Os bastidores de The Walking Dead: curiosidades por trás das câmeras

Imagem: AMC/Divulgação

Inegavelmente um dos maiores sucessos da televisão dos últimos anos, The Walking Dead foi um marco na indústria por uma série de fatores. Um deles foi trazer uma proposta diferente de tudo que já foi testado até hoje na TV – zumbis. Criaturas consagradas no cinema (como no ótimo Madrugada dos Mortos de 2004), mas que nunca tinham sido colocadas nas telinhas. Foi um risco que a AMC estava disposta a tomar e, com a ajuda de uma excelente equipe, lançou um fenômeno nos Estados Unidos e ao redor do mundo, Brasil que o diga.

Numa realidade pós-apocalíptica, a série surgiu em um momento que os telespectadores precisavam de algo “diferente” para assistir, longe do formato saturado (à época) do drama e comédias bobinhas. Buscando grande parte das referências no seu material base, a HQ escrita por Robert Kirkman‎ e Tony Moore, o drama logo chamou atenção e o sucesso foi imediato. É verdade que atualmente a produção já mostra seus inevitáveis sinais de cansaço e preocupa os acionistas da AMC Networks, sem contar com alguns processos aqui e acolá.

Sabendo disso e levando em conta que a oitava temporada recém estreou, o Bastidores dessa semana é de The Walking Dead.

Assiduamente

Numa entrevista com a National Public Radio (NPR), Steve Yeun (Gleen) confessou que seus pais (que emigraram da Coréia do Sul ainda adultos) assistem a série assiduamente, mas que eles não entendem algumas nuances dramáticas em razão da língua inglesa, fazendo com que assistissem com legendas em coreano. Yeun também disse que depois de uma cena arriscada envolvendo seu personagem pediu para que agradecesse Melissa McBride por salvar sua vida. Ele disse que tentou explicar para seu pai o óbvio, mas o Sr. Yeun fez toda a questão.

Zumbis talentosos

Pode não parecer, mas os atores que interpretam os zumbis são mais talentosos do que o telespectador pode imaginar. De acordo com direcionamentos da equipe de diretores, eles têm que caminhar e fazer barulhos como se fossem zumbis de verdade, evitando inclusive respirar em alguns momentos. Além disso eles têm que fingir comer carne e pele humana falsa quando devoram algum personagem, sem contar a necessidade de flexionar os lábios quando são atingidos por um tiro de mentira.

Inspiração

O criador Robert Kirkman confessou que uma das grandes inspirações que teve para escrever o início da história em quadrinhos foi o filme Extermínio (de 2002). De acordo com o próprio, as similaridades não passam de uma completa coincidência. “Eu assisti o filme antes da primeira edição de Walking Dead for publicada. A primeira edição saiu em outubro de 2003 e o longa estreou nos Estados Unidos em junho de 2003. Então eu já estava trabalhando numa segunda edição quando eu assisti o filme. Teria que mudar tudo caso tivesse tempo de editar a primeira edição, porque a abertura é muito similar. Eu tomei a decisão de não mexer em nada, o que hoje eu me arrependo porque deveria ter dado de ombros para as questões empresariais. Eu nunca vou me esquecer disso, mas estava errado,” disse.

Confusão

Depois das ações de Eugene Porter na sétima temporada, o ator Josh McDermitt recebeu um grande número de ameaças de morte e mensagens nada agradáveis nas suas redes sociais. Como resultado, McDermitt teve que deletar todas as suas contas nas redes sociais em abril deste ano até esperar a poeira abaixar e poder reativa-las em meados de junho. O ator disse em entrevista que ele não queria muito voltar, mas que dependia do contato com os fãs e outras pessoas importantes da indústria para trabalhar.

Rapidinhas

Em 2009, Thomas Janes concordou em interpretar Rick Grimes por causa da sua amizade com o showrunner Frank Darabont, mas quando ele assinou com a HBO para protagonizar Hung, ele teve que dizer “não” para o produtor.

Durante a terceira temporada, Rick Grimes revelou que o time que ele menos gostava era o Chicago Bears.

O bastão que Negan usa para fazer suas vítimas foi batizado de “Lucille”, mas essa “arma” fala muito sobre a personalidade de Jeffrey Dean Morgan já que o ator atora jogar basebol, sem contar com outros vários esportes.

Tom Payne (Jesus) e Steve Yeun (Glenn) fazem aniversário na mesma data – 21 de dezembro.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours