One Tree Hill: 5 razões para assistir a série no Globoplay

5 razões para assistir One Tree Hill

One Tree Hill chegou ao Globoplay!

One Tree Hill está disponível no Globoplay, para deleite dos fãs. E logo quando a plataforma confirmou, o público vibrou. A animação se deu pelo fato da série nunca ter sido disponibilizada no Brasil em nenhuma plataforma de streaming. 

Exibida entre 2003 e 2012 nos Estados Unidos, One Tree Hill ganhou popularidade no Brasil em 2004 ao ser exibida nas manhãs de domingo do SBT com título “Lances da Vida”. Além disso, na TV a cabo, a série foi exibida pelo canal FOX. A série acompanhava a vida de Nathan (James Lafferty) e Lucas (Chad Michael Murray) – dois garotos que não têm nada em comum, além da paixão pelo basquete. Exceto pelo segredo de serem filhos do mesmo pai. Nathan foi criado sob as asas do pai Dan Scott (Paul Johansson), e é um atleta popular e a estrela do colégio.

Lucas foi criado pela mãe, Karen (Moira Kelly), com a ajuda do tio, Keith (Craig Sheffer). Entretanto, quando os dois garotos passam a jogar juntos no time de basquete da escola, o Tree Hill Ravens, eles descobrem que têm mais em comum do que imaginavam, bem como suas conturbadas relações com a líder de torcida Peyton (Hilarie Burton), a tutora Haley (Bethany Joy Lenz) e a bela Brooke (Sophia Bush).

Buscando motivos para assistir? Bom, nós te damos alguns. Confira abaixo.

Continua após a publicidade

Por que a série é incrivelmente boa!

One Tree Hill é conhecida por ter fãs leais e fiéis, que estiveram ao lado da série em todo momento. Parte disso se deve a sua história cativante: a história começa focada em dois meio-irmãos, Lucas e Nathan, que lutam para se destacar no time de basquete da escola. De rivais a amigos inseparáveis, One Tree Hill acompanha a evolução destes personagens a ponto de, ao final da quarta temporada, avançar a faculdade e começar a acompanhá-los em sua fase adulta. Igualmente, desta forma, podemos ver “os filhos” de Tree Hill se tornarem “pais” e passarem por dilemas de gente grande.

Talvez uma das qualidade que mais amo em One Tree Hill é o quão ela te cativa, aponto de você a qualificar como “série favorita”. É aquele famoso sentimento de chamar a série de “minha”. Além disso, no meu caso, em particular, é por várias razões. Cresci com os personagens, acompanhei a série ao longo dos anos e, como não bastasse isso, já a assisti 4 vezes completa. Sim, quatro, e a cada assistida eu apreciava a série sob uma nova perspectiva. Ela não tem o melhor roteiro, a melhor, produção, mas ela carrega elementos que em algum momento passam a significar algo em sua vida.

É uma série que precisa ser assistida pelo público

Sabe aquela série que você sabe que é boa e que todo mundo deveria assistir? Essa é One Tree Hill. Talvez pela simplicidade, ou pelos personagens carismáticos… A série é do tipo que te envolve com uma facilidade, proporcionando aquele misto de drama familiar, adolescente, com uma pitada de humor e muitos… muitos problemas para nossos amados personagens. Mas é disso que a gente gosta! Portanto, ao final da jornada, você pensa “mais pessoas precisam assistir essa série”, e é aí que você tem a missão de trazer mais pessoas para se tornarem fãs de One Tree Hill.

One Tree Hill Globoplay

One Tree Hill se torna facilmente uma série querida pelos fãs. Imagem: Divulgação.

Não saiu em Home Vídeo no Brasil

É um pecado, mas One Tree Hill não saiu completa em DVD no Brasil. Portanto, somente as duas primeiras temporadas foram disponibilizadas. Logo, essa é a sua chance de ter acesso a série completa, e ainda melhor: com uma qualidade em HD.

É aquela série que se torna a “série do coração”.

Uma vez assistida One Tree Hill, não tem volta! Ela se torna aquela série do coração. Independente se você tenha acompanhado na época ou assistido depois, a série te toca de tal forma que a trama e tudo ligado a ela (atores, trilha sonora, etc.) passam a se tornar uma paixão. Se você busca uma série para chamar de “sua”, One Tree Hill é ela… E parte disso, é porque você se envolve com os personagens.

Lucas, Peyton, Brooke, Haley, Nathan… Esses são alguns dos exemplos que nos cativaram ao longo das 9 temporadas de One Tree Hill. Mas nem só de protagonistas essa série viveu. Os dramas, problemas, conquistas e alegrias até mesmo dos coadjuvantes como Mouth, Skills, Rachel, Quinn e Clay foram significativos para os fãs. Carisma dos atores ou assemelhação com suas vidas, cada um deles tinham características que sem dúvidas você encontra em si mesmo. Desde a paixão por música de Peyton e Haley, passando pela escrita de Lucas, ou a moda de Brooke e o esporte de Nathan.

A trama

Psicopatas, acidentes, casamentos… Até mesmo um furacão! A trama de One Tree Hill nos prendia a cada temporada. Quem aí não ficou com o coração na mão quando Lucas sofreu aquele acidente na primeira temporada, com ele brigado com Haley? Ou quando Nathan pulou da ponte no final da terceira temporada… Ah, não preciso nem mencionar o episódio do tiroteio na escola, não é mesmo? Eram em fazer o público refletir sobre si mesmo e o que estava em sua volta que One Tree Hill acertava em cheio, com cenas impactantes e geralmente embaladas por uma trilha sonora de tirar o chapéu.

 

Razão Bônus: O salto no tempo

Um dos grandes momentos de One Tree Hill foi o seu salto no tempo. Começamos com os personagens no ensino médio e o acompanhamos ali por quatro anos. Porém, ao final da quarta, a série teve a ideia genial de pular quatro anos – não repetindo os mesmos dramas na faculdade – e já pulando para uma fase “mais adulta”, onde eles já estavam formados e lidando com problemas de gente grande. Assim, as crianças de Tree Hill tornaram-se pais e, naquele momento, a história deu uma guinada que o público amou. É, sem dúvidas, um dos grandes momentos da série.

 

E então, partiu maratona? Deixe nos comentários o que você acha de One Tree Hill. Igualmente, continue acompanhando todas as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

2 comments

Add yours
  1. Avatar
    Beatriz Miranda 30 agosto, 2017 at 11:48 Responder

    Muito amor por OTH. Com certeza está entre as favs, saudades demais!!
    Esses dias estava reassistindo o 3×16, pq que ep é aquele, gente? O mais triste de todos.
    E sem falar que tem o melhor OTP de todos, Nathan e Haley!!

Post a new comment