Orphan Black 2×08 – Variable and Full of Perturbation

ob-08

Continua após as recomendações

Pera, PARA TUDO, quem é Tony? Como assim menina Tatiana de bigode gente? Mudando a perspectiva dos outros episódios que nos chocavam mais para o final, o 2.08 nos chocou já no início, nos apresentando mais um clone para o club. E quem xingou os produtores ao pensar que a tal nova clone que aparecia nessa temporada seria a falecida Jennifer, simplesmente mordeu a língua.

Ainda sobre Tony, ela ou ele (já que é transexual) já estava sendo investigado por Betty, que deixou um recado com o seu falecido companheiro Sammy, morto após uma perseguição de uns certos engravatados. É a Dyad? Sei não, tô achando que não. Mas mais importante do que isso é o tal recado de Sammy para Betty: “Diga para ela manter a fé, Paul é como eu, um fantasma.” COMASSIIIMMM???

Continua após a publicidade

Só sei que se esse recado tivesse chegado antes, Betty ainda poderia estar viva. Mas ainda sobre Tony, foi demais a química dele com Felix hein? Vai dizer. Adorei o clima, e finalmente Felix tem um envolvimento romântico. Estranho, mas incrível. Feny ou Tolix? Já tô shippando.

Ainda sobre envolvimentos românticos, Cosima e Delphine começaram o episódio meio balançadas – com a nossa nerd favorita proibindo a entrada da francesa no seu laboratório. Mas após a descoberta da morte de Leekie, as duas (e Scott, que tá um fofo) se uniram novamente na busca de uma cura para a doença que mata as clones. Com a ajudinha mega eficiente de Ethan Duncan, que levou um gelo histórico de Rachel hein! Se bem que era de se esperar esse comportamento dela.

Alison e Donnie finalmente encontraram pontos em comum, começaram a se conhecer de verdade. Mesmo que eles estejam um pouco alheios à tudo que está acontecendo, tá muito interessante o relacionamento deles, agora como um casal de “assassinos acidentais”. Eles são atrapalhados, são engraçados, daqui a pouco merecem até um spin off, só acho. Mas uma coisa não entendi. Se Leekie ainda está no porta-malas, como que Rachel descobriu que ele morreu mesmo?

A outra questão explicada nesse episódio é que elas são estéreis de nascença, e que Sarah foi apenas um erro. Mas e Helena hein? O fato de Sarah e Helena serem gêmeas tem alguma ligação com a fertilidade? Tô viajando demais?

Terminamos com Cosima, a nossa preferida, agonizando no chão, e deu medo nessa hora, porque é praticamente impossível imaginar Orphan Black sem nossa nerd com dreads. Mesmo que o final tenha indicado que Kira é mais especial do que pensávamos, ao “ler” as anotações de Ethan no livro “A Ilha do Dr. Moreau”. Realmente bem coerente esse ser o livro de infância de Rachel hein!

A temporada já está no fim, e a dúvida que não quer calar é: falta muito para sábado?

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=dnmbzB5pNoI[/youtube]