O real motivo por que Sense8 foi cancelada na Netflix

Sense8 ainda é lembrada pelos fãs, mas Netflix teve motivos para cancelá-la.

Sense8 cancelada
Continua após publicidade

O cancelamento do ambicioso e inclusivo Sense8 pela Netflix foi um golpe ouvido em todo o mundo. Isso porque ele aconteceu apenas algumas semanas após a estreia da segunda temporada, que foi aguardada e bem recebida na época. Os fãs quase que de imediato iniciaram uma campanha nas redes sociais para que a série ganhasse uma terceira temporada, resultando em uma petição que conquistou centenas de milhares de assinaturas.

Continua após publicidade

Embora a Netflix tenha feito um filme de encerramento, o fato da plataforma cancelar Sense8 não era algo impossível de acontecer. Existiam alguns indícios que apontavam para isso e, então, existe o real motivo por que a série foi cancelada.

Tinha um preço alto

A Netflix é muito conservadora sobre suas decisões em relação ao conteúdo, mas o cancelamento de Sense8, junto com The Get Down, ofereceu uma visão na época do que a plataforma queria.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Embora a Netflix por muito tempo tenha dado a impressão de que dinheiro não significa nada para eles, com um enorme orçamento de conteúdo, seus cancelamentos mostram que eles não são totalmente imunes a preocupações orçamentárias. Isso porque Sense8 estava entre as séries mais caras da TV. E esse, sem dúvidas, foi o principal motivo da decisão de cancelá-la.

Leia também: Sense8 e mais 5 séries canceladas injustamente

Sense8 filmou em todo o mundo, e o custo de voar e filmar em locais reais continuou aumentando, especialmente com o elenco expansivo da série. Os relatórios colocam que a série custava cerca de US$ 9 milhões por episódio, o que está a par com as últimas temporadas do gigante da HBO, Game of Thrones.

Continua após publicidade

Como a estrela de Sense8, Brian J. Smith, reconheceu ao postar no Twitter pedindo aos fãs que pressionassem pela renovação do programa, esse preço requer alguns olhos para justificar. E, embora a Netflix não divulgue classificações, há outros sinais apontando para o fato que o Sense8 não estava com uma audiência tão boa.

Continua após publicidade
Sense8 cancelada
Imagem: Divulgação.

Ficou muito tempo em produção

A produção internacional de Sense8 também é um pesadelo organizacional. O que significa que a produção levou muito, muito tempo. Isso explica o atraso de dois anos entre a primeira e a segunda temporada, com a série sendo filmada em mais de uma dúzia de lugares. Além disso, em quatro continentes. Aumentando o custo de contratação de membros da equipe, essa longa produção, juntamente com pré-produção e pós-produção, significou que a Netflix teve que desembolsar muito dinheiro.

Continua após publicidade

Eles decidiram não fazer isso após a conclusão da segunda temporada, deixando os contratos do elenco expirarem. Isso significava que encomendar uma terceira temporada exigiria renegociar novos contratos com todo o elenco. Ou seja, mais um custo adicional em cima de uma produção já difícil.

Continua após publicidade

Deixar os contratos do elenco expirarem também significava que os atores tinham a chance de assinar outros projetos. Então, eles não estavam se importando muito em perder seus atores.

Continua após publicidade

Foi muito difícil comercializar

O marketing é fundamental, e muito disso se resume a ser capaz de resumir um programa a um slogan ou a um teaser de 30 segundos. Mesmo que esses vislumbres curtos não sejam suficientes para vender o que realmente são, eles são suficientes para atrair o público. Mas para Sense8, no entanto, a premissa complicada da série tornou praticamente impossível resumi-la em um trailer de 30 segundos.

Leia também: Ozark, eis o resumo e o que lembrar antes da 4ª temporada

Sense8 foi uma jornada sinuosa, profunda e envolvente do início ao fim. Mas também pode, às vezes, ser um caminho muito, muito confuso a seguir, tornando difícil para a Netflix explicar a potenciais espectadores sobre o que se trata. Até mesmo amigos, no seu “boca boca”, se enrolavam para explicar sobre o que era a série. Embora isso fosse atrativo para alguns fãs, para a maioria foi algo que os fez afastarem do programa.

Sense8
Imagem: Divulgação.

As críticas nem sempre foram boas

As séries da Netflix geralmente são bem avaliadas. Sense8, no entanto, ganhou a ira de alguns críticos quando estreou, com muitos acusando-a de desperdiçar sua premissa. O próprio Entertainment Weekly colocou, “a própria essência do ‘ser demais'”. Enquanto os críticos elogiaram o elenco diversificado da série e seus lindos visuais, muitos tiveram muita dificuldade em descobrir o que estava acontecendo. O resultado foi que, na estreia da série, ela angariou apenas 67% no Rotten Tomatoes.

Embora esta seja definitivamente uma classificação respeitável, não chega nem perto das primeiras temporadas de outros originais da Netflix. Orange is the New Black ganhou 93% em sua primeira temporada; House of Cards ganhou 86% e 13 Reasons Why também ganhou 86%.