Once Upon a Time – 5×11 – Swan Song

Once-Upon-a-Time-AirunGarky.com-5x11-30-copia-660x330
Fonte: AirunGarky

 

Continua após publicidade

What the f*ck happened here? Sério, sabem como é procurar palavras para descrever um sentimento que é, a princípio, inexplicável? Pode até ser comum dizer isso nas matérias mas, pela primeira vez, não encontro nada que possa exprimir o que se passa dentro da minha mente. Once Upon a Time tinha uma história perfeita, embora, infelizmente, a história em si tenha sido gerenciada da pior maneira possível. Isso é repugnante! Mas, ao mesmo tempo, veio construindo um caminho certeiro para o objetivo futuro da trama, o que a torna genial. Então, como posso definir algo tão contrário?

Continua após a publicidade

Sempre fui claro e direto: a melhor coisa que poderia ter acontecido, e se perpetuado, foi a transformação de Emma em uma Dark One. A personagem, que sempre foi a songa monga da trama, ganhou uma característica marcante, dominante e satisfatória de se ver. Mas aos poucos, tudo isso foi sendo deixado de lado e Emma se tornou Emma gótica, pelo uso contínuo de preto, mas sem características evil. E com a jogada de mestre, que foi a transformação de Killian em um novo Dark One, tudo isso piorou. Sinceramente, isso foi deixado tanto de lado que, se repararem bem, Emma estava em sua tonalidade normal de pele antes mesmo de deixar as trevas. Produção, isso foi o cúmulo!

Continua após publicidade

Mas entra a parte boa, ou contraditória: o centésimo episódio se aproxima e, como divulgado, haverá o retorno de alguns personagens que já passaram pela série ao longo dos cinco anos. Pergunta chave: como eles retornariam? Once Upon a Time é mestre em jogar personagens na trama do nada e retirá-los do nada também. Até então, isso não seria impossível. Mas o sacrifício de Killian, e nova busca de Sonsa Emma, vai permitir essa jogada.

Considerações Finais:

Continua após publicidade
  • O episódio foi chato.