O Rock in Rio é legal de ir? Mix de Séries comenta experiência

O maior festival de música e variedades é aqui 

Nós do Mix de Séries, verdadeiros nerds, estávamos empolgados para vivenciar o Rock in Rio. Este ano, o site esteve presente nos dois finais de semana de evento, e a experiência não poderia ser melhor. Primeiramente, porque ele é mais do que um festival de música. É um universo de variedades, atrações e momentos que merecem ser guardados na mente do espectador que o vivencia. Além disso, é extremamente organizando, promovendo um conforto que poucos festivais e convenções fornecem.

Rock in Rio é um espetáculo a parte

“Rock in Rio não tem Rock”. Essa frase é uma das mais ditas pelos críticos e ferrenhos de plantão. No entanto, para começo de conversa, o “Rock” do nome do festival serve também para uma alusão de “Agito”, “festividade”, algo que define muito bem as experiência do evento. Vale ressaltar, também, que abraçar a diversidade musical e de personalidades do público tornou-se a marca registrada deste símbolo. Logo, é importante que o festival dê espaço para todas as tribos, e foi assim que o Mix de Séries conseguiu se ver participando de um momento como este.

Em matéria, publicado aqui no site nesta semana, mostramos como o público geek/nerd foi abraçado pelo evento. Desde atrações até Cosplays e áreas destinadas a este universo, o Rock in Rio quis dizer para todo mundo que é de todo mundo! E isso é uma das coisas mais legais de se vivenciar!

Para nós, estar lá foi mais do que acolhedor. Podemos ver iguais a nós em personalidade, e que de alguma forma consegue ser apaixonado por diversos universos que de alguma forma se encaixam com a música. O Rock in Rio, sem dúvidas, é um espetáculo a parte. 

Rock in Rio é um espetáculo visual. Imagem: Rock in Rio/Divulgação.

Perrengues inevitáveis

Claro que vivenciar o Rock in Rio inclui perrengues. Mas isso é inevitável em qualquer evento de grande porte, ainda mais um que comporta 100 mil pessoas por dia. Logo, haverá filas para banheiro, compras, alimentação, entre outros. É aquilo, faz parte… Para você curtir, precisa abdicar um pouco do “stress” que isso pode gerar, afinal, você está ali para se distrair.

A nossa dica é: se você for apenas um dia, dê uma andada superficial pelo evento e foque no que quer aproveitar. Quer tirar fotos? Faça! Viu um stand legal, mas está com fila? Fique um pouco por ali e veja como a fila está fluindo. Desistir das atrações por conta de fila fará com que você fique, o dia todo, rodando de um lado para o outro, acabando não vendo nada. Então, nossa dica é: aproveitar o que mais gosta.

Neste ano, há arenas como a Game XP, a Arena Nave, ambas com atrações tecnológicas… Além disso, há o Rock District, o Espaço Favela e o Palco New Order, que oferecem atrações simultaneamente sem estar muito cheio. E claro, os palcos Sunset e Mundo, com grandes atrações. Ou seja, coisa para fazer é o que não falta.

Dicas do Mix de Séries no Rock in Rio

O que fazer no Rock in Rio, se você é um nerd querendo curtir um festival de música? Bem, nosso roteiro indicativo seria: Quer ir em algum brinquedo? Agende logo que abrir os portões, pois os agendamentos estão se esgotando em 20 minutos. Logo depois, vá até a Arena Nave (possui insights tecnológicos bem legais e a fila é rápida). Em seguida, Game XP (possui games dos mais variados tipos, que comportam muitas pessoas). Pare na Rock District, curta alguns shows que tem ali (aproveite para tomar um café no stand do café Três Corações e tirar uma foto por ali. Tem locais legais para fotos). Em sequência, Espaço Favela e Palco Coca-Cola. Depois, parta para algumas ativações de stands: aconselhamos Globoplay e SKY, que possuem brindes e as filas estão relativamente fluentes. No espaço do Multishow, também há brincadeiras legais de se participar.

Rock District consegue acolher diversas tribos. Imagem: Rock in Rio/Divulgação.

Passeie pela Rock Street, que está com a temática da Índia. Por lá, confira algumas lojas, inclusive oficiais (é legal para comprar alguma lembrancinha). Depois, passe em stands como o da Leader e do Tinder – ambos possuem ativações rápidas e com brindes. Você também pode parar no stand do Itaú, que é próximo, e pegar uma caneca que eles estão distribuindo. A fila é gigantesca, mas ela flui bem rápido e talvez você fique nela por uns 15 minutos.

Se sobrar um tempinho, não deixe de passar no palco que relembra a primeira edição, de 1985. Lá possui um All Star gigante, todo sujo, que se tornou um ponto de selfie clássico para a edição 2019 do evento.

Não esqueça de se hidratar, comer, e claro… curtir os melhores shows. Pronto. Mesmo cansado, você terá vivenciado uma experiência incrível pelo Rock in Rio. 

Espaços para fotos é o que não falta no festival. Imagem: Rock in Rio/Divulgação.

Nós, certamente, aproveitamos – e continuaremos aproveitando – cada momento. O Mix de Séries estará no Rock in Rio neste sábado (05) e domingo (06), e você poderá continuar acompanhando nossas coberturas ao vivo, pelo Instagram. As stories dos outros dias também estão disponíveis nos destaques do perfil no Instagram.

E viva o Rock!

 

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours