Mix Discussão: O reality show musical e suas franquias

Reality Show Musical

Continua após as recomendações

Quando o assunto é reality show, logo vem na cabeça de 9 entre 10 pessoas o BBB. Só que há diversos tipos diferentes de atrações quando tratamos disso, e um deles é o gênero musical.

O reality show musical começou a ganhar evidência no final dos anos 90, mais especificamente em 1999 quando foi lançado na Nova Zelândia o programa Popstars. O formato do programa consistia em formar um grupo musical, e o sucesso foi tanto que ganhou versões em diversos países. O Brasil teve a sua em 2002, quando o SBT decidiu produzir a atração que foi um fenômeno de audiência. Foram duas edições, onde a primeira surgiu o grupo Rouge, que vendeu milhões de discos por aqui e apesar de não estarem mais na ativa, o quinteto é considerado a maior girlband brasileira até os dias de hoje. Já em sua segunda edição veio então o grupo masculino Br’Oz, que apesar de ter emplacado com o hit “Prometida”, não teve o mesmo êxito que as garotas.

Continua após a publicidade

Em 2001 surgia na Inglaterra o formato de reality musical que logo viria se tornar uma febre mundial. Naquele ano nascia o Pop Idol, que tinha ninguém menos que Simon Cowell na bancada de jurados. A versão original do show teve apenas duas temporadas, que foram suficientes em servir de base para outras edições ao redor do mundo.

 

americanidol-judges

 

No ano seguinte era vez da terra do Tio Sam finalmente apostar alto nesse tipo de atração, e assim adquirindo os direitos de produção de sua versão para Pop Idol. Nessa, acabou nascendo no canal FOX o programa American Idol, que trazia o mesmo Simon da versão britânica, ao lado do produtor Randy Jackson e da cantora e bailarina Paula Abdul como jurados. O sucesso do show foi tão grande, que logo de cara se tornou um programa popular por conta da interação com o público.

Na edição de estréia, a jovem Kelly Clarkson levou a melhor na atração, e logo acabou decolando no cenário musical. Doze anos depois, a cantora continua na ativa, com uma carreira consolidada, diversos prêmios, milhões de discos vendidos e músicas no topo da Billboard. Outra vencedora do American Idol que também colhe os ótimos frutos do programa é a estrela country Carrie Underwood, além de diversos outros candidatos que ganhando ou não, conseguiram se destacar no ramo. Após diversas mudanças na formação dos jurados e de pouca reformulação no formato, American Idol grita por sinais de desgaste, precisando de uma mudança drástica ou seu fim é algo inevitável.

O Brasil foi um dos países que recebeu o formato Idol. Em 2006 estreava por aqui a primeira edição de Ídolos, que teve suas duas primeiras temporadas produzidas pelo SBT, mas que logo na sequência a Rede Record adquiriu os direitos. A última edição do programa por aqui foi em 2012, após o desgaste do formato.

Se no ano de 2002 o American Idol bombava nos Estados Unidos, aqui no Brasil também tínhamos um reality que ganhava destaque na mídia, além do Popstars. Tratava-se do Fama, onde os candidatos treinavam durante a semana toda numa academia e quando chegava no sábado, dia de exibição do programa, eles se apresentavam e os dois menos votados pelos professores que eram treinados, acabavam indo para voto popular. A atração teve um total de quatro temporadas.

 

the-x-factor-uk1

 

Em 2004 Simon Cowell viu a necessidade de ir mais além do American Idol, e então criou um novo formato de reality show musical. Nascia então o The X Factor, que veio com uma proposta inovadora, onde os candidatos eram divididos em categorias distintas e cada jurado era responsável de cuidar de uma delas. O sucesso foi tanto que diversos nomes da música britânica e mundial ganharam destaque após a atração, como Leona Lewis e One Direction. A versão original do show estreará esse ano sua 11ª temporada.

The X Factor ganhou versões em diversos países, porém somente em 2011 que o show chegou nos Estados Unidos, após a saída de Simon do American Idol. Diferente das outras edições, a norte americana teve uma primeira temporada de altos e baixos, porém as temporadas seguintes acabou tendo uma queda de audiência, trocas constantes de jurados e candidatos que não emplacaram. O resultado? A atração foi cancelada no início desse ano, após apenas três edições de exibição.

Aqui no Brasil o reality ainda não ganhou sua versão, mas em 2012 rolou boatos de que seria produzido pela Bandeirantes, porém nunca mais o assunto foi tocado. No final do ano passado, novos rumores começaram a circular de uma possível edição brasileira do The X Factor, mas que seria exibido na Rede Record a partir de 2015, mas o assunto se perdeu também.

 

thevoicebr

 

Em 2010 um outro formato surgia, ganhando diversas edições de sucesso ao redor do mundo. A nova empreitada da vez, atende ao nome de The Voice. Originalmente produzido na Holanda, a atração ganhou reconhecimento no ano seguinte, quando o canal americano NBC começou a realizar a edição na terra do Tio Sam.

Diferente das atrações concorrentes, o The Voice é marcado por ter um ar mais técnico, e a competição ser mais entre os jurados do que com os próprios participantes. Quando o candidato chama a atenção, os técnicos viram a cadeira e quando mais de um faz isso, há uma disputa entre eles, sendo esse o grande diferencial. Da versão americana, apenas a candidata Cassadee Pope, vencedora da terceira edição, conseguiu decolar propriamente dito após o programa.

Aqui no Brasil a atração ganhou versão própria em 2012, tendo uma audiência satisfatória. Só que foi em sua segunda edição, que ela se consolidou de vez por aqui, após ter mudados das tardes de domingo para as noites de quinta-feira, e vendo seus números então dobrando.

O reality show musical é algo que nunca vai sair de moda, pois é um formato que sempre dará para se reinventar. Há diversos outros como Duets Superstar, mas que ficaríamos até amanhã falando de cada um.

Na sua opinião, qual o melhor reality show musical?

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

4 comments

Add yours
  1. Avatar
    Douglas Couto 9 maio, 2014 at 01:08 Responder

    Belo texto Edu. Eu nem lembrava que o Fama tinha durado 4 anos o.O pra mim foi só 1 kkkkkkk
    Eu acompanhei quase todas as edições do Idol do Brasil, menos a última. Eu gosto desse formato do Idol porque o inicio é bem engraçado com os participantes malucos, coisa que o The X Factor tem e que eu sinto falta quando assisto o The Voice que já é mais sério. Pra mim o formato do The Voice é muito interessante, mas acho o The X Factor o formato mais completo por conter um pouco de ambos (The Voice e Idol), essa coisa da primeira fase divertida (sem falar que eles ouvem mais gente que o The Voice) do Idol e também ter os jurados como treinadores do The Voice. Sem falar que lá existem grupos.

  2. Avatar
    Douglas Couto 9 maio, 2014 at 01:08 Responder

    Belo texto Edu. Eu nem lembrava que o Fama tinha durado 4 anos o.O pra mim foi só 1 kkkkkkk
    Eu acompanhei quase todas as edições do Idol do Brasil, menos a última. Eu gosto desse formato do Idol porque o inicio é bem engraçado com os participantes malucos, coisa que o The X Factor tem e que eu sinto falta quando assisto o The Voice que já é mais sério. Pra mim o formato do The Voice é muito interessante, mas acho o The X Factor o formato mais completo por conter um pouco de ambos (The Voice e Idol), essa coisa da primeira fase divertida (sem falar que eles ouvem mais gente que o The Voice) do Idol e também ter os jurados como treinadores do The Voice. Sem falar que lá existem grupos.

  3. Avatar
    Douglas Couto 9 maio, 2014 at 01:09 Responder

    Outro reality musical (que eu só conheci ano passado) é o The Sing-Off da NBC, vc deve saber né, aquele com grupos cantando acapella

  4. Avatar
    Douglas Couto 9 maio, 2014 at 01:09 Responder

    Outro reality musical (que eu só conheci ano passado) é o The Sing-Off da NBC, vc deve saber né, aquele com grupos cantando acapella

Post a new comment