome. Quincy também faz uma participação na abertura, como o taxista fedido (na verdade a expressão “smell you later” usada na letra da abertura é uma forma corrompida de “See you later”- Te vejo depois- e não tem necessariamente nada a ver com o cheiro da pessoa. O que nos informa que o taxista de fato era fedido é a cara de Will ao sair do taxi dirigido por seu produtor.)

Um show muito engraçado e que representou bem sua época, além de ter tornado seu protagonista um dos atores mais poderosos de Hollywood, Um Maluco no Pedaço deixou saudades que podemos matar tentando finalmente entender o que diabos Will Smith canta na sequência da abertura abaixo:

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=OqYf_-_rFb8[/youtube]

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

4 comments

Add yours

Post a new comment