Once Upon a Time – 4×07 – The Snow Queen

230411

Continua após as recomendações

Once Upon a Time chega em um nível caótico de existência e que a presença de sentimentos paradoxais são mais fortes que nunca. Apesar de estar traçando um rumo totalmente diferente do esperado, e que já expus a opinião sobre esse caminho inesperado, a produção apresenta um episódio que faz qualquer fã encher os olhos de lágrimas e agradecer pelo que está sendo passado. O trama da ABC acaba de acionar um verdadeiro gatilho de emoções e que qualquer momento pode explodir. A partir de agora, a série tem duas opções: continuar tomando um rumo inesperado e terminar de maneira grandiosa ou apresentar a maior perca de personagens e história que a mesma poderia apresentar. Agora é tudo ou nada.

Comentei na matéria passada que odiei, simples assim, o destaque que a história da “Rainha Leiteira” estava tomando. Os protagonistas convidados e aguardados sempre foram os personagens de Frozen, principalmente Elsa. E é essa personagem que está carente de desenvolvimento: todo mundo ama Elsa pelo jeito que ela é, nem um heroína nem uma vilã. Simplesmente uma garota que quer controlar seus poderes e estabilizar a conturbada relação que tem com sua irmã. E se essa irmã desaparece, qual seria o posicionamento da “Princesa do Gelo”? Se esse arco fosse narrado no filme, Elsa estaria fazendo bem mais do que o atual. Os limites impostos pela personagem são absurdos, fazendo que outros personagens ganhe um desenvolvimento maior do que ela, em uma cena que originalmente deveria ser dela.

Continua após a publicidade

Até entendo, em parte, a precaução que os produtores têm com relação a esse núcleo: já existe uma imagem e história pré-definidas pra eles, em que o público nunca aceitaria uma mudança drástica. Mas não estamos pedindo por isso, estamos? O que pedimos é que, dentro das possibilidades apresentadas em Storybrooke, os personagens ganhem o devido destaque, que eles, por serem conhecidos do público, não percam sua personalidade, seu caráter e seus princípios.

230717

Contínuo com raiva pelo mérito não apresentado à Elsa e, espero fielmente, que até o fim desse arco, ela seja reconhecida. Mas devo concordar que o arco de Ingrid acaba de ficar mais interessante. Não por apresentar o passado da história, o qual ficamos com um pouco de raiva de Gerda e com pena da vilã, mas por tudo agora fazer sentindo, por mostrar, em parte, a tal conexão em família que ela sempre falou em relação à Emma e Elsa. Mas, porém, todavia e entretanto, nem tudo é um mar de rosas normal nessa série ! porque as falhas, aparentemente, já começaram a ser visíveis. Estando Ingrid presa na câmara, após o incidente com Helga, como ela veio para nesse mundo? Sem falar que existe os acontecimentos que levaram a libertação dela, que envolve Hans e Elsa. Por isso que sempre digo: Once Upon a Time apresenta muitas histórias, mas sempre deixa passar, até o momento, algo que não condiz com o que foi apresentado.

E se a série apresenta, na minha opinião, uma sotryline delicada e mal trabalhada, ela também presenteia os fãs com algo mais que esperado. A internet foi zerada no final da temporada passada com a notícia de que Frozen estaria presente na trama. No entanto, a internet enlouqueceu com a notícia da temporada: o beijo Outlaw Queen, finalmente, depois de todos os contra tempos, aconteceu! Sabemos do caráter moral que Robin tem, em que ele pretende continuar com os votos de casamento, mesmo ele demonstrando seu amor pela nossa querida Evil Queen. E ver a tortura dela em fazer ela esquecer, em machucar, mesmo sem intenções, os sentimentos dele. Gente, olho pro teclado e não sei o que escrever. Só sentir!

Finalizando…

  • Emma sendo tratada como um monstro é o ponto de partida: parou a razão e que se inicie a emoção. Que se forme o time das loiras poderosas: Elsa, Emma e Ingrid!
  • Estou, literalmente, p* da vida com Mary Margaret. Preciso nem comentar.
  • A partir de hoje, vou tentar deixar a lógica de Once Upon a Time de lado e curtir o momento. Vem mais episódios assim, vem mais episódios bombásticos.

Agora, a cena mais linda do episódio ♥

Avatar

No comments

Add yours