Once Upon a Time – 6×10 – Wish You Were Here

Imagem: Banco de Séries/Divulgação

Imagem: Banco de Séries

Continua após as recomendações

 

Que maneira incrível de terminar um episódio da Mid Finale! Depois de tanto esperar por uma luz, finalmente, o plot de Emma e seus tremores começa a fazer um sentido. O episódio foi bem construído, remeteu bem às temporada iniciais de OUAT e trouxe sentimentos antigos à tona. Toda a temporada está focada nesse “de volta às origens” e agora parece que acertaram de vez. Esses anos que passamos dividindo a temporada com plots extremos realmente não fizeram bem para a popularidade da série. A história agora se consolida e é bem trabalhada, com o intuito de recuperar os fãs perdidos pelo caminho.

Continua após a publicidade

Já que não pudemos ter o gênio próximo a nós, teremos que nos contentar com Aladdin em seu papel. O plot de Agrabah foi bem intenso no início mas esfriou completamente. Claro que os produtores estão usando isto como uma carta na manga para o futuro, mas espero ter esse plot mais presente. Um dos meus filmes clássicos da Disney preferidos não pode ser jogado de lado dessa maneira? Agora, em Agrabah, creio que teremos um pouco mais de Jafar e dos outros personagens cruciais para a construção do plot. Pelo pouco que já vi, quero mais do vilão presente, pois ele realmente tem um tom de maldade em seu interior que encaixaria com algumas necessidades da série.

Ahhhhh a Floresta Encantada! Ainda sonho com o dia que levarão todos de volta para lá e trabalharão com novas histórias. Amo Storybrooke de paixão, mas tenho um apego gigantesco quando os produtores convergem os plots à antiga terra de nossos heróis e vilões. Foi interessante ver alguns pontos da realidade alternativa, como o respeito à idade de Snow e Charming se a maldição não tivesse sido lançada. Henry como um cavaleiro não amedronta ninguém, não é? Ainda olho pra ele e lembro daquela criança que foi sozinha para NY em busca de sua mãe.

Imagem: Banco de Séries/Divulgação

Imagem: Banco de Séries

Depois de ver como seria a realidade de Emma se não tivesse sido criada em nosso mundo, eu agradeço todos os dias a Evil Queen! Eu não aguentaria mais um episódio com aquela Emma sonsa que eu vi. Me deu uma agonia quando ela implorou por misericórdia ou quando entregou a chave à Regina. Emma nunca foi e nunca será uma princesa indefesa de contos de fadas e, por mais que ela não seja mais o foco da série, ela ainda é a Salvadora e tem todas as histórias linkadas à sua.

Não sei se os personagens ficaram mais espertos e ameaçadores com o tempo, ou se realmente a Evil Queen amoleceu seu coração de pedra desde a maldição. A rainha que nós víamos na primeira temporada não media esforços para conseguir o que queria. Em contrapartida, a rainha de agora realmente me parece sozinha e indefesa. Os produtores tem que começar a trabalhar melhor esse grande poder que ela possui com os acontecimentos da cidade. Onde já se viu ter três desejos e só usar um? Ou então ficar esperando que roubem sua lâmpada para utilizar os outros? Se vão conferir poder à ela, façam isso de uma maneira justa e perversa…

Os acontecimentos finais irão repercutir até março, quando a série retoma do hiato. A síndrome de Estocolmo de Bela e Rumple me irrita profundamente. Esse vai e volta dos dois é horrível e agora com a chegada do filho deles tudo tende a piorar. Falando nisso, finalmente, sabemos quem está por detrás do capuz, não é? Gostei da maneira com que eles correlacionaram às situações, e a menção à Black Fairy me traz boas esperanças de ter a personagem na série outra vez. Só espero que façam dele um vilão digno à magnitude do que foi apresentado, afinal, não é qualquer um que transforma a Rainha Má em uma Naja, não é mesmo?

Para fechar com chave de ouro, temos um grande retorno à série. Robin Hood está de volta na realidade alternativa. Sua presença faz com que Regina e Emma percam o portal e permaneçam no sonho enquanto seus familiares travam uma guerra contra o filho de Rumple e Bela. Ainda acho que tudo isso tem dedo do Senhor das Trevas da realidade paralela… Depois de um fim incrível, precisaremos de um tempo pra digerir tanta informação, não é?

Espero que vocês tenham gostado e nos vemos em breve, com um retorno digno e esperado… Até lá! 😀

2 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    Wellington Torres 12 dezembro, 2016 at 22:47 Responder

    Que final da hora! Concordo plenamente! Esse encerramento redimiu um arco que tinha tudo para ser jogado fora como tantos outros. Estava entediado com os outros eps, mas este, nossa… Quero muito março!

    • Lucas Franco
      Lucas Franco 13 dezembro, 2016 at 19:39 Responder

      Quero muuuuuito março… OUAT tá crescendo muito bem essa temporada. O plot tem tudo pra crescer e espero que seja muito bem preparado para o semestre que vem.

Post a new comment